Posts Tagged ‘Seattle

05
maio
18

Alice in Chains libera clipe da nova música ‘The One You Know’

Alice in Chains - Foto: Divulgação FacebookO Alice in Chains lançou oficialmente na sexta-feira, 4 de maio, o clipe da música “The One You Know”. O single é o primeiro do próximo álbum do grupo norte-americano de Seatlle.

A banda, contudo, não deu maiores detalhes sobre o disco. Não há informações sobre nome, tampouco sobre a data de lançamento.

O último disco do Alice in Chains foi “The Devil Put Dinosaurs Here”, lançado em maio de 2013.

O novo disco do grupo de Seattle será o sexto da carreira.

Na música “The One You Know”, chama a atenção logo de cara uma das principais qualidades do Alice in Chains e toda sua história: os vocais dobrados e melodiosos.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

Anúncios
18
maio
17

Rock chora a morte de Chris Cornell, vocalista do Soundgarden e do Audioslave

Chris Cornell - Foto: Divulgação FacebookEnquanto o Brasil amanhecia passivo, em choque com provas gravíssimas em relação à conduta do presidente da República, Michel Temer, e a caminho de uma situação de vazio de poder com riscos reais de descambar para uma solução mais autoritária que de costume, o mundo do rock acordou com mais um duro golpe da vida contra suas fileiras: a morte súbita de Chris Cornell.

O fundador do Soundgarden e do Audioslave faleceu no fim da noite de ontem, 17 de maio, aos 52 anos, momentos depois de um show em Detroit. Ainda não há informações sobre a causa da prematura morte de um dos maiores nomes do roquenrow dos últimos vinte e poucos anos.

Brian Bunbery, identificado como representante de Cornell pela BBC, disse que o cantor, guitarrista e compositor morreu “repentina e inesperadamente”.

Comentou ainda que o corpo de Cornell passará por necrópsia para determinar a causa da morte* e que a família pede privacidade.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

27
dez
16

Em meio à perplexidade e à degradação, biografia do Alice in Chains revela doçura do sonho

"Alice in Chains - A história não revelada" - Reprodução da CapaPor Caio de Mello Martins*

A trajetória do Alice In Chains é indissociável da tragédia pessoal de Layne Staley. Nascida das cinzas de um projeto metal farofa iniciado por Staley com amigos de adolescência, aos poucos a banda foi se despindo dos grooves e da jovialidade de suas influências hard rock (Aerosmith, Guns, Van Halen) para se tornar naquilo que ouvimos claramente nos dois últimos álbuns gravados com Staley nos vocais (“Dirt” e “Alice In Chains”, o disco do cão perneta) — um poço de negatividade, lentamente se rastejando ao som das assombrosas melodias de Staley, do lamento de tempero sulista de Jerry Cantrell e das sempre punitivas e graves marcações de Sean Kinney.

A escalada de drogas, tensão interna e aversão ao estrelato reverberaria na produção criativa da banda. Também seria decisiva na gradual paralisação das atividades do Alice In Chains como banda.

Após terem alcançado por duas vezes o topo da Billboard com o EP “Jar Of Flies” e o álbum homônimo, o grupo aos poucos ganhava ares de dinossauros do rock. Gravaram o inevitável acústico para a MTV em 1996, enquanto pelos próximos seis anos o nome da banda só apareceria no noticiário por conta de coletâneas, ou pior ainda, por tabela, com esparsos projetos paralelos e rumores sobre o estado de saúde do vocalista. O fim parecia apenas questão de tempo.

O mesmo pode ser dito sobre a vida de Layne Staley. Um homem que escolheu a morte. É o que se pode dizer de alguém que consumiu heroína e crack continuamente por dez anos.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

24
set
16

25 anos do clássico álbum ‘Nevermind’, divisor de águas do Nirvana e do rock alternativo

"Nevermind", reprodução da capaPor Demétrius Carvalho*

24 de setembro de 1991 é lançado o disco “Nevermind”, do Nirvana, talvez o último grande de uma banda de rock. Álbum esse que é um dos mais emblemáticos do gênero de todos os tempos e por vários aspectos. O disco, que completa 25 anos em 2016, pode se encontrar na prateleira de rock, punk, embora seja bem diferente dos outros encontrados e, obviamente, na de grunge, onde eles se tornaram um dos pais do gênero.

Esse é o segundo álbum da banda de Kurt Cobain e do baixista Krist Novoselic e o primeiro com o baterista Dave Grohl. O disco não inspirava grandes expectativas de venda, mas apenas 14 dias antes, “Smells Like Teen Spirit” era lançada como single e causou um estrondo que apenas começava para o trio.

Novoselic disse certa vez que a entrada no novo baterista parece ter colocado as coisas no lugar. Somado a isso, o momento contou com os improváveis caminhos harmônicos e melódicos de Kurt e a produção de Butch Vig, que disse ter pensado em uma mixagem para a nova música digital que surgia e não de forma analógica como feita até então.

Kurt não tinha estudo musical e chegou e declarar que a teoria era uma besteira. Grohl disse que o vocalista pensava primeiro nas melodias para depois pensar na letra.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

14
set
16

Nirvana reage com sarcasmo a factoide sobre Kurt Cobain ‘vivo’

Nirvana - Foto: DivulgaçãoTudo tem limite, reza a lenda. Menos a estupidez humana. O Facebook oficial do tragicamente extinto Nirvana precisou vir a público no dia 12 de setembro para negar que Kurt Cobain estivesse vivo.

A bobagem começou a circular – pela internet, claro – junto com um vídeo no qual um jovem artista peruano chamado Ramiro Saavedra aparece cantando “Come As You Are”. Sugestivo até.

Aparentemente, ao ressuscitar do próprio suicídio, os genes de Kurt Cobain misturaram-se aos do pagapau-mor de Eduardo Cunha, Kim Kataguiri, resultando em algo que pra bonito não serve.

Mais impressionante ainda seria o fato de o canhoto Kurt Cobain ter voltado à vida com alguma espécie de mudança nas conexões cerebrais que o transformaram em uma pessoa destra.

O fato é que a “notícia” foi parar no site do Daily Mail, um jornal sensacionalista inglês que aparentemente não perdeu o tino para o negócio, algo raro na mídia moderna.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

04
ago
16

Trio brasileiro Jazza Roll homenageia 25 anos do ‘Nevermind’ tocando Nirvana de um jeito diferente

Jazza Roll - Foto: DivulgaçãoJá imaginou ouvir Nirvana de um jeito diferente, mais precisamente numa roupagem que não abandona completamente o rock, mas que traz uma pitada considerável de jazz? Essa é a ideia do trio brasileiro Jazza Roll, que aproveita o aniversário de 25 anos do álbum clássico “Nevermind” em 2016 para trazer ao público shows com a execução do disco com um som que não deixará de gerar avaliações das mais diversas.

Formado em São Paulo e estreando nos palcos justamente no ano de 2016 por causa do “Nevermind”, o Jazza Roll se apresenta como um trio de músicos que tem como objetivo trabalhar arranjos de clássicos do rock de forma instrumental. Segundo o grupo, a intenção é se apropriar de estilos “além do rock”, como o jazz e suas bifurcações, passando também pelo conceito de groove e até pela bossa nova.

Felipe Mancini é o responsável pela guitarra. Demétrius Carvalho está no baixo acústico. Ivan Silva está na bateria.

O estipulado pelo grupo é tocar o “Nevermind” na íntegra, na ordem exata. Segundo a banda, o baixo acústico e a guitarra são completados por uma bateria em uma sonoridade “jazzy lisérgica”.

O incensado álbum “Nevermind” gerou uma verdadeira reviravolta no rock no começo dos Anos 90, ajudando a implodir de vez a barreira que separava o mainstream do alternativo. Lançado em setembro de 1991, o disco (e suas músicas) já foi interpretado de diversas maneiras por várias outras bandas, além do seu grupo mentor de Seattle.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

20
jul
16

Supergrupo Temple Of The Dog anuncia reunião para turnê inédita

Temple Of The Dog nos Anos 90 - Foto: DivulgaçãoOs fans das bandas de Seattle tiveram uma grande notícia nesta quarta-feira, 20 de julho. Tudo porque o cultuado supergrupo Temple Of The Dog anunciou uma reunião para inédita turnê.

De quebra, a banda, que nos Anos 90 contava com membros do Soundgarden e do Pearl Jam, informou que vai relançar o primeiro e único disco do projeto, de 1991.

Em comunicado oficial via vídeo e texto, Chris Cornell, do Soundgarden, Stone Gossard, Jeff Ament e Mike McCready (do Pearl Jam) e Matt Cameron (das duas bandas), vieram com a informação de algumas datas de shows.

Todos os compromissos divulgados são, até o momento, nos Estados Unidos: 4 de novembro na Filadélfia; 7 de novembro em Nova York; 11 de novembro em San Francisco; 14 de novembro em Los Angeles; e 20 de novembro em Seattle.

Eddie Vedder, vocalista do Pearl Jam, dividiu os vocais com Cornell no clássico “Hunger Strike” nos Anos 90 e chegou a fazer backing em outras faixas do primeiro disco do Temple Of The Dog. No comunicado deste dia 20 de julho, não há nenhuma menção a Vedder.

CONTINUE LENDO AQUI!!!




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso blog em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 95 outros seguidores

maio 2018
D S T Q Q S S
« abr    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Categorias

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Anúncios