Archive for the 'Foo Fighters' Category

20
jun
17

Foo Fighters anuncia novo álbum ‘Concrete and Gold’, que será lançado em setembro

"Concrete and Gold" - Reprodução da capa do disco novo do Foo FightersO Foo Fighters anunciou nesta terça-feira, 20 de junho, detalhes sobre o seu novo álbum. “Concrete and Gold” é o nome do disco, cuja capa pode ser vista ao lado, e será lançado oficialmente no dia 15 de setembro.

O novo disco terá 11 faixas e será produzido por Greg Kurstin.

A primeira delas, “Run”, já foi conhecida no começo de junho, quando a banda de Dave Grohl lançou um clipe bacana que retratou uma rebelião num asilo com um som pesado.

Em carta aos fãs, Grohl disse que o grupo passou os últimos 6 meses gravando o disco. Ele trouxe os detalhes do novo trabalho e prometeu algo de qualidade e barulhento.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

01
jun
17

Rebelião do rock em asilo embala clipe com nova música pesada do Foo Fighters

Foo Fighters - Foto: Divulgação Instagram/Brantley GutierrezO Foo Fighters reservou uma grande surpresa para os fãs logo no primeiro dia de junho de 2017. A banda liderada pelo sempre popular Dave Grohl liberou a novíssima música “Run”.

A canção foi divulgada por meio de clipe no YouTube que traz um asilo como cenário. Ali, velhinhos sem perspectiva de algo novo na vida são motivados pelo rock a sair da situação entediante.

No clipe bacana com direção do próprio Dave Grohl, os integrantes do Foo Fighters também estão envelhecidos com uma maquiagem super bem feita.

É justamente com a música tocada pela banda no asilo que os velhinhos provocam uma verdadeira “rebelião do rock”.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

31
maio
16

Enquete para Rock in Rio 2017 tem AC/DC, Sabbath, Rush, The Who e outros grandes do rock

Rock in Rio - Reprodução do LogoOs fãs do Rock in Rio cadastrados na lista de e-mails do tradicional festival receberam nesta terça-feira, 31 de maio, uma mensagem com uma enquete sobre as atrações da edição brasileira de 2017. A pergunta, simples e direta, foi a seguinte: “Quem você quer ver no Rock in Rio em 2017?”

No total de 24 alternativas internacionais disponíveis, o fã poderia escolher até 7 nomes, sendo que, 16 deles são representantes do rock ou têm alguma ligação com o estilo musical.

A lista tem os seguintes nomes: AC/DC com Axl Rose, Aerosmith, Black Sabbath, Bon Jovi, Coldplay, David Gilmour, Depeche Mode, Foo Fighters, Iron Maiden, Muse, Pearl Jam, Phil Collins, Red Hot Chili Peppers, Roger Waters, Rush e The Who.

Fora do rock, completam a lista de 24 alternativas os nomes badalados de Beyoncé, Black Eye Peas, Bruno Mars, Justin Bieber, Justin Timberlake, Maroon 5, Rihanna e Taylor Swift.

De acordo com a organização do festival, os nomes são para o Palco Mundo, o principal do Rock in Rio. Os produtores deixam claro que a escolha de bandas para o line-up do festival passa por inúmeras frentes de informação e que a enquete é mais uma delas.

“Por isso, não garantimos que as atrações acima estarão no palco em 2017, mas a gente promete que vai fazer o possível”, destacaram os organizadores. “Estaremos bem atentos aos pedidos de vocês, como sempre estivemos”, acrescentaram.

Se havia ou não dúvidas se a edição de 2017 seria forte, a simples divulgação da enquete já gerou uma ansiedade enorme das redes sociais. Dando uma olhada nos nomes da lista, há alternativas difíceis para uma confirmação, como o Rush, que não costuma tocar em festivais, Roger Waters, que tem uma estrutura de espetáculo que pode encarecer todo o restante do festival ou o Black Sabbath, que dificilmente estenderia os shows da turnê de despedida para 2017, ainda mais poucos meses depois de ter passado pelo Brasil numa tour própria e badalada.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

23
nov
15

Foo Fighters lança EP com 5 músicas e libera download gratuito

Santa Cecília EPO Foo Fighters colocou fim a uma contagem regressiva que havia iniciado em seu site e lançou oficialmente nesta segunda-feira, dia 23 de novembro, um EP de 5 músicas. O novo trabalho, cuja capa pode ser vista ao lado, recebeu o nome de “Santa Cecilia EP”.

Para alegria dos fãs, o disco está disponível para stream ou download gratuito. Há também uma opção de encomenda de uma versão em vinil por US$ 10,99.

O EP foi gravado no hotel Saint Cecilia em Austin, no Texas, em outubro deste ano.

Em uma carta aberta, o vocalista Dave Grohl destacou que o EP “ganhou um tom completamente diferente” depois dos ataques terroristas que abalaram a cidade de Paris no dia 13 de novembro.

Vale lembrar que os ataques à capital francesa obrigaram o Foo Fighters a cancelar o restante da turnê europeia.

Grohl e a banda dedicaram o novo EP às vítimas dos atentado. Há, por sinal, no site http://www.saintceciliaep.com/ um link específico para doações, além dos locais específicos para baixar gratuitamente o novo trabalho.

Escute abaixo as 5 faixas:

 

25
jan
15

Mesmo sem superar Rock in Rio e Lolla, Foo Fighters fez apresentação de gala em SP para 55 mil

Foo Fighters em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Marcelo RossiO Foo Fighters inaugurou a temporada de shows internacionais que passarão por São Paulo em 2015 com uma apresentação de gala e digna dos grandes nomes do rock n’ roll. Com um show de quase três horas de duração, a banda norte-americana liderada pelo incansável vocalista e guitarrista, Dave Grohl, não superou as históricas apresentações feitas no Rock in Rio de 2001 e no Lollapalooza de 2012, mas fez a festa das 55 mil pessoas presentes no Estádio do Morumbi na sexta-feira, dia 23 de janeiro.

Antes que arremessem pedras ao Roque Reverso, a constatação de que o evento no Morumbi não superou o Rock in Rio e o Lollapalooza tem a ver muito mais com o fato daquelas terem sido apresentações históricas e difíceis de serem batidas do que por alguma análise de que a apresentação na capital paulista tenha sido fraca ou ruim.

O show do Morumbi, que fez parte da primeira turnê própria da banda pelo Brasil, reuniu tudo aquilo que um bom espetáculo de rock precisa: um grupo com vontade de tocar, um público louco para cantar todas as músicas, momentos de catarse coletiva que jamais serão esquecidos por quem esteve lá e até fatos inusitados e marcantes, como o pedido de casamento de um fã feito a sua futura esposa em pleno palco.

Muitos vão dizer que o simples fato de o Foo Fighters ter um show só seu e tocar por quase 3 horas já seria um motivo para superar as apresentações citadas. Mas quem esteve no Rock in Rio com mais de 170 mil pessoas, quando a banda começava a despontar, e viu o grupo surpreender numa noite que tinha o R.E.M. como atração principal, com certeza discordará. O mesmo é válido para quem esteve no Lolla e viu a banda fazer um dos shows com mais energia dos palcos brasileiros.

O fato incontestável é que o Foo Fighters está entre os grupos mais importantes da atualidade. Não somente Dave Grohl é apontado como “o cara legal” do rock e faz tudo para manter o estilo vivo, como a banda já conta com características de grupos consagrados e tende a cada vez mais conquistar seu merecido espaço, num momento no qual o rock precisa de mais expoentes.

O show

Depois das aberturas realizadas pelo Raimundos e pela banda Kaiser Chiefs com chuva, São Pedro fez o que tem feito com o Cantareira e poupou o Foo Fighters da água. Às 21h20, com apenas 5 minutos de atraso em relação ao horário agendado, Dave Grohl & Cia subiram ao palco e iniciaram a catarse coletiva que se estenderia até a madrugada do dia seguinte.

Diferente das outras vezes, o grupo não chegou com tudo. Apareceu no palco discretamente e iniciou a apresentação com a música “Something from Nothing”, do novo e badalado disco “Sonic Highways”, de 2014. Como se a faixa já fosse um hit consagrado, o público cantou a música do início ao fim e nem se importou com um pequeno tombo que Grohl tomou durante a execução da música.

Na sequência, os hits antigos “The Pretender” e “Learn to Fly” foram tocados de uma vez só e mantiveram o público atento e participativo, com direito a uma chuva de papel picado vermelho que foi lançada logo na parte final de “The Pretender”.

Vale destacar que o som da banda estava mais baixo que o desejável para quem estava, por exemplo, na divisa da Pista Vip com a Comum. Aos poucos, com a sequência da apresentação, ele foi melhorando, em sintonia com a própria performance do grupo, que foi crescendo a cada música.

A ótima e já clássica “Breakout” fez pela primeira vez Dave Grohl cruzar a passarela que dividia a Pista Vip e que seguia até metade da Pista Comum. Empolgado, o público tentou se aproximar ao máximo do ídolo, enquanto a execução da música ficou aquém de outras apresentações pelo Brasil, como a histórica do Rock in Rio.

Em “Alandria”, o líder do Foo Fighters chegou a dizer para o público poupar as vozes porque muitas músicas seriam tocadas naquela noite. Entre os hits “My Hero” e “Walk”, que levantam até defunto, a banda trouxe “Congregation”, também do novo disco.

Grohl, por sinal, prometeu canções dos 8 álbuns e cumpriu a meta ao longo do show, cantando até mesmo o primeiro hit “I’ll Stick Around”, que passava na MTV quando a banda ainda era uma promessa depois que o Nirvana acabou e que Dave trocou a bateria pelo posto principal no Foo Fighters.

Antes de “I’ll Stick Around”, a banda veio com “Cold Day in the Sun”, com o ótimo baterista Taylor Hawkins tocando o instrumento e cantando. Houve tempo até para a banda brincar com trechos de clássicos do rock, como “War Pigs”, do Black Sabbath, e “Tom Sawyer”, do Rush, tudo durante o momento que Dave Grohl apresentou os demais integrantes ao público.

Foo Fighters em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Marcelo RossiFoo Fighters em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Marcelo RossiFoo Fighters em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Marcelo RossiFoo Fighters em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Marcelo RossiFoo Fighters em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Marcelo RossiFoo Fighters em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Marcelo RossiFoo Fighters em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Marcelo RossiFoo Fighters em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Marcelo Rossi

Diversão

Importante destacar que a banda se divertiu muito durante o show, ora com a extensão e inclusão de acordes diferentes em algumas faixas, ora com as conversas animadas de Grohl com a plateia, ora com essa inclusão de coisas além do Foo Fighters. Houve fã que chegou a reclamar que queria mais música e menos conversa, mas não se pode agradar a todos.

Em “Monkey Wrench”, por exemplo, a duração da música foi estendida e o palco chegou a ficar menos iluminado, enquanto a banda tocava. Foi a deixa para o público proporcionar um lindo show de luzes por meio dos celulares por todos os cantos do Morumbi.

O Roque Reverso até testemunhou um “guerreiro” tentando acender um isolado isqueiro, numa pura demonstração de resistência no estilo “old school” dos shows de rock, mas não há dúvidas que o estádio inteiro iluminado ficou na mente dos que estiveram por ali. O próprio Dave Grohl chegou a ficar meio que “paralisado” e reconheceu que aquilo era “lindo pra caralho”.

Na sequência, o vocalista se dirigiu a um dos pontos da passarela mais próximos à Pista Comum para tocar “Skin and Bones”, com a presença do tecladista Rami Jaffee, no acordeão. Depois, da música, Grohl recebeu uma bandeira do Brasil de um fã e a enrolou no pescoço, elogiando o símbolo nacional, o futebol e as mulheres do País.

Foi quando viu um cartaz na plateia com um pedido inusitado e atendeu um fã maluco que queria pedir a futura esposa em casamento. O fã, de nome Vinícius, ajoelhado, pediu a mão de Mônica em pleno palco e levou o público ao loucura com tal feito, sendo atendido pela moça, para alegria geral.

“Então, lembre-se: se você quiser pedir sua namorada em casamento, venha a um show do Foo Fighters”, brincou nada menos que o astro principal da noite, Dave Grohl, em mais uma das suas intervenções.

O vocalista continuou na ponta da passarela para a execução solitária da balada “Wheels”, enquanto o restante da banda dava uma descansada e a plateia acompanhava com palmas.

O auge do show estaria por vir e foi em “Times Like These” que a noite no Morumbi atingiu seu momento mais interessante musicalmente, levando o público ao delírio.

Grohl continuou na ponta do palco nos primeiros acordes, cantando sozinho a faixa de uma maneira mais lenta, mas, de repente, o restante da banda apareceu no palco secundário, quase que surpreendendo a todos, bem no momento em que a música ganhou em velocidade e peso. Foi daqueles momentos em que há uma interação sensacional entre artista e plateia e que marcam grandes shows de rock. Destaque ainda para a performance de Taylor Hawkins, simplesmente detonando sua bateria com técnica invejável.

As surpresas não pararam por aí, pois a banda continuou no palco improvisado, que também era giratório, bem no centro da passarela. Foi aí que emendaram uma série de covers, como “Detroit Rock City”, do KISS, “Stay With Me”, do Faces, e duas do Queen:”Tie Your Mother Down”, que contou com Grohl na bateria e Taylor Hawkins como vocalista, e “Under Pressure”, que contou com os dois dividindo os vocais.

Após o show diferente no palco improvisado, o Foo Fighters inteiro voltou para o palco principal e emendou o petardo “All My Life”, que foi seguido por “These Days” e “Outside”, esta também do disco novo.

A penúltima da noite rivalizou com “Times Like These” entre os grandes momentos musicais do show. “Best of You” deixou a plateia hipnotizada e cantando o trecho tradicional  “ôôô” até depois da canção terminar, surpreendendo Dave Grohl, que chegou a falar brincando para o público que a música já tinha acabado.

Para fechar a grande apresentação de quase 3 horas, o sucesso “Everlong” foi tocado já com os primeiros pingos de chuva, que, depois do encerramento, viria forte, como se quisesse lavar a alma da extasiada plateia. O líder do Foo Fighters prometeu retornar ao Brasil e recebeu palmas.

Fim de show, público satisfeito e a constatação de que o Foo Fighters está entre as principais bandas do planeta, queiram ou não os chatos de plantão. O rock n’ roll agradece e precisa de grupos assim e de caras que levantem a bandeira como Dave Grohl.

Para relembrar o grande show do Foo Fighters no Estádio do Morumbi, o Roque Reverso descolou vídeos amadores de qualidade descolados no YouTube. Fique inicialmente com um que traz o início do show e as três primeiras músicas. Depois, veja “Walk” e um vídeo que traz “Times Like These” com “Detroit Rock City”. Para fechar, fique com “Best of You”.

Set list

Something from Nothing
The Pretender
Learn to Fly
Breakout
Arlandria
My Hero
Congregation
Walk
Cold Day in the Sun (com trechos de War Pigs e Tom Sawyer)
I’ll Stick Around
Monkey Wrench
PALCO ADICIONAL
Skin and Bones
Wheels
Times Like These
Detroit Rock City (KISS)
Stay With Me (Faces)
Tie Your Mother Down (Queen)
Under Pressure (Queen)
VOLTA AO PALCO PRINCIPAL
All My Life
These Days
Outside
Best of You
Everlong

13
dez
14

Show do Foo Fighters em Belo Horizonte muda de local e será agora na Esplanada do Mineirão

Foo Fighters - Foto: DivulgaçãoMudança no local do show do Foo Fighters em Belo Horizonte. De acordo com a produtora Time For Fun, a apresentação agendada para o Mega Espace será agora na Esplanada do Mineirão.

A data e horário do show permanecem iguais: dia 28 de janeiro de 2015, às 21h15.

Segundo a Time For Fun, quem já adquiriu ingresso poderá utilizá-lo normalmente na Esplanada do Mineirão.

Não há necessidade de troca.

Ingressos de Pista e Pista Premium estão disponíveis no site da Tickets For Fun (www.ticketsforfun.com.br), na bilheteria do Chevrolet Hall e demais pontos de vendas.

O cliente que não puder comparecer ao novo local da apresentação poderá solicitar reembolso até 20 de janeiro.

Para as compras realizadas em bilheterias ou pontos de venda, o cliente deve comparecer ao local onde adquiriu a entrada. Para as compras feitas na internet, a devolução do dinheiro será feita após contato com a central de relacionamento, no telefone: (11) 4003-5588, de segunda a sexta feira das 11 horas às 17 horas.

O Foo Fighters iniciará a passagem pelo Brasil no dia 21 de janeiro em Porto Alegre, no Estacionamento da Fiergs. Depois, tocará em São Paulo no dia 23, no Estádio do Morumbi. Na sequência, chegará ao Rio de Janeiro no dia 25 para tocar no Estádio do Maracanã. O fim da turnê em território nacional será em Belo Horizonte.

Neste link, é possível ver os detalhes dos preços dos ingressos em cada uma das cidades citadas.

Os fãs que assistirem à volta do Foo Fighters à América do Sul serão privilegiados. Porque a banda já vem por aqui após o lançamento do disco novo.

O nome do álbum é “Sonic Highways”, oitavo álbum da carreira do grupo e que sucedeu o ótimo e premiado “Wasting Light”, de 2o11.

Os brasileiros costumam ter sorte para presenciar grandes momentos do Foo Fighters. Nas duas vindas da banda ao País, os shows foram memoráveis.

A primeira vez foi em 2001, quando os norte-americanos fizeram um dos melhores shows do Rock in Rio. A segunda foi em 2012, quando a cidade de São Paulo recebeu a banda como atração principal do festival Lollapalooza.

31
out
14

Ouça mais 2 faixas do novo disco do Foo Fighters: ‘The Feast and the Famine’ e ‘Congregation’

Foo Fighters - Foto: DivulgaçãoMais duas faixas do novo disco do Foo Fighters já estão no YouTube para os fãs escutarem: “The Feast and the Famine” e “Congregation”.

As músicas são, pela ordem, a segunda e a terceira, do álbum “Sonic Highways”, o oitavo da carreira do grupo norte-americano e que será lançado no dia 10 de novembro.

“The Feast and the Famine” está no YouTube desde o dia 23 de outubro. “Congregation”, desde o dia 30.

Ambas as canções se juntam à faixa “Something From Nothing”, a primeira conhecida do novo disco e que já tem até clipe oficial.

Enquanto “Something From Nothing” foi gravada no estúdio Electric Audio, em Chicago, nos Estados Unidos, com o famoso produtor Steve Albini, a faixa “The Feast and the Famine” foi gravada em na cidade de Whashington e “Congregation” foi em concluída em Nashville.

Antes da chegada do novo disco às lojas, a banda vem apresentando nos Estados Unidos, via canal de TV HBO, um documentário no qual mostra o vocalista Dave Grohl apresentando todo o processo de gravação do álbum. A série tem o mesmo nome do disco e deve ser exibida no Brasil no canal BIS.

Como “Sonic Highways” é o oitavo trabalho do Foo Fighters, o número oito servirá como tema para várias coisas, como, por exemplo, o número de faixas.

A capa, que o leitor do Roque Reverso já viu por aqui,  é uma ótima sacada à parte: um verdadeiro quebra-cabeças que foi sendo montado pelos fãs, de acordo com os pedaços que foram divulgados aos poucos pela banda nas redes sociais recentemente.

Em cada um das partes da imagem completa, exatamente as oito cidades onde o Foo Fighters gravou o álbum foram retratadas. Estão lá Seattle, Chicago, Nova York, Hollywood, Washington, Austin, Nova Orleans e Nashville. No centro da capa, um prédio em forma de um enorme número oito, que também representa o infinito.

A banda ainda vai disponibilizar o disco em formato vinil em versões especiais. Com isso, os fãs poderão adquirir exemplares com as capas específicas de cada uma das oito cidades citadas.

Escute abaixo as novas faixas do Foo Fighters, “The Feast and the Famine” e “Congregation”:




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Documentário 'Sepultura Endurance' teve sua estreia geral ao público no dia 15 de junho e tem neste dia 19 exibição marcada para o Cine SESC, em São Paulo, pelo In-Edit Brasil, às 21h30.
Veja a resenha do Roque Reverso aqui:
https://roquereverso.com/2017/06/15/documentario-sepultura-endurance-mostra-saga-da-banda-brasileira-e-resistencia-apos-separacao-historica/
#roquereverso #sepultura #ineditbrasil #sepulturaendurance #cinesesc Já viu os preços para o show do U2 em São Paulo?
Veja os detalhes no texto do Roque Reverso aqui:
https://roquereverso.com/2017/06/08/ingressos-de-pista-comum-para-show-do-u2-em-sp-da-turne-de-30-anos-do-the-joshua-tree-custam-r-500/
#roquereverso #u2 #estadiodomorumbi #u2thejoshuatree2017 O "Sgt. Peppers" fez 50 anos e o Roque Reverso fez uma resenha bacana.
Confira aqui:
https://roquereverso.com/2017/05/30/50-anos-do-disco-sgt-peppers-lonely-hearts-club-band-um-dos-maiores-da-historia-e-simbolo-de-uma-geracao/
#roquereverso #beatles #paulmccartney #ringostarr #johnlennon #georgeharrison Nosso texto sobre a enorme perda de Kid Vinil:
https://roquereverso.com/2017/05/19/rock-nacional-de-luto-com-a-morte-de-kid-vinil-um-dos-maiores-embaixadores-do-estilo-no-pais/
Foto: Divulgação Facebook
#roquereverso #kidvinil Nosso texto sobre a enorme perda de Chris Cornell:
https://roquereverso.com/2017/05/18/rock-chora-a-morte-de-chris-cornell-vocalista-do-soundgarden-e-do-audioslave/
Foto: Divulgação Facebook
#roquereverso #chriscornell #soundgarden #audioslave Resenha do Roque Reverso sobre o grande show do Prophets of Rage no Maximus Festival!!!
https://roquereverso.com/2017/05/16/com-fora-temer-e-show-variado-no-maximus-festival-prophets-of-rage-mantem-legado-do-rage-against/
#roquereverso #maximusfestival #prophetsofrage #tomorello

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso blog em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 88 outros seguidores

julho 2017
D S T Q Q S S
« jun    
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Categorias

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

Estatísticas

  • 530,982 hits
SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE