Archive for the 'AC/DC' Category

08
ago
18

Foto dá origem a fofocas sobre retorno do AC/DC

Reprodução de foto do The Georgia Straight publicada no TwitterA Editoria de AC/DC do Roque Reverso acaba de ser acionada para noticiar uma fofoca de última hora: Brian Johnson e Phil Rudd foram fotografados aos risos e de caneca na mão no fumódromo de um estúdio no Canadá.

Como se duas pessoas que tocaram juntas por décadas não possam tirar uma onda onde bem entenderem.

Tudo bem, não é um estúdio qualquer. Trata-se do Warehouse Studios, em Vancouver, onde o AC/DC gravou seus últimos três discos de estúdio: “Stiff Upper Lip” (2000), “Black Ice” (2008) e “Rock Or Bust” (2014).

CONTINUE LENDO AQUI!!!

22
mar
18

Angus Young trabalha novo disco do AC/DC com Axl Rose nos vocais, diz membro do Rose Tattoo

Angus Young e Axl Rose - Foto: Reprodução FacebookO guitarrista Angus Young trabalha na composição de um novo disco do AC/DC e espera ter Axl Rose nos vocais. Pelo menos é o que afirmou Angry Anderson, vocalista de outro ícone do rock australiano, o Rose Tattoo, em entrevista ao The Rock Pit publicada no início desta semana.

Recentemente, Axl Rose substituiu Brian Johnson em uma turnê do AC/DC depois do estranho afastamento do vocalista que ajudou a banda renascer das cinzas de Bon Scott. E segundo o relato de Angry Anderson, a parceria está prestes a ganhar um registro em estúdio.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

18
nov
17

Morre Malcolm Young, eterno guitarrista e figura decisiva do AC/DC

Malcolm Young - Foto: Divulgação AC/DC InstagramO rock n’ roll ficou mais uma vez de luto neste sábado, 18 de novembro, quando o AC/DC confirmou a morte de seu eterno guitarrista Malcolm Young. Irmão do guitarrista principal, Angus Young, cofundador e figura decisiva e imprescindível para o lendário grupo australiano, Malcolm morreu aos 64 anos de idade, em Sydney, na Austrália, ao lado da família.

O músico sofria de demência, doença que provocou seu afastamento definitivo do AC/DC em 2014, meses antes do lançamento do mais recente disco do grupo, “Rock or Bust”. Desde então, foi substituído oficialmente pelo sobrinho Stevie Young, que já havia gravado a parte de guitarra base do álbum e que seguiu com o grupo na turnê de divulgação.

Malcolm deixou sua mulher Linda, os filhos Cara e Ross, três netos, uma irmã e o irmão e eterno amigo Angus Young, com quem montou o AC/DC em 1973, quando o primeiro tinha 20 anos e Angus, 18.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

29
ago
17

Brian Johnson se apresenta com o Muse e canta ‘Back in Black’

Brian Johnson com Muse na Inglaterra - Foto: Divulgação/MuseTão decepcionados com o que vem acontecendo com o grupo nos últimos anos, os fãs do AC/DC tiveram motivos para se alegrar no domingo, dia 27 de agosto, quando Brian Johnson subiu ao palco em um show da banda Muse. Em participação especial na apresentação do conjunto britânico no Reading Festival, o vocalista cantou a clássica faixa “Back in Black”.

Foi mais uma oportunidade de Johnson mostrar que está se recuperando do problema que o tirou dos palcos em março de 2016, quando o AC/DC adiou shows por causa de problemas auditivos do vocalista, substituído na sequência por Axl Rose.

Em maio de 2017, ele já havia feito uma participação especial, ao lado do não menos lendário vocalista Robert Plant (Led Zeppelin), de um show de Paul Rodgers (Bad Company) em Oxford, na Inglaterra.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

21
mar
17

Que se faça o roquenrow! Os 40 anos do álbum ‘Let There Be Rock’, do AC/DC

Há exatos 40 anos era lançado “Let There Be Rock”. O quarto álbum de estúdio do AC/DC já nasceu clássico no dia 21 de março de 1977. Primoroso pela qualidade musical, “Let There Be Rock” é o que poderíamos chamar de show de roquenrow perfeito.

Sem arrego, o disco é uma pancada do início ao fim. Os vocais de Bon Scott e as guitarras de Angus Young viajam magistralmente pelas bases coesas da cozinha rítmica de Malcolm Young, Phil Rudd e Mark Evans. Foi, a propósito, a última gravação do baixista com a banda australiana.

Como era comum nos discos do AC/DC, especialmente nos anos de Bon Scott, a versão australiana antecede a versão lançada no resto do mundo e contém diferenças no repertório.

O Lado A é idêntico nas duas versões. O disco abre com “Go Down”, passa por “Dog Eat Dog” e a faixa-título “Let There Be Rock” antes de fechar com “Bad Boy Boogie”.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

20
set
16

Por meio de vídeo, Cliff Williams se despede do AC/DC, que conta agora só com Angus das formações clássicas

Cliff Williams - Foto: DivulgaçãoO baixista Cliff Williams se despediu nesta terça-feira, 20 de setembro, do AC/DC. Por meio de um vídeo aos fãs, ele trouxe sua mensagem de adeus. Conforme já adiantado em julho, o músico se aposentaria ao fim da turnê de divulgação do álbum “Rock or Bust”.

Agora, das formações clássicas do AC/DC, restou apenas o já lendário guitarrista Angus Young, a verdadeira alma do grupo, que, apesar dos inúmeros percalços enfrentados recentemente, não parece dar o braço a torcer e ter a intenção de acabar com o clássico conjunto musical.

No vídeo, Williams agradeceu aos fãs e disse que chegou a hora de dar um tempo, para passar a partir de agora ao lado de sua família.

O baixista ingressou no AC/DC em 1977, durante a turnê de “Let There Be Rock”. Seu primeiro álbum de estúdio com a banda foi “Powerage”, de 1978.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

08
jul
16

Cliff Williams, do AC/DC, anuncia aposentadoria

Cliff Williams - Foto: DivulgaçãoO AC/DC caminha a passos largos rumo a um melancólico fim. O baixista da banda australiana, Cliff Williams, anunciou que se aposentará ao término da turnê Rock or Bust.

Poderíamos esperar que essa informação tivesse como fonte algum ilustre jornalista especializado, mas a revelação foi feita em entrevista concedida pelo músico à Gulfshore Life, uma revista norte-americana de circulação local sobre estilo de vida e que acaba de ganhar seus 15 minutos de fama internacional.

O discreto Cliff Williams concedeu a entrevista na condição de morador ilustre de Fort Myers, na Flórida, e acabou proporcionando esse inesperado furo à revista, algo inusitado como um jornal de bairro anunciar a volta dos Mutantes com Rita Lee ou algo que o valha.

O AC/DC não havia se pronunciado oficialmente sobre o assunto até a publicação deste texto.

Cliff Williams ingressou no AC/DC em 1977, durante a turnê de “Let There Be Rock”. Seu primeiro álbum de estúdio com a banda foi “Powerage”, de 1978. Tornou-se conhecido por linhas de baixo simples e eficientíssimas para que as guitarras de Angus e Malcolm Young brilhassem.

Nesses quase 40 anos, a partir de “Powerage”, Williams esteve presente em todos os discos seguintes da lendária banda australiana, que nos anos 1980 alcançou a consagração mundial. Nos palcos, Williams ausentou-se do AC/DC apenas durante alguns meses, em 1991, para tratar de um problema renal.

Os álbuns de estúdio tornaram-se mais escassos depois da entrada do século 21, mas nem por isso deixando a dever aos trabalhos de seus anos de glória.

CONTINUE LENDO AQUI!!!




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 99 outros seguidores

novembro 2018
D S T Q Q S S
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias