Posts Tagged ‘Dave Mustaine



08
ago
16

Pela 1ª vez com Kiko Loureiro no País, Megadeth mostra em SP estar mais vivo do que nunca

Kiko Loureiro com o Megadeth em SP - Foto: Divulgação/MegadethO Megadeth se apresentou em São Paulo no domingo, 7 de agosto, e entregou ao público um show de alta qualidade. Para um Espaço das Américas praticamente lotado, a banda liderada pelo vocalista e guitarrista Dave Mustaine trouxe a primeira apresentação da turnê de divulgação do grande álbum “Dystopia” ao País e, de quebra, proporcionou um momento histórico: a primeira vez do guitarrista brasileiro Kiko Loureiro, com o grupo de thrash metal norte-americano, em sua terra natal.

Com todos esses ingredientes, incrementados com a vinda do novo e ótimo baterista Dirk Verbeuren (do grupo sueco Soilwork), com um palco caprichado de efeitos e com a execução da rara em shows “Mechanix”, o Megadeth mostrou que está mais vivo do que nunca.

A constatação é de que a nova formação ainda tem muito a oferecer aos amantes de um thrash metal bem elaborado.

O show em São Paulo começou com pouco mais de meia hora de atraso. Mantendo a abertura que vem sendo adotada no set list da turnê e repetindo a estratégia das duas vindas anteriores ao Brasil, o grupo iniciou com o clássico “Hangar 18”, gerando a empolgação natural do público, que já estava extremamente ansioso e inquieto no quente Espaço das Américas, que tem capacidade para 8 mil pessoas e chegou bem perto de conseguir a ocupação plena.

Foi a 14ª vinda do Megadeth ao País, sendo a 11ª somente na cidade de São Paulo. A possibilidade de a banda seguir algum script anterior e repetitivo não passava pela cabeça dos fãs. Tudo porque havia grande expectativa em relação às músicas do ótimo “Dystopia”, para muitos, o melhor do grupo desde o “Youthanasia”.

Sem decepção, o que se viu após “Hangar 18” foi uma apresentação que só perdeu em solo nacional para as da fase que contou com a formação clássica da banda (Mustaine-David Ellefson-Marty Friedman-Nick Menza) e para o show de comemoração de 20 anos do “Rust in Peace” no Credicard Hall, com a formação Mustaine-Ellefson-Chris Broderick-Shawn Drover).

“The Threat Is Real”, do disco novo, foi a segunda da noite e mostrou que o Megadeth estava tinindo novamente. Mustaine e Ellefson juntaram sua vasta experiência a um Kiko Loureiro afiado na guitarra e a uma das boas surpresas da noite: o novo batera, que assumiu a bucha recente de substituir o competente Chris Adler.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

22
maio
16

Baterista da formação clássica do Megadeth, Nick Menza morre aos 51 anos nos EUA

Nick Menza - Foto: DivulgaçãoNick Menza, ex-baterista do Megadeth morreu na noite de sábado, dia 21 de maio, nos Estados Unidos. Pertencente à formação clássica da importante banda de thrash metal, Menza estava com 51 anos de idade e sua morte aconteceu durante uma apresentação de seu atual grupo, o OHM, em uma boate em Los Angeles, Califórnia, o Baket Potato.

Segundo relato da imprensa especializada norte-americana, o baterista sofreu um colapso durante a terceira música do set list.

As primeiras informações são que ele sofreu um ataque cardíaco fulminante e foi declarado morto ao chegar no hospital.

“Duas pessoas tentaram fazer reanimação cardiorrespiratória até a chegada do socorro médico, que trabalhou nele durante 25 minutos injetando adrenalina e fazendo desfibrilação”, disse uma testemunha que estava presente na boate à reportagem do Blabbermouth, site de notícias dos EUA especializado em heavy metal.

O líder, vocalista e guitarrista do Megadeth, Dave Mustaine, foi um dos primeiros a veicular a notícia da morte de Menza nas redes sociais. “Me diga que isso não é verdade! Eu acordei às 4 horas da manhã para ouvir que Nick Menza faleceu no dia 21/5 tocando bateria com o OHM no Baket Potato”, escreveu Mustaine, que, para variar, esteve envolvido numa saída polêmica de Menza do Megadeth depois que o baterista descobriu ter um tumor benigno no joelho.

Nick Menza sempre foi considerado por crítica e público o melhor baterista que passou pelo Megadeth. Nascido em Munique, na Alemanha, o músico entrou na banda em 1989 e saiu em 1998, depois de gravar ótimos álbuns ao lado de Mustaine, o baixista David Ellefson e guitarrista Marty Friedman.

“Rust In Peace” (1990), “Countdown To Extinction” (1992), “Youthanasia” (1994) e “Cryptic Writings” (1997) foram os quatro álbuns essenciais do Megadeth que contaram com Menza na bateria. “Hidden Treasures”, um ótimo EP gravado em 1995, também está na lista de bons serviços prestados pelo baterista.

Menza esteve diversas vezes em shows da banda no Brasil. Na Argentina, no Hard Rock Café de Buenos Aires, há exposto um prato doado pelo baterista de um show de 1997 na cidade do país vizinho.

Para relembrar o grande baterista, o Roque Reverso descolou dois vídeos no Youtube do Megadeth. Fique com os clipes de “Skin O’ My Teeth” e de “Holy Wars… The Punishment Due”.

21
jan
16

Com mais esfeitos especiais e animação, Megadeth libera clipe da música ‘Dystopia’ na véspera do novo álbum

Megadeth - Reprodução de cena do novo clipeO Megadeth dá mostras que a nova fase está fazendo bem à banda. Além de mostrar faixas novas que vêm merecendo elogios dos fãs, a banda norte-americana de thrash metal tem caprichado nos clipes. A bola da vez é o vídeo da música “Dystopia”, do novo álbum de mesmo nome que será lançado no dia 22 de janeiro.

O clipe novo, que foi liberado no YouTube exatamente na véspera da chegada do disco novo, conta com a direção e Blair Underwood.

Ele já havia cuidado do vídeo da faixa “The Threat Is Real” e usado técnica parecida.

Na verdade, o clipe de “Dystopia” é uma sequência do anterior. E Underwood deve participar de outros clipes, já que se reuniu com a banda para performances dos músicos para outras faixas.

A faixa-título havia sido apresentada ao público nos primeiros dias de janeiro. O estilo já havia agradado em cheio aos fãs e houve até quem comparasse a música ao clássico “Hangar 18”, do grande disco “Rust in Peace”, de 1990.

“Dystopia” é a terceira faixa nova conhecida do novo disco. A primeira foi “Fatal Illusion”, que é um verdadeiro petardo e também foi muito bem recebida quando o grupo anunciou o novo trabalho de inéditas. A segunda foi “The Threat Is Real”.

O novo disco do Megadeth sucederá “Super Collider”, de 2013, que não chegou a agradar os fãs do estilo por ser considerado um pouco mais leve do que o normal do grupo de thrash metal liderado por Dave Mustaine.

“Dystopia” será o 15º de inéditas do Megadeth. Tem com atrativo adicional o fato de trazer de volta a banda após mais um processo de mudança drástica de componentes.

Será o primeiro desde a saída surpreendente e em conjunto, em novembro de 2014, do ótimo guitarrista Chris Broderick e do competente baterista Shawn Drover.

Também marcará o primeiro álbum com o guitarrista brasileiro Kiko Loureiro, do Angra, e com o baterista Chris Adler, do grupo norte-americano Lamb of God.

Veja abaixo o clipe de “Dystopia”:

08
jan
16

Megadeth mostra aos fãs a faixa-título do novo álbum previsto para o fim de janeiro

Megadeth - Foto: DivulgaçãoO Megadeth mostrou aos fãs mais uma faixa do disco que lançará no fim de janeiro. Desta vez, a música escolhida é nada menos que a faixa-título do álbum.

O disco “Dystopia” tem o dia 22 de janeiro como data exata de lançamento agendada.

A faixa-título tem uma levada que agradou em cheio aos fãs. Houve até quem comparasse a música ao clássico “Hangar 18”, do grande disco “Rust in Peace”, de 1990.

“Dystopia” é a terceira faixa nova conhecida do novo disco. A primeira foi “Fatal Illusion”, que é um verdadeiro petardo e também foi muito bem recebida. A segunda foi “The Threat Is Real”, que contou até com clipe lançado pela banda.

O novo disco do Megadeth sucederá “Super Collider”, de 2013, que não chegou a agradar os fãs do estilo por ser considerado um pouco mais leve do que o normal do grupo de thrash metal liderado por Dave Mustaine.

“Dystopia” será o 15º de inéditas do Megadeth e tem com atrativo adicional o fato de trazer de volta a banda após mais um processo de mudança drástica de componentes.

Será o primeiro desde a saída surpreendente e em conjunto, em novembro de 2014, do ótimo guitarrista Chris Broderick e do competente baterista Shawn Drover.

Também marcará o primeiro álbum com o guitarrista brasileiro Kiko Loureiro, do Angra, e com o baterista Chris Adler, do grupo norte-americano Lamb of God.

Escute abaixo a faixa “Dystopia”:

20
dez
15

No clipe da música ‘The Threat Is Real’, Megadeth adota animação e efeitos especiais

Dave Mustaine, do Megadeth, em reprodução do clipe no YouTubeO mais recente clipe do Megadeth é repleto de animação e efeitos especiais. Lançado no dia 11 de dezembro, o vídeo bacana foi feito para a música “The Threat Is Real”, que o leitor do Roque Reverso conheceu no fim de novembro, quando a banda norte-americana liberou a faixa para audição.

A direção do clipe é de Blair Underwood. De acordo com o grupo, ele deve contribuir também com outras músicas do disco novo do Megadeth.

O álbum “Dystopia” está  previsto para ser lançado oficialmente no dia 22 de janeiro de 2016.

O novo trabalho sucederá “Super Collider”, de 2013, que não chegou a agradar os fãs do estilo por ser considerado um pouco mais leve do que o normal do Megadeth.

“Dystopia” será o 15º de inéditas do Megadeth. Tem com atrativo adicional o fato de trazer de volta a banda após mais um processo de mudança drástica de componentes.

Será o primeiro desde a saída surpreendente e em conjunto, em novembro de 2014, do ótimo guitarrista Chris Broderick e do competente baterista Shawn Drover.

Também marcará o primeiro álbum com o guitarrista brasileiro Kiko Loureiro, do Angra, e com o baterista Chris Adler, do grupo norte-americano Lamb of God.

“The Threat Is Real” é a segunda faixa do disco “Dystopia” conhecida pelos fãs. A primeira foi “Fatal Illusion”, que é um verdadeiro petardo e agradou em cheio.

Veja abaixo o novo clipe do Megadeth:

26
nov
15

Megadeth divulga música ‘The Threat Is Real’, mais uma do novo álbum previsto para janeiro

"The Threat Is Real" - Reprodução da capa do single que será lançado em vinilO Megadeth divulgou mais uma faixa do álbum “Dystopia”, previsto para ser lançado oficialmente no dia 22 de janeiro de 2016. A música da vez é “The Threat Is Real”, que traz novamente a banda norte-americana de thrash metal dando novas esperanças as fãs de algo mais pesado do que o contestado disco anterior “Super Collider”, de 2013.

A estratégia de divulgação do Megadeth para “The Threat Is Real” foi trazer o público para o site oficial da banda.

Para ouvir a música, o fã precisa entrar clicar em: http://dystopia.megadeth.com/threat.

Outra forma interessante de divulgação foi o grupo aproveitar o lançamento do single também num disco em vinil, no caso de 12 polegadas (veja a foto).

Ele será comercializado no Record Store Day, evento criado para celebrar a existência e, acima de tudo, a sobrevivência das lojas de discos independentes.

O Record Store Day normalmente é comemorado em abril, mas tem uma edição especial realizada na Black Friday, sexta-feira seguinte ao Dia de Ação de Graças nos Estados Unidos que é marcada por grandes descontos em produtos em diversas lojas.

O Lado B do single será ocupado pela cover da música “Foreign Policy”, do Fear, que também está na relação de faixas do novo álbum.

“The Threat Is Real” é a segunda faixa do disco “Dystopia”. A primeira foi nada menos que “Fatal Illusion”, que é um verdadeiro petardo e agradou em cheio no dia que a banda divulgou os detalhes do novo álbum.

“Dystopia” será o 15º de inéditas do Megadeth. Tem com atrativo adicional o fato de trazer de volta a banda após mais um processo de mudança drástica de componentes.

Será o primeiro desde a saída surpreendente e em conjunto, em novembro de 2014, do ótimo guitarrista Chris Broderick e do competente baterista Shawn Drover.

Também marcará o primeiro álbum com o guitarrista brasileiro Kiko Loureiro, do Angra, e com o baterista Chris Adler, do grupo norte-americano Lamb of God.

Escute abaixo a nova faixa do Megadeth. Se tirarem do YouTube, o jeito é entrar no site oficial.

02
out
15

Megadeth define lançamento do novo disco ‘Dystopia’ para 22 de janeiro e libera petardo ‘Fatal Illusion’

Megadeth - Reprodução da capa do álbum "Dystopia"O Megadeth definiu o dia 22 de janeiro de 2016 como data de lançamento do aguardado novo álbum. “Dystopia” é o nome do disco, cuja capa, revelada nesta sexta-feira, dia 2 de outubro, pode ser vista ao lado.

A informação da data e da capa foram divulgadas um dia depois de a banda norte-americana liberar para audição no YouTube a primeira faixa do novo trabalho. “Fatal Illusion” é um petardo que lembra bons tempos do grupo.

A música faz também os fãs terem a esperança de que “Dystopia” será mais pesado do que o disco anterior “Super Collider”, de 2013, que gerou certa decepção entre os que gostam de um bom thrash metal.

O álbum novo será o 15º de inéditas do Megadeth. Tem com atrativo adicional o fato de trazer de volta a banda após mais um processo de mudança drástica de componentes.

Será o primeiro desde a saída surpreendente e em conjunto, em novembro de 2014, do ótimo guitarrista Chris Broderick e do competente baterista Shawn Drover.

Também marcará o primeiro álbum com o guitarrista brasileiro Kiko Loureiro, do Angra, e com o baterista Chris Adler, do grupo norte-americano Lamb of God.

De acordo com a divulgação deste dia 2 de outubro, “Dystopia” contará originalmente com 11 faixas na versão física comum, mas há músicas adicionais para quem adquirir o disco via iTunes via formato digital.

A lista de faixas não é uma grande novidade, já que o líder, vocalista e guitarrista do grupo, Dave Mustaine, já havia adiantado o repertório em chat com fãs na metade do ano. Entre elas está “Foreign Policy”,  que é cover do Fear.

A produção de Mustaine, e de Toby Wright. Além de Kiko Loureiro na guitarra e de Chris Adler na bateria, o Megadeth continua no baixo com o eterno escudeiro do líder da banda, David Ellefson.

Escute abaixo a nova música “Fatal Illusion” e veja a lista de 11 faixas que virão no CD físico:

1. The Threat is Real (4:22)
2. Dystopia (5:00)
3. Fatal Illusion (4:16)
4. Death from Within (4:48)
5. Bullet to the Brain (4:29)
6. Post-American World (4:25)
7. Poisonous Shadows (6:02)
8. Conquer… or Die! (3:33)
9. Lying in State (3:34)
10. The Emperor (3:54)
11. Foreign Policy (2:28)




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Curtas do Roque Reverso -> Para você que está pensando em ir ao aguardado show que o Greta Van Fleet realizará em São Paulo na Audio, uma notícia nada boa: os ingressos estão já no terceiro lote e saltaram do valor inicial de R$ 220,00 (https://roquereverso.com/2019/02/04/greta-van-fleet-snow-patrol-e-outras-bandas-tocarao-nas-lolla-parties-em-sp/) para inacreditáveis R$ 320,00 (inteira). Integrantes da equipe do Roque Reverso se deslocaram por volta das 13h30 (horário de Brasília) deste sábado, 9 de fevereiro, ao longínquo Credicard Hall, na zona sul da capital paulista, e tiveram esta nada agradável "surpresa", ao tentar fugir das famigeradas taxas de conveniência e entrega. Obviamente, como não temos carteirinha de estudante (e não adotamos mecanismos fora dos meios legais para adqui-la), como não existe facilidade alguma (como parcelamento ou coisa parecida) e como tivemos a sensação de "assalto", decidimos não comprar. Tudo porque há uma linha divisória clara entre ser fã de uma banda e ser trouxa. Sabemos que o Greta Van Fleet é uma ótima banda, que é uma promessa cada vez mais clara de algo bom e duradouro para o rock n' roll e que, muito provavelmente, vai ganhar um ou mais prêmios Grammy na cerimônia do domingo, nos Estados Unidos. Mas os organizadores de shows brasileiros vêm abusando demais em relação aos preços de ingressos de quem só pode pagar entrada inteira.Resta a cada fã se sujeitar ou não a estes abusos. Com este caso relatado e com as últimas negativas de credenciais de imprensa que o Roque Reverso vem recebendo da assessoria de imprensa da Time For Fun (suspeitamos de retaliação por fazermos nossas habituais criticas jornalísticas nas resenhas de shows), é muito provável que este veículo de imprensa fique fora das coberturas dos shows do Greta Van Fleet, tanto do Lollapalooza Brasil, como do show na Audio pelas Lolla Parties. É muito triste especialmente para nós, que fomos um dos primeiros veículos brasileiros a falar da banda e o primeiro do País a publicar uma entrevista exclusiva com os integrantes. Não desistiremos tão fácil de ir, mas avisamos nossos queridos leitores do ocorrido. #roquereverso #gretavanfleet

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 100 outros seguidores

fevereiro 2019
D S T Q Q S S
« jan    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
2425262728  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias