Archive for the 'Joelho de Porco' Category

07
jun
18

In-Edit 2018 tem entre destaques Lynyrd Skynyrd, Nasi, Joelho de Porco e George Michael

in-Edit - Cartaz de Divulgação

Por Marcelo Moreira, do Combate Rock

Música para ouvir e também para ver. Mais do que um slogan ou uma frase de efeito, define com exatidão um dos eventos culturais mais importantes da cidade de São Paulo.

O In-Edit – Festival Internacional de Documentários Musicais, chega a sua 10ª edição brasileira consolidado e relevante mesmo em tempos de crise econômica e redução de ofertas do mesmo tipo de evento na capital paulista.

O evento ocorre de 7 a 17 de junho em várias salas de cinema da cidade.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

14
jan
14

O dia em que os Trapalhões e o Joelho de Porco usaram um certo pó para uma sátira ingênua nos Anos 70

Por Marcelo Galli*

Num quadro da temporada de 1978 do programa “Os Trapalhões”, na TV Globo, o Joelho de Porco tocou a música “O Rapé”, que abria o segundo álbum da banda paulistana, lançado naquele mesmo ano pela Som Livre. Na ocasião, Didi, Dedé, Mussum e Zacarias representaram uma sátira do grupo, como de costume quando alguns músicos se apresentavam no programa: Focinhos de Porco.

A letra começa assim: “Agora eu vou cheirar rapé/que esta poeira não está dando pé/Vou fazer reclamação, Jornal da Tarde faz publicação!”

A música sugere em crônica bem humorada, a cara da banda, o consumo de cocaína. Ou só um grito singelo contra a poluição… Não, é a primeira opção, vai, convenhamos…

Interessante observar é a ausência do politicamente correto na televisão daquela época. Afinal, o programa era para o público infantil, apesar de muito marmanjo assistir também.

E lembra outro momento, já nos 1980, este mais explícito, que aconteceu durante o programa “Clube da Criança”, na ocasião apresentado por Angélica. Um Flávio Basso (Júpiter Maçã) ensandecido cantando “Eu quis comer você”, sucesso na época da banda Cascavelletes, enquanto crianças aplaudem e sorriem diante das câmeras.

O hábito de consumir rapé, que é feito do tabaco, era bastante difundido no Brasil até o início do século XX. Era visto de maneiras contraditórias: às vezes como algo elegante; às vezes como um mero vício.

Curta o Roque Reverso no Facebook!!!

Quanto ao Joelho de Porco, para quem não conhece ou não se lembra da banda, foi um dos nomes de destaque do rock nacional nos Anos 70 e 80, quando poucos grupos se arriscavam a fazer um som com letras capazes de deixar alguns representantes da sociedade, então sob o regime de ditadura, contrariados.

Numa das fases de grande destaque, o Joelho de Porco teve uma formação que contava com o ótimo Próspero Albanese, o fotógrafo norte-americano David Drew Zingg, o cantor e compositor Zé Rodrix e o não menos ótimo Tico Terpins. Desta formação, somente Albanese está vivo.

No vídeo do programa “Os Trapalhões” que o leitor do Roque Reverso pode ver abaixo, o vocalista da banda ainda era o argentino Billy Bond. Vale dar uma conferida!

*Marcelo Galli é jornalista da Agência Estado e amante do bom e velho rock n’ roll




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 99 outros seguidores

novembro 2018
D S T Q Q S S
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias