Archive for the 'Renato Russo' Category

03
set
17

Megaexposição sobre Renato Russo será realizada de setembro a janeiro de 2018 no MIS em São Paulo

Renato Russo - Exposição no MIS - Reprodução de bannerA cidade de São Paulo recebe uma megaexposição sobre Renato Russo entre setembro de 2017 e janeiro de 2018. Ela acontecerá no Museu da Imagem e do Som (MIS) e deve trazer um vasto conjunto de itens pertencentes ao eterno líder do grupo Legião Urbana que faleceu em 1996.

É a quarta exposição idealizada e concebida totalmente pelo museu. O período de realização vai de 6 de setembro (pré-estreia) ao dia 28 de janeiro de 2018.

A mostra conta com curadoria de André Sturm – ex-diretor do MIS e atual secretário da Cultura de São Paulo –  e direção de arte do Ateliê Marko Brajovic.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

Anúncios
11
out
16

20 anos sem Renato Russo, voz que faz falta nos tempos atuais de trevas

Renato Russo - Foto: DivulgaçãoMuito já deve ter sido dito durante este 11 de outubro de 2016, quando foram completados 20 anos da morte de Renato Russo. Um sentimento, porém, deve ser praticamente unânime: a falta que a voz e a mente do eterno vocalista do grupo Legião Urbana fazem nos tempos atuais de trevas do Brasil.

Depois de um processo traumático de impeachment de uma presidente fraca politicamente promovido por um parlamento afundado em acusações e processos diversos de corrupção e outros delitos – tudo isso amparado por uma maioria conservadora da população manipulada sobretudo por uma emissora de televisão que tem contas a acertar com a história -, o País se depara com um colossal retrocesso em praticamente todas as áreas.

Renato Russo, pensador muito à frente de seu tempo, já criticava, nos Anos 80 e 90, o surgimento de grupos conservadores que, pouco depois da volta da democracia no País, pediam a volta do militarismo.

Dentro do rock, não poupava, por exemplo, os skinheads, taxando-os de “babaquinhas”, “sexistas”, “intolerantes” e “idiotas”, conforme vídeos que até hoje podem ser vistos na internet.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

08
abr
13

Divulgado trailer do filme ‘Faroeste Caboclo’, inspirado em música do grupo Legião Urbana

Faroeste Caboclo - Cartaz de DivulgaçãoAs homenagens e referências a Renato Russo e ao grupo Legião Urbana não param. Neste dia 8 de abril, a produção do filme “Faroeste Caboclo” liberou o trailer da película, que estreará nos cinemas brasileiros no dia 30 de maio. Inspirado na clássica música homônima de nove minutos do grupo nacional, o longa tem direção de René Sampaio.

O filme acompanha a história de João do Santo Cristo, interpretado pelo ator Fabrício Boliveira, que deixa sua cidade natal e se muda para Brasília, em busca de uma vida melhor.

Na capital federal, ele encontra a miséria e o crime, mas também descobre o amor nos braços de Maria Lúcia, interpretada pela bela atriz Ísis Valverde.

O temido traficante Jeremias é interpretado pelo ator Felipe Abib. O consagrado diretor e ator Marcos Paulo, falecido em novembro de 2012, também está no filme e interpreta o pai da personagem de Ísis.

“Faroeste Caboclo” se junta a outro filme que também tem ligação com o grupo Legião Urbana e Renato Russo.

Como já informou aqui o Roque Reverso, “Somos Tão Jovens” tem data de estreia agendada para o dia 3 de maio e retrata a fase inicial da carreira do finado vocalista quando ele ainda era um jovem que sonhava ser um astro do rock.

Veja abaixo o trailer de “Faroeste Caboclo”:

05
mar
13

Filme que retrata fase inicial da carreira de Renato Russo estreia em maio nos cinemas; veja o trailer

Está agendada para o dia 3 de maio a estreia de “Somos Tão Jovens” nos cinemas. Dirigido por Antonio Carlos da Fontoura, o filme retrata a fase inicial da carreira do finado Renato Russo, líder eterno do grupo Legião Urbana, quando ele ainda era um jovem que sonhava ser um astro do rock.

Thiago Mendonça é o ator que interpreta Renato e, já no trailer de divulgação, surpreende pela semelhança.

Sandra Corveloni, Marcos Breda e Bianca Comparato são outros nomes do filme, que mostrará desde os tempos que o vocalista ainda dava aulas de inglês até a criação das bandas Aborto Elétrico e Legião Urbana.

Você pode até não gostar de Legião Urbana e criticar as músicas que Renato Russo criou.

Não pode, no entanto, desprezar a importância que o grupo teve e sempre terá para o rock nacional e para a própria música brasileira como um todo.

Veja abaixo o trailer de divulgação do filme “Somos Tão Jovens”:

28
out
11

Rock de Brasília ganha as telas em documentário

O documentário “Rock Brasília – Era de Ouro” estreou em vários cinemas de todo o Brasil. Dirigido por Vladimir Carvalho, o filme retrata a cena do rock dos anos 80 da capital federal e grandes momentos de bandas da cidade que entraram para a histórica da música brasileira, como Legião Urbana, Capital Inicial, Plebe Rude, entre outras. 

Com 80 minutos de duração, o documentário traz muitas imagens de shows e eventos da época, além de depoimentos de figuras que transformaram o rock de Brasília, como Renato Russo, Dado Villa-Lobos, Marcelo Bonfá, Dinho Ouro Preto, os irmãos Fê e Flávio Lemos (também do Capital Inicial) e Philippe Seabra, do grupo Plebe Rude. Há também depoimentos do pessoal do Paralamas do Sucesso e de Caetano Veloso. 

“Rock Brasília – Era de Ouro” é só um dos três filmes que vão abordar a cena brasiliense. Os outros dois só devem estrear no primeiro semestre de 2012. “Faroeste Caboclo” conta com uma história inspirada na famosa canção do grupo Legião Urbana e é dirigido por Renê Sampaio. “Somos tão Jovens” é uma cinebiografia de Renato Russo, com direção de Antônio Carlos Fontoura.

Em julho deste ano, “Rock Brasília – Era de Ouro” ganhou o prêmio de “Melhor Documentário”, conquistado no 4º Paulínia Festival  de Cinema. Veja abaixo o trailer:

30
mar
10

Álbum traz registros inéditos de Renato Russo

Se estivesse vivo, Renato Russo, o grande líder da banda Legião Urbana e um dos maiores nomes do rock nacional, teria feito 50 anos, no sábado passado (27). Como parte da série de lançamentos em homenagem ao ídolo morto em 1996, chega às lojas nesta semana o álbum “Duetos” (EMI) que, entre registros já conhecidos e outros inéditos, traz Renato Russo em 15 encontros em que divide os vocais com artistas como Dorival Caymmi, Erasmo Carlos, Caetano Veloso, Marisa Monte e Cássia Eller.

No atual cenário fraquíssimo do rock nacional, a morte de Renato Russo é cada vez mais sentida. Já escutei muita gente classificando as letras dele como “letras para adolescentes”, mas, para quem realmente viveu esta fase da vida escutando o Legião no auge da carreira, este comentário é o que menos importa.

O cara bebia na fonte das coisas boas do rock. The Smiths e Joy Division são apenas alguns bons exemplos seguidos. E a banda tinha a companhia de outras boas aqui no Brasil, como o Ira!, o 365, Plebe Rude e Ultraje a Rigor, só para citar alguns dos grupos que tinham letras e melodias bem legais, com uma série de críticas à situação do País naquela década de 80.

Hoje, temos a companhia de Fresno, NX Zero e Banda Cine, só para citar as mais queridas da mídia, com músicas no maior estilo “breganejo” nas letras, mas com roupagem emocore.

Voltando ao álbum que faz homenagem a Renato Russo, o idealizador e produtor executivo do projeto é Marcelo Fróes. Há músicas aproveitadas de trabalhos de outros músicos que contaram com a participação especial de Renato, mas há também “duetos virtuais”, em que os convidados adicionaram voz posteriormente, a partir de gravações já existentes do ex-vocalista do Legião.

Um dos destaques é a participação de Caetano Veloso em “Change Partners”. Esta canção foi gravada por Tom Jobim e Frank Sinatra no álbum clássico lançado pelos dois em 1967.

O repertório de “Duetos” é o seguinte:

1 – “Like a lover”, com Fernanda Takai

2 – “Celeste”, com Marisa Monte

3 – “Vento no litoral”, com Cássia Eller

4 – “Mais uma vez”, com 14 Bis

5 – “A carta”, com Erasmo Carlos”

6 – “A cruz e a espada”, com Paulo Ricardo

7 – “Cathedral song/Catedral”, com Zélia Duncan

8 – “Change partners”, com Caetano Veloso

9 – “Strani amori”, com Laura Pausini

10 – “La solitudine”, com Leila Pinheiro

11 – “Come fa un’onda”, com Célia Porto

12 – “Só louco”, com Dorival Caymmi

13 – “Esquadros”, com Adriana Calcanhotto

14 – “Nada por mim”, com Herbert Vianna

15 – “Summertime”, com Cida Moreira

Em homenagem a Renato Russo, o Roque Reverso selecionou três vídeos que estão no Youtube de músicas do Legião que estão entre as preferidas deste blogueiro. Começamos com “Tempo Perdido”, depois seguimos com “Que País é Este” e terminamos com “Eu era um Lobisomem Juvenil”, esta uma montagem muito bem feita, com várias imagens da carreira da banda e do vocalista.




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Anthrax em São Paulo em novembro de 2017
#roquereverso  #tombrasil  #anthrax #scottian Accept em São Paulo em novembro de 2017
#roquereverso  #tombrasil  #accept Accept em São Paulo em novembro de 2017
#roquereverso  #tombrasil  #accept Accept em São Paulo em novembro de 2017
#roquereverso  #tombrasil  #accept Accept em São Paulo em novembro de 2017
#roquereverso  #tombrasil  #accept Anthrax em São Paulo em novembro de 2017
#roquereverso  #tombrasil  #anthrax #charbenante

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso blog em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 89 outros seguidores

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Categorias

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE