Archive for the 'Coldplay' Category

02
mar
17

Coldplay lança música ‘Hypnotised’ de novo EP ‘Kaleidoscope’ previsto para junho

Chris Martin, do Coldplay - Foto: DivulgaçãoO Coldplay está com novidades. A banda britânica lançou nesta quinta-feira, 2 de março, a música “Hypnotised”, que estará presente em um novo EP previsto para o primeiro semestre de 2017.

A canção foi liberada por meio de um lyric video que contou com a direção Mary Wigmore. O dia 2 de março também é o dia do aniversário do vocalista Chris Martin, que completou 40 anos de idade em 2017.

“Kaleidoscope” é o nome do EP, que tem o dia 2 de junho como data oficial de lançamento.

Serão cinco faixas no novo trabalho do Coldplay. “Hypnotised” é a última delas. “Something Just Like This” é a segunda e é uma parceria da banda com o duo eletrônico The Chainsmokers.

O último CD do Coldplay foi “Head Full Of Dreams”, de 2015. A turnê do álbum passou pelo Rio de Janeiro e por São Paulo. Na capital paulista, a apresentação realizada no Allianz Parque, a arena do Palmeiras, mostrou que a banda ratificou sua condição atual de grupo top do mainstream.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

22
ago
16

Coldplay lança clipe da música ‘Head Full Of Dreams’

Chris Martin, do Coldplay - Foto: DivulgaçãoO Coldplay lançou no dia 19 de agosto o clipe da música “Head Full Of Dreams”. É a faixa-título do disco que chegou aos fãs em dezembro do ano passado e produziu vários novos hits do grupo britânico.

O clipe foi filmado na Cidade do México em agosto de 2016.

A direção é de James Marcus Haney, que já conduziu, por exemplo, o vídeo da faixa “Birds”, do mesmo álbum.

A música “Head Full Of Dreams” é a quarta a contar com clipe deste novo disco. Além do vídeo de “Birds”, houve clipes para a faixa “Adventure Of A Lifetime” e a ótima “Hymn For The Weekend”.

Todas essas músicas citadas estiveram presentes no repertório que o Coldplay trouxe ao Brasil.

A turnê passou pelo Rio de Janeiro e por São Paulo e, na capital paulista, a apresentação realizada no Allianz Parque, a nova arena do Palmeiras, mostrou que a banda ratificou sua condição atual de grupo top do mainstream.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

31
maio
16

Enquete para Rock in Rio 2017 tem AC/DC, Sabbath, Rush, The Who e outros grandes do rock

Rock in Rio - Reprodução do LogoOs fãs do Rock in Rio cadastrados na lista de e-mails do tradicional festival receberam nesta terça-feira, 31 de maio, uma mensagem com uma enquete sobre as atrações da edição brasileira de 2017. A pergunta, simples e direta, foi a seguinte: “Quem você quer ver no Rock in Rio em 2017?”

No total de 24 alternativas internacionais disponíveis, o fã poderia escolher até 7 nomes, sendo que, 16 deles são representantes do rock ou têm alguma ligação com o estilo musical.

A lista tem os seguintes nomes: AC/DC com Axl Rose, Aerosmith, Black Sabbath, Bon Jovi, Coldplay, David Gilmour, Depeche Mode, Foo Fighters, Iron Maiden, Muse, Pearl Jam, Phil Collins, Red Hot Chili Peppers, Roger Waters, Rush e The Who.

Fora do rock, completam a lista de 24 alternativas os nomes badalados de Beyoncé, Black Eye Peas, Bruno Mars, Justin Bieber, Justin Timberlake, Maroon 5, Rihanna e Taylor Swift.

De acordo com a organização do festival, os nomes são para o Palco Mundo, o principal do Rock in Rio. Os produtores deixam claro que a escolha de bandas para o line-up do festival passa por inúmeras frentes de informação e que a enquete é mais uma delas.

“Por isso, não garantimos que as atrações acima estarão no palco em 2017, mas a gente promete que vai fazer o possível”, destacaram os organizadores. “Estaremos bem atentos aos pedidos de vocês, como sempre estivemos”, acrescentaram.

Se havia ou não dúvidas se a edição de 2017 seria forte, a simples divulgação da enquete já gerou uma ansiedade enorme das redes sociais. Dando uma olhada nos nomes da lista, há alternativas difíceis para uma confirmação, como o Rush, que não costuma tocar em festivais, Roger Waters, que tem uma estrutura de espetáculo que pode encarecer todo o restante do festival ou o Black Sabbath, que dificilmente estenderia os shows da turnê de despedida para 2017, ainda mais poucos meses depois de ter passado pelo Brasil numa tour própria e badalada.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

08
abr
16

Com espetáculo de cores e luzes, Coldplay ratifica em SP condição de banda top do mainstream

Coldplay no Allianz Parque em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Camila CaraO Coldplay fez um grande show na quinta-feira, 7 de abril, no Allianz Parque, para 45 mil pessoas. Com um espetáculo de duas horas recheado de luzes e cores, além de boa música, a banda britânica ratificou na capital paulista a condição de banda top do mainstream, algo impensável quando começou a carreira, em 1996, num período no qual ainda era classificada com um conjunto musical alternativo.

Na badalada Arena do Palmeiras, o Coldplay satisfez o fiel público com grandes sacadas e um enorme profissionalismo, mostrando estar completamente antenado com a tecnologia e a interação com os fãs. Na ideia mais marcante e que dificilmente será esquecida por quem participou do show, o grupo distribuiu pulseiras piscantes que iluminaram todo o estádio, fazendo com que a plateia se transformasse em parte integrante dos efeitos especiais usados.

No seleto grupo de bandas top do mainstream do atual cenário do rock, não há dúvidas de que o Coldplay hoje faz companhia a nomes bem mais veteranos, como os Rolling Stones, o KISS, o AC/DC, o U2 e o Metallica, que lideram anualmente as maiores bilheterias com shows.

Independentemente do poder musical dos britânicos, eles mostraram aos fãs brasileiros que as casas de espetáculos menores de antigamente, como o saudoso Via Funchal (onde tocaram em 2003 e 2007), já não comportam o tamanho do conjunto musical.

O show no Allianz Parque não chegou a superar a apoteótica apresentação no Rock in Rio de 2011. Talvez, nem mesmo tenha sido melhor do que alguns dos grandes espetáculos acompanhados pelo Roque Reverso neste início de 2016, como os dos Rolling Stones e do Alabama Shakes, mas já se credenciou a disputar a lista dos mais marcantes do ano, que ainda tem muita gente badalada para fazer a festa dos brasileiros com o rock.

O show

A apresentação do Coldplay na Arena do Palmeiras começou com cerca de meia hora de atraso. Promovendo o disco “Head Full Of Dreams”, de 2015, o grupo seguiu o roteiro que vem sendo apresentado na turnê latino-americana.

Pouco antes do começo do show, os imensos telões recomendavam ao público que fossem colocadas as pulseiras. Era a deixa para quem ainda não sabia do script visto nas apresentações da América do Sul constatar que aquele objeto seria fundamental no espetáculo na capital paulista.

Quando as luzes se apagaram, a reação ensurdecedora da plateia já mostrava que aquele show seria inesquecível para os fãs. A introdução musical ficou por conta de “O Mio Babbino Caro”, obra de Puccini, na interpretação de Maria Callas.

Na sequência, foi a vez do discurso histórico de Charles Chaplin no filme “O Grande Ditador”, enquanto os telões mostravam a capa do disco de  “Head Full Of Dreams”. Foi quando um dos momentos mais interessantes do espetáculo aconteceu, pois muitos se surpreenderam quando a luz das pulseiras piscantes, controladas pela produção do Coldplay, foram iluminadas pela primeira vez.

Na cor vermelha, a iluminação do Allianz Parque influenciada pelas pulseiras chegou a lembrar o Morumbi tomado por chifrinhos piscantes no show que o AC/DC fez no Estádio do Morumbi em 2008. Depois, as cores foram variando até a banda subir ao palco e executar a faixa-título do novo disco, com direito a primeira de muitas vezes de uma enorme chuva de papel picado colorido que foi lançada na Pista Vip e na Pista Comum.

Com o público sedento por hits, o Coldplay trouxe “Yellow”. E o Allianz Parque ficou amarelo com inúmeras bexigas que os fãs levaram em mais um movimento de flash mob. Próximo ao fim da música, o vocalista Chris Martin deu seu primeiro gesto de simpatia da noite com uma breve saudação à plateia: “Boa noite, pessoal! Boa noite, paulistas! Que alegria estar no Brasil! O vosso país é lindo!”

Na sequência, foram executadas “Every Teardrop Is a Waterfall”, “The Scientist”, a nova “Birds” e “Paradise”. Na primeira, Martin colocou a bandeira do Brasil na cabeça (depois, durante o show, ela ficaria pendurada na cintura dele até o fim) e houve mais uma chuva de papel picado, desta vez em formato de estrelas. Na segunda, usou o piano e, em “Paradise”, as pulseiras foram reativadas na cores azul e verde, deixando o Allianz Parque ainda mais lindo do que já é.

Em dado momento, quem não soubesse que aquele era um show de rock, poderia pensar que estava numa espécie de Tomorrowland, tamanha quantidade de luzes, cores e efeitos usados pelo Coldplay. Em alguns períodos, a luz vinda do palco era tão intensa que chegava a incomodar os olhos do público.

Foi quando os músicos se dirigiram a um palco adicional B localizado na ponta da plataforma central que dividia toda a Pista Vip e ia até a divisa com a Pista Comum. Ali, a banda tocou “Everglow”, “Ink” e “Magic”, com direito ao vocalista dizendo que São Paulo era a “número 1”.

Coldplay no Allianz Parque em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Camila CaraColdplay no Allianz Parque em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Camila CaraColdplay no Allianz Parque em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Camila CaraColdplay no Allianz Parque em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Camila CaraColdplay no Allianz Parque em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Camila CaraColdplay no Allianz Parque em SP - Foto: Divulgação Time For Fun/Camila Cara

De volta ao palco principal, o Coldplay mesclou velhas e novas canções, como “Clocks”, “Midnight”, “Charlie Brown”, “Hymn for the Weekend” e “Fix You”. Em “Clocks” e “Midnight”, efeitos de raio laser se juntaram aos das pulseiras, deixando a Arena do Palmeiras ainda mais iluminada, colorida e frenética.

“Hymn for the Weekend”, talvez, seja a grande música do álbum novo, com uma melodia daquelas que ficam na mente durante dias e que funcionou bem ao vivo. Em “Fix You”, Martin caminhou pela plataforma e se ajoelhou, com direito a um imenso coral do público, num dos momentos mais emocionantes da apresentação.

Na sequência, o Coldplay mandou uma trinca de grande qualidade: “Heroes”, de David Bowie, “Viva la Vida” e “Adventure of a Lifetime”. A primeira, por incrível que possa parecer, não foi reconhecida por uma boa parte do público. A segunda, apesar das polêmicas relacionadas ao suposto plágio do mestre guitarrista Joe Satriani, é um dos grandes momentos da apresentação, com um show à parte do público.

A terceira mostrou toda a força da divulgação do álbum novo, pois contou com clipe amplamente mostrado nas redes sociais. Com isso, foi capaz de eletrizar o público tanto quanto “Viva la Vida”. No show do Allianz Parque, ainda contou com imensas bolas de plástico coloridas que foram jogadas para a plateia. No fim da música, Chris Martin pediu para todo público agachar e pular, fazendo lembrar, sem a intensidade e o peso característicos, os shows do Slipknot.

Xingamento frustrado

Pausa para um breve intervalo e meia dúzia de indivíduos da Pista Vip tentou puxar um coro de ofensa à presidente da República, Dilma Rousseff, com a peculiar falta de educação de quem costuma xingar sem se preocupar com a falta de respeito. Diferente do que se podia imaginar, o coro não pegou e foi completamente ofuscado pelo restante do público, interessado simplesmente em curtir um bom show de rock.

É realmente curioso ver que existem pessoas que gastam uma fortuna para eventos como do Coldplay, vibram como nunca na grande apresentação, mas não conseguem amansar o ódio da mente e do coração. É de dar pena de pessoas assim, mas o mundo precisa ainda melhorar muito e todos desejam que este tipo de gente realmente consiga ser completamente feliz algum dia.

Buscapé

Volta ao Bis

Na volta ao Bis, as pulseiras piscantes foram ativadas na cor vermelha e o Coldplay apareceu num terceiro palco adicional. Desta vez, o local estava situado no fundo da Pista Comum, na lateral bem próxima a arquibancada inferior do Allianz Parque.

Tal momento mostrou o respeito da banda pelos fãs. Foram tocadas neste terceiro palco as canções “Trouble” e “Speed of Sound”, esta uma solicitação do público, marcado por um fã que apareceu em vídeo no telão central pedindo a faixa.

No retorno ao palco principal, o grupo executou as três faixas finais. “Amazing Day”, “A Sky Full of Stars” e “Up&Up”. Na segunda música, Martin interrompeu para chamar dois casais ao palco B. Ali foram feitos pedidos de casamento, numa ação que lembrou o que aconteceu no show do Foo Fighters em 2015 no Estádio do Morumbi. Na volta à canção, as pulseiras piscantes ficaram azuis e uma chuva de estrelas de papel e plástico cintilante foi vista no Allianz Parque.

Críticas sobre talento musical à parte, o Coldplay fez um show que proporcionou alegria aos fãs. Goste ou não do grupo, isso era visível de maneira muito clara no rosto das pessoas. Num momento no qual o Brasil vive um momento ruim e com pessoas promovendo o ódio, é sempre bom momentos como o observado na Arena do Palmeiras. Quem sabe a receita médica para afastar o sentimento ruim de algumas pessoas não seria mais doses de shows de rock diária por todo o País?

Para relembrar a grande apresentação do Coldplay em São Paulo, o Roque Reverso descolou videos no YouTube. Fique inicialmente com o de “Yellow”. Depois veja os de “Paradise”, “Fix You” e um que traz de uma vez só “Heroes” e “Viva la Vida”. Para fechar, fique com um vídeo de “Speed of Sound”.

Set list

A Head Full of Dreams
Yellow
Every Teardrop Is a Waterfall
The Scientist
Birds
Paradise
PALCO ADICIONAL B
Everglow
Ink
Magic
VOLTA AO PALCO PRINCIPAL
Clocks
Midnight
Charlie Brown
Hymn for the Weekend
Fix You
Heroes
Viva la Vida
Adventure of a Lifetime
PALCO ADICIONAL C
Trouble
Speed of Sound
VOLTA AO PALCO PRINCIPAL
Amazing Day
A Sky Full of Stars
Up&Up

03
jan
16

Coldplay lança clipe da música ‘Birds’

Coldplay - Foto: Divulgação2016 começou com clipe novo do Coldplay. A banda britânica liberou no YouTube para os fãs o vídeo da música “Birds”, presente no novo disco “Head Full Of Dreams”, que foi lançado em dezembro do ano passado.

A direção do clipe é de Marcus Haney.

É o segundo vídeo do disco novo do Coldplay. O primeiro, lançado em novembro, foi o da música “Adventure Of A Lifetime”.

O novo álbum tem 11 faixas e foi gravado em Londres, Los Angeles e Malibu. Conta com a produção da organização Stargate e de Rik Simpson.

“Head Full Of Dreams”é o sétimo álbum do Coldplay. Sucedeu “Ghost Stories”, que foi lançado em 2014 e não teve o mesmo impacto do elogiado disco “Mylo Xyloto”, de 2011.

Em abril, o grupo voltará ao Brasil para shows em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Os ingressos para São Paulo na apresentação que será realizada na arena do Palmeiras estão esgotados.

Não há, por enquanto, informação de que haverá show extra na capital paulista, apesar dos vários rumores de que isso acontecerá.

Veja abaixo o novo clipe do Coldplay:

30
nov
15

Coldplay divulga música ‘Everglow’ e libera clipe da faixa ‘Adventure Of A Lifetime’, ambas do novo álbum

Coldplay - Reprodução de cena do novo clipeO Coldplay trouxe recentemente duas novidades para os fãs. No dia 26 de novembro, divulgou para a audição a música “Everglow”. No dia seguinte, liberou o clipe da faixa “Adventure Of A Lifetime”, que já havia sido apresentada no dia 20 ao público e vista aqui no Roque Reverso.

Ambas as músicas fazem parte do disco “Head Full Of Dreams”, que será lançado oficialmente no dia 4 de dezembro.

O novo álbum terá 11 faixas e foi gravado em Londres, Los Angeles e Malibu. Conta com a produção da organização Stargate e de Rik Simpson.

“Head Full Of Dreams” será o sétimo álbum do Coldplay. Sucederá “Ghost Stories”, que foi lançado em 2014 e não teve o mesmo impacto do elogiado disco “Mylo Xyloto”, de 2011.

A faixa “Everglow”, que pode ser ouvida aqui, é lenta e totalmente diferente de “Adventure Of A Lifetime”, que tem um ritmo bem mais dançante do que as músicas que os fãs da banda se acostumaram a ouvir.

O clipe de “Adventure Of A Lifetime” contou com direção de Mat Whitecross. A ideia da filmagem surgiu quando o vocalista Chris Martin se encontrou com o especialista em Captura de Movimento Andy Serkis (“O Senhor dos Anéis”, “King Kong”) em um v0o.

Depois do encontro, elaboraram como seria o clipe, que durou seis meses para ser realizado. Os quatro músicos tiveram os movimentos captados que foram usados para transformá-los em chimpanzés no formato 3D.

Em abril, a banda volta ao Brasil para shows em São Paulo e no Rio de Janeiro.

Veja abaixo o novo clipe do Coldplay:

20
nov
15

Coldplay volta ao Brasil em abril de 2016 para shows em SP e no Rio

Coldplay no Brasil 2016 - Cartaz de DivulgaçãoO Coldplay anunciou nesta sexta-feira, dia 20 de novembro, as primeiras datas de sua turnê mundial em 2016 para divulgação do novo álbum “A Head Full Of Dreams”, previsto para ser lançado em dezembro. Dentre os 14 países que receberão os shows da banda britânica, o Brasil foi presenteado com duas datas: uma em São Paulo e a outra no Rio de Janeiro.

Na capital paulista, o Coldplay tocará no Allianz Parque, a Arena do Palmeiras, no dia 7 de abril. Na capital fluminense, vai se apresentar no Estádio do Maracanã, no dia 10 de abril.

De acordo com a produtora Time For Fun, responsável pela organização em conjunto com a Live Nation, a venda de ingressos começa no dia 10 de dezembro.

A partir da 0h01 desta data, o fã poderá comprar as entradas no site www.ticketsforfun.com.br.

Das 10 horas em diante, poderá adquirir os ingressos nas bilheterias oficiais (São Paulo no Citibank Hall e Rio de Janeiro no Metropolitan), únicos locais onde não há cobrança de taxa de conveniência, além dos diversos pontos de vendas espalhados pelo País.

Para o show no Allianz Parque, onde o público estimado pelos produtores é de 45.934 pessoas, os ingressos inteiros para a Pista Premium (Verde e Branca) custam R$ 680,00. Para a Pista Comum, saem por R$ 360,00. A Cadeira Inferior terá entradas ao preço de R$ 440,00 e a Cadeira Superior custará R$ 240,00.

Quanto ao show no Maracanã, não foi divulgada uma estimativa de público, mas os ingressos também já têm os preços definidos. Para a Pista Premium (Verde e Branca), as entradas inteiras custam R$ 680,00. Para a Pista Comum, saem por R$ 360,00.

A Cadeira Maracanã Mais terá o ingresso no valor de R$ 560,00 e a Cadeira Maracanã Mais Leste sairá por R$ 520,00. A Cadeira Inferior Leste e a Oeste têm ingressos a R$ 450,00. A Cadeira Superior Leste tem entradas no valor de R$ 380,00; a Cadeira Inferior Sul sairá por R$ 240,00; a Cadeira Superior 2 – Sul, por R$ 200,00; e a Cadeira Superior Nível 5, também por R$ 200,00.

De acordo com a Time For Fun, tanto para São Paulo como o Rio de Janeiro, as compras feitas até o dia 31 de dezembro de 2015 poderão ser parceladas em até 3 vezes.

A produtora destacou também que haverá uma pré-venda de fã clube por meio de link exclusivo e código de compra no site da Tickets for Fun. Ela acontecerá das 10 horas às 22 horas do dia 9 de dezembro. Será limitada a 4 ingressos por CPF e com taxa de conveniência.




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso blog em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 87 outros seguidores

maio 2017
D S T Q Q S S
« abr    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Categorias

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

Estatísticas

  • 521,564 hits
SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE