Archive for the 'Glenn Hughes' Category

15
jan
17

De volta, supergrupo Black Country Communion prepara novo disco para o mês de maio

Black Country Communion - Foto: DivulgaçãoO supergrupo Black Country Communion se prepara para lançar um novo álbum no primeiro semestre de 2017. Em período de gravação, a expectativa é de que o novo trabalho chegue aos fãs no dia 20 de maio.

Será o quarto disco da carreira da banda. Antes dele, foram lançados “Black Country Communion” (2010), “Black Country Communion 2” (2011) e “Afterglow” (2012).

Para quem não conhece a formação do supergrupo, ela conta no baixo e nos vocais com nada menos que Glenn Hughes, famoso por passagens grandiosas pelo Deep Purple e Trapeze.

Além de Hughes, completam a banda o respeitadíssimo e talentoso guitarrista Joe Bonamassa; o baterista Jason Bonham, que é filho do mestre eterno John Bonham (Led Zeppelin); e o tecladista Derek Sherinian, que passou pelo Dream Theater.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

Anúncios
15
fev
14

40 anos do clássico álbum ‘Burn’, do Deep Purple

O Deep Purple estava, 40 anos atrás, naquele que poderia ser considerado seu auge. Vinha de três álbuns antológicos lançados num intervalo inferior a um ano, entre março de 1972 e janeiro de 1973: “Machine Head”, “Made In Japan” e “Who Do We Think We Are”.

Em junho de 1973, no entanto, Ian Gillan anunciou inesperadamente sua saída do Deep Purple. Roger Glover também sairia a seguir. De um dia para o outro, em um de seus melhores momentos criativos, a banca britânica, precursora do heavy metal moderno ao lado de Black Sabbath e Led Zeppelin, estava sem vocalista e sem baixista.

Não sabiam eles, porém, que estavam ironicamente abrindo caminho para o melhor álbum de estúdio gravado pelo Deep Purple em quase meio século de estrada, “Burn”, que neste 15 de fevereiro completa 40 anos de seu lançamento.

Achar o substituto de Glover foi relativamente fácil. Ritchie Blackmore e Jon Lord encantaram-se com Glenn Hughes, então baixista do Trapeze. Além de mandar bem nas quatro cordas, Hughes cantava muito – como quem ainda não o conhecia viria a descobrir alguns meses depois.

Chegou-se a ventilar a possibilidade de Hughes cuidar sozinho dos vocais, mas a ideia de ter um frontman foi mais sedutora. Poderia ter sido Paul Rodgers, então vocalista do Free e que mais recentemente assumiu só os microfones do Queen. Mas ele rejeitou o convite.

Em meio a fitas e mais fitas recebidas pela banda, um tal David Coverdale, então um cabeludo de 21 anos de idade, chamou a atenção. Convidado a fazer um teste, passou. Semanas depois a nova formação do Purple foi anunciada.

A seguir, Blackmore, Lord, Coverdale, Hughes e o baterista Ian Paice trancafiaram-se para ensaiar e compor por duas semanas.

Com o material pronto, dirigiram-se a Montreux em novembro daquele ano para gravar “Burn”. Usaram a lendária unidade móvel de gravação dos Rolling Stones, a mesma com a qual haviam gravado “Machine Head”.

Voltaram para a Inglaterra com uma obra-prima na bagagem.

Muitos fãs de Gillan – e o próprio Gillan – torcem o nariz quando alguém cita “Burn” como o melhor álbum gravado pelo Deep Purple, mas o que Hughes e Coverdale fizeram nos vocais somado à forma técnica e à fase criativa de Blackmore e Lord (já reparou que ninguém nunca dá um crédito decente ao baterista?) proporcionou um disco genial do primeiro ao último acorde.

E na sequência ainda viria “Stormbringer”.

Descontado o fato de Coverdale já ter mostrado na magnífica “Mistreated” a vocação para músicas de dor-de-cotovelo que marcaria sua carreira, não é à toa que, passadas quatro longas décadas, Gillan ainda hoje recusa-se a cantar ao vivo as músicas com Coverdale e Hughes nos vocais.

Para comemorar os 40 anos do álbum “Burn”, o Roque Reverso descolou vídeos no YouTube. Fique inicialmente com a já clássica performance ao vivo da banda para a música “Burn” no California Jam, de 1974. Depois, do mesmo evento, fique com “Might Just Take Your Life” e “Mistreated”.

07
fev
14

Tributo a Dio reúne Metallica, Motörhead, Anthrax, Scorpions, Rob Halford & Cia


Ronnie James Dio é um nome que jamais será esquecido no heavy metal e, justamente, por isso, não há surpresa com os diversos tributos que tendem a ser feitos ao vocalista morto em 2010. No mais novo deles, uma verdadeira seleção de grandes nomes do lado mais pesado do rock estará presente.

Metallica, Motörhead, Anthrax, Scorpions, Rob Halford e Glenn Hughes são só alguns deles. E geram toda uma expectativa de que algo de qualidade foi feito.

Denominado “This Is Your Life”, o álbum terá 13 músicas. Estará disponível no dia 1º de abril pela gravadora Rhino. Uma versão digital também será disponibilizada ao público.

O disco, que conta com a produção da esposa Wendy Dio ainda arrecadará fundos para o Ronnie James Dio Stand Up And Shout Cancer Fund, que ajuda pessoas com a mesma doença que matou o vocalista.

As músicas do disco cobrem as diversas fases da carreira de Dio, como as passagens pelo Black Sabbath, pelo Rainbow e pela própria banda Dio. Rob Halford, por exemplo, juntou-se a parceiros frequentes de Dio, como Vinny Appice, para participar em “Man On The Silver Mountain”.

Há coisas megaespeciais também, como a música “Ronnie Rising Medley”, que tem 9 minutos de Metallica destacando a fase Rainbow, com a combinação das músicas “A Light In The Black”, “Tarot Woman”, “Stargazer” e “Kill The King”.

O Scorpions fez também uma versão de “Temple Of The King”. O Motörhead, por sua vez, juntou-se ao vocalista Biff Byford do Saxon em “Starstruck”.

O Anthrax vem com a fase de Dio no Black Sabbath, com uma versão de “Neon Knights”. O próprio Dio encerra o tributo com “This Is Your Life”, originalmente lançada no álbum “Angry Machines” (1996), da banda Dio.

O fã de heavy metal, portanto, tem tudo para se deliciar com tal tributo. Veja abaixo a lista de faixas e todos os participantes do álbum:

1- “Neon Knights” –  Anthrax *
2- “The Last In Line” – Tenacious D*
3- “The Mob Rules” – Adrenaline Mob
4- “Rainbow In The Dark” – Corey Taylor, Roy Mayorga, Satchel, Christian Martucci, Jason Christopher*
5- “Straight Through The Heart” – Halestorm*
6- “Starstruck” – Motörhead com Biff Byfford*
7- “Temple Of The King” – Scorpions*
8- “Egypt (The Chains Are On)” – Doro
9- “Holy Diver” – Killswitch Engage
10- “Catch The Rainbow” – Glenn Hughes, Simon Wright, Craig Goldy, Rudy Sarzo, Scott Warren*
11- “I” – Oni Logan, Jimmy Bain, Rowan Robertson, Brian Tichy*
12- “Man On The Silver Mountain” – Rob Halford, Vinny Appice, Doug Aldrich, Jeff Pilson, Scott Warren*
13- “Ronnie Rising Medley” (com “A Light In The Black”, “Tarot Woman”, “Stargazer”, “Kill The King”) – Metallica*
14- “This Is Your Life” – Dio

* Faixa nunca lançada antes

24
jul
12

Metallica, Iron Maiden, Chickenfoot & Cia estarão em tributo a álbum ‘Machine Head’, do Deep Purple

O que você faria se algumas das maiores bandas da história do heavy metal e alguns dos maiores guitarristas vivos participassem da gravação de um tributo ao ultraclássico álbum “Machine Head” do Deep Purple? Pois é justamente isso que estará à disposição dos fãs da boa música a partir de 4 de setembro. Nada menos que Metallica, Iron Maiden, Chickenfoot, Carlos Santana, Steve Vai e outras feras do rock são algumas das figuras carimbadas  que estarão presentes no disco “Re-Machined: A Tribute To Deep Purple’s Machine Head”, uma compilação da revista britânica Classic Rock.

Além de trazer a reinterpretação dos clássicos do álbum “Machine Head”, a novidade ainda conterá uma revista com 124 páginas que trará entrevistas exclusivas com alguns dos participantes do projeto. A mesma publicação terá, é claro, depoimentos dos membros do Deep Purple sobre o processo de criação do disco de 1972 e uma das últimas entrevistas do saudoso tecladista Jon Lord, que morreu no dia 16 de julho. Há também fotos exclusivas e nunca publicadas anteriormente dos arquivos do Purple.

Para o fã ter uma ideia do que vem pela frente, o Iron Maiden aparecerá com “Space Truckin’”. Quanto ao clássico “Smoke on the Water”, nada menos que o guitarrista Carlos Santana será o responsável pela execução, ao lado de Jacoby Shaddix, vocalista da banda norte-americana Papa Roach. A mesma faixa terá outra interpretação no disco, da banda The Flaming Lips, também dos EUA.

Outra faixa que contará com duas versões será “Highway Star”. Inicialmente, este petardo virá com o supergrupo Chickenfoot, de Sammy Hagar (ex-Van Halen e Montrose), do baixista Michael Anthony (também ex-Van Halen), do guitarrista Joe Satriani e do baterista Chad Smith (Red Hot Chili Peppers). A outra interpretação foi ideia de Glenn Hughes, que, ao saber da morte de Jon Lord, juntou-se a Steve Vai, Chad Smith e ao pianista Lachlan Doley para homenagear seu amigo e ex-companheiro de Deep Purple.

Quanto ao Metallica, o gigante grupo de thrash metal vem com “When A Blind Man Cries”, uma faixa que não fez parte do álbum original em 1972, mas que foi gravada durante as sessões do “Machine Head” e veio como Lado B do single “Never Before”. Mais tarde, na edição comemorativa de 25 anos do disco clássico, a canção apareceu como faixa-bônus.

“Re-Machined: A Tribute To Deep Purple’s Machine Head” ainda virá com outros nomes importantes da música. O grupo Black Label Society, por exemplo, aparece com “Pictures of Home”. O sensacional guitarrista Joe Bonamassa, ao lado do vocalista Jimmy Barnes, gravou “Lazy”.

Confira abaixo a lista completa de faixas do tributo ao “Machine Head”:

1. Smoke On The Water – Carlos Santana / Jacoby Shaddix
2. Highway Star – Chickenfoot
3. Maybe I’m A Leo – Glenn Hughes / Chad Smith
4. Pictures of Home – Black Label Society
5. Never Before – Kings of Chaos
6. Smoke On The Water – The Flaming Lips
7. Lazy – Jimmy Barnes with Joe Bonamassa
8. Space Truckin’ – Iron Maiden
9. When A Blind Man Cries – Metallica

Versão Especial da Edição
10. Highway Star – Glenn Hughes, Steve Vai, Chad Smith, Lauchlan Doley

08
mar
12

Com anúncio de supergrupo Rock N Roll All Stars, Metal Open Air define programação final

O Metal Open Air realmente promete abalar todas as estruturas do heavy metal mundial em abril. A organização do festival brasileiro finalmente fechou a lista de atrações anunciadas e definiu a programação do evento, que vai acontecer nos dias 20, 21 e 22 de abril, no Parque Independência, em São Luís, no Estado do Maranhão. O último nome anunciado para o megafestival é bombástico, já que o supergrupo Rock N Roll All Stars fará uma apresentação única e inédita no País.

Para quem nunca ouviu falar do supergrupo, ele é formado por várias figuras carimbadas do rock and roll pesado.

Gene Simmons (KISS); Joe Elliott (Def Leppard); Matt Sorum, Duff McKagan e Gilby Clarke (todos ex-Guns N’ Roses); Glenn Hughes (Deep Purple); Ed Roland (Collective Soul); Sebastian Bach (a voz original do Skid Row); Steve Stevens (Billy Idol); Mike Inez (Alice in Chains); e Billy Duffy (The Cult) são o time de estrelas que prometem um show inédito, como nunca antes visto!

O Rock N Roll All Stars se apresentará no dia 21 de abril como um dos dos headliners do Metal Open Air, ao lado do Megadeth (dia 20) e do Venom (dia 22). Para apresentar o supergrupo, como mestre de cerimônias, a organização do evento trará nada menos que o ator norte-americano Charlie Sheen, da consagrada série “Two And A Half Men”.

Importante dizer que o grande Glenn Hughes, além de tocar com o Rock N Roll All Stars, também fará um show só dele no mesmo dia. Entre as atrações nacionais recentemente anunciadas, um grande destaque é o Ratos de Porão, grupo fundamental do punk capitaneado por João Gordo.

Com a definição da última atração, a configuração final do Metal Open Air ficará desta maneira, com inúmeras bandas nacionais e internacionais das várias vertentes do heavy metal :

20 DE ABRIL
Semblant, Ânsia de Vômito, Drowned, Headhunter D.C., Hangar, Almah, Orphaned Land, Torture Squad, Exciter, Anvil, Destruction, Exodus, Symphony X e Megadeth.

21 DE ABRIL
Terra Prima, Ácido, Obskure, Dark Avenger, Shadowside, Stress, Legion of The Damned, Andre Matos, Korzus, Glenn Hughes, U.D.O., Grave Digger, Blind Guardian, Anthrax e Rock N Roll All Stars.

22 DE ABRIL
Expose Your Hate, Megahertz, Unearthly, Attomica, Motorocker, Matanza, OTEP, Shaman, Ratos de Porão, Obituary, Dio Disciples, Fear Factory, Annihilator, Saxon e Venom.

Os organizadores do festival garantem que o evento possuirá uma ampla estrutura para atender fãs do País inteiro: estacionamento externo à área do festival, camping indoor e outdoor (com banheiros e chuveiros), praça de alimentação, mais de 40 geradores de energia, dois palcos (lado a lado), camarote com área de Meet & Greet com as bandas do festival, área de convivência para os artistas, bilheterias para quem quiser adquirir ingressos na hora, entre outras facilidades. Prometem também que toda a estrutura do festival estará amparada por um grande esquema de segurança.

Todas as informações sobre bandas, valor dos ingressos, camping e merchandising oficial do Metal Open Air estarão disponível no no site oficial do evento: www.metalopenair.com. Os ingressos para o festival estão disponíveis para compra o site do evento e no site www.ticketbrasil.com.br.

O passaporte de pista para os 3 dias custa R$ 450, enquanto o passaporte de camarote está em R$ 850. Também existe a opção de passaporte, também único, para a área de camping, no valor adicional de R$ 100. Este valor dá direito à estrutura de banheiros, chuveiros e segurança.

Ingressos de pista também podem ser comprados separadamente por dia do festival, para os fãs que desejam assistir a somente uma noite do Metal Open Air. Eles custam R$ 250 por pessoa, por dia.
Há também um passaporte chamado “El Diablo”, que custa R$75 por pessoa e é válido para a entrada na boate El Diablo nos três dias do festival. O El Diablo é um clube noturno, que funcionará após o término das apresentações na área de shows do Metal Open Air. Haverá shows das bandas Baranga, Carro Bomba e Fúria Louca e performances do Festish Dolls.
O valor do “El Diablo” é apenas relativo à entrada, sendo a consumação cobrada separadamente nos dias em que você frequentar o El Diablo. Os ingressos individuais custam R$ 35 por pessoa e podem ser comprados apenas para o dia que o fã quiser freqüentar o local.
O único ponto de venda física de entradas que não cobra taxa de conveniência fica em São Luís, na Loja Harmonica (Rua Queops, 12 – Loja A (térreo) – Ed. Executive Center – Renascença II).  Nos demais pontos de venda da Ticket Brasil, há cobrança de uma taxa de 20%. Mais informações, da empresa, podem ser obtidas no telefone (11) 4901-1165.
Recentemente, a produção do festival, formada pela Lamparina Produções, Negri Concerts e CKConcerts, alertou que não tem qualquer tipo de vínculo com vendedores ou pontos de vendas avulsos, ou seja, não autorizados, que estejam possivelmente realizando a comercialização de passaportes para o festival.
Qualquer dúvida sobre o festival, poderá ser esclarecida também nesta área específica do site do evento. O evento tem tudo para ser o maior festival de rock pesado da história do Brasil.
05
dez
09

Glenn Hughes no Brasil

O baixista e vocalista Glenn Hughes chega ao Brasil na próxima semana para apresentações em São Paulo e em Santa Catarina. Também conhecido como “The Voice of Rock”, Hughes teve passagens pelo Trapeze e marcou época na década de 70 pelo Deep Purple no clássico álbum “Burn” e nos bons “Stormbringer” e “Come Taste the Band”.

Conforme informações do site Whiplash, os show confirmados são estes:

11/12/2009 – Lages/SC
Glenn Hughes no V Orquídea Rock Festival
Informações: http://www.orquideanegra.com/festival

14/12/2009 – São Paulo/SP
Show acustico – “An evening with Glenn Hughes”
Rhino Pub: http://www.rhinopub.com.br

16/12/2009 – São Paulo/SP
Glenn Hughes & Casa das Máquinas
Carioca Club

Postos de vendas: Galeria do Rock, em São Paulo (lojas Die Hard / Aqualung / Consulado do Rock) e loja Metal Mania  em Campinas/ SP
Vendas online: http://www.ticketbrasil.com.br

18/12/2009 – Florianópolis/SC
Floripa Music Hall : http://www.floripamusichall.com.br

Para relembrar, os tempos de Deep Purple, temos um vídeo capturado no Youtube da clássica “Burn” em um festival em 1974, com Hughes no baixo e cantando ao lado do então iniciante David Coverdale, que depois montaria o Whitesnake. Dê uma olhada no que o cara fazia com a voz ao vivo e sem contar com os equipamentos modernos de hoje, que conseguem fazer milagres com algumas vozes dos mais famosos vocalistas do rock.




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Annihilator liberou clipe de música que estará em novo álbum da banda previsto para novembro.
Confira detalhes no link abaixo:
https://roquereverso.com/2017/09/13/annihilator-divulga-clipe-de-twisted-lobotomy-musica-do-novo-album-previsto-para-novembro/
#roquereverso #annihilator #jwaters666 Resenha do Roque Reverso sobre o grande show que Joe Satriani realizou no domingo, 6 de agosto, em São Paulo.
https://roquereverso.com/2017/08/08/mesmo-com-som-baixo-da-guitarra-joe-satriani-da-mais-uma-de-suas-aulas-em-show-gratuito-em-sp/
#roquereverso #joesatriani #auditorioibirapuera #parquedoibirapuera #samsungbluesfestival Documentário 'Sepultura Endurance' teve sua estreia geral ao público no dia 15 de junho e tem neste dia 19 exibição marcada para o Cine SESC, em São Paulo, pelo In-Edit Brasil, às 21h30.
Veja a resenha do Roque Reverso aqui:
https://roquereverso.com/2017/06/15/documentario-sepultura-endurance-mostra-saga-da-banda-brasileira-e-resistencia-apos-separacao-historica/
#roquereverso #sepultura #ineditbrasil #sepulturaendurance #cinesesc Já viu os preços para o show do U2 em São Paulo?
Veja os detalhes no texto do Roque Reverso aqui:
https://roquereverso.com/2017/06/08/ingressos-de-pista-comum-para-show-do-u2-em-sp-da-turne-de-30-anos-do-the-joshua-tree-custam-r-500/
#roquereverso #u2 #estadiodomorumbi #u2thejoshuatree2017 O "Sgt. Peppers" fez 50 anos e o Roque Reverso fez uma resenha bacana.
Confira aqui:
https://roquereverso.com/2017/05/30/50-anos-do-disco-sgt-peppers-lonely-hearts-club-band-um-dos-maiores-da-historia-e-simbolo-de-uma-geracao/
#roquereverso #beatles #paulmccartney #ringostarr #johnlennon #georgeharrison Nosso texto sobre a enorme perda de Kid Vinil:
https://roquereverso.com/2017/05/19/rock-nacional-de-luto-com-a-morte-de-kid-vinil-um-dos-maiores-embaixadores-do-estilo-no-pais/
Foto: Divulgação Facebook
#roquereverso #kidvinil

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso blog em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 87 outros seguidores

setembro 2017
D S T Q Q S S
« ago    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Categorias

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

Estatísticas

  • 540,635 hits
SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE