Archive for the '–> Livro' Category

27
dez
16

Em meio à perplexidade e à degradação, biografia do Alice in Chains revela doçura do sonho

"Alice in Chains - A história não revelada" - Reprodução da CapaPor Caio de Mello Martins*

A trajetória do Alice In Chains é indissociável da tragédia pessoal de Layne Staley. Nascida das cinzas de um projeto metal farofa iniciado por Staley com amigos de adolescência, aos poucos a banda foi se despindo dos grooves e da jovialidade de suas influências hard rock (Aerosmith, Guns, Van Halen) para se tornar naquilo que ouvimos claramente nos dois últimos álbuns gravados com Staley nos vocais (“Dirt” e “Alice In Chains”, o disco do cão perneta) — um poço de negatividade, lentamente se rastejando ao som das assombrosas melodias de Staley, do lamento de tempero sulista de Jerry Cantrell e das sempre punitivas e graves marcações de Sean Kinney.

A escalada de drogas, tensão interna e aversão ao estrelato reverberaria na produção criativa da banda. Também seria decisiva na gradual paralisação das atividades do Alice In Chains como banda.

Após terem alcançado por duas vezes o topo da Billboard com o EP “Jar Of Flies” e o álbum homônimo, o grupo aos poucos ganhava ares de dinossauros do rock. Gravaram o inevitável acústico para a MTV em 1996, enquanto pelos próximos seis anos o nome da banda só apareceria no noticiário por conta de coletâneas, ou pior ainda, por tabela, com esparsos projetos paralelos e rumores sobre o estado de saúde do vocalista. O fim parecia apenas questão de tempo.

O mesmo pode ser dito sobre a vida de Layne Staley. Um homem que escolheu a morte. É o que se pode dizer de alguém que consumiu heroína e crack continuamente por dez anos.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

Anúncios
05
mar
15

Jornalista do Roque Reverso lança biografia autorizada de Kid Vinil

"Kid Vinil – Um herói do Brasil (Biografia Autorizada)" - Reprodução da CapaMúsico, jornalista, radialista, executivo de gravadora, apresentador de TV e, acima de tudo, um amante do rock n’ roll, Kid Vinil virou o personagem central de uma biografia autorizada. Já em período de pré-venda e previsto para chegar às lojas entre o fim de março e o começo de abril, o livro “Kid Vinil – Um herói do Brasil” foi escrito pelo coeditor do Roque Reverso, o jornalista Ricardo Gozzi, em parceria com o músico Duca Belintani.

O livro tem 160 páginas e será lançado pela Edições Ideal. A biografia retrata a vida de Kid Vinil e explica o motivo de tanto respeito adquirido entre fãs, parceiros da música e boa parte da mídia especializada.

Para quem não sabe, Kid Vinil, cujo nome verdadeiro é Antonio Carlos Senefonte, começou a vida profissional na gravadora Continental e deu início à vida punk com a banda Verminose.

Tempos depois, passou para a gravadora Warner e estourou na cena musical com o grupo Magazine, dos hits históricos “Sou Boy” e “Tic-tic nervoso”.

Na TV, Kid teve passagens marcantes pela TV Cultura, onde apresentou os programas “Boca Livre” e “Som Pop”, este último uma verdadeira aula semanal de música nos Anos 80, com clipes e histórias de bandas nacionais e internacionais que ainda não tinham a MTV na época para a aparecer. Na sequência, na MTV, ele passou pelo grande programa “Lado B”, que trazia a cena alternativa do rock.

No rádio, Kid Vinil passou pelas emissoras Excelsior, Antena 1, 89FM, 97FM e Brasil 2000. Em todas elas, trouxe programas inovadores.

Nas diversas gravadoras que trabalhou, lançou no Brasil os catálogos de vários artistas, como Frank Zappa, Belle & Sebastian, Guided by Voices, Meat Puppets, Yo La Tengo e Cat Power, entre outros. Bandas nacionais, como o Ira! e o Ultraje a Rigor também foram reveladas nos programas apresentados pelo cara.

Ao Roque Reverso, Ricardo Gozzi disse que a ideia do livro foi de Duca Belintani. “Ele foi guitarrista do Kid durante um tempo e há alguns anos vinha tentando me convencer de que a história valia um livro”, disse o jornalista. “Falei pra ele marcar uma conversa com o Kid um dia.  O papo fluiu e a gente decidiu fazer”, acrescentou.

Perto de outras biografias, o processo de criação do livro foi até rápido. De acordo com Gozzi, foram dois meses de entrevistas e apuração e mais dois meses para escrever.

Para quem não sabe, não é a primeira vez que o editor do Roque Reverso elabora uma biografia sobre um representante do rock n’ roll. Em 2005, ele escreveu o livro “Velhas Virgens: 18 anos de Bar em Bar”.

A despeito de ter experiência em biografias, Gozzi disse que obstáculos não faltaram para a execução do livro. “A maior dificuldade foi justamente verificar as informações e versões das histórias, uma vez que sempre há divergências nos relatos de diferentes pessoas e na maior parte dos casos, ausência de registros sobre os fatos”, afirmou.

Com o livro pronto e prestes a chegar às lojas, Gozzi destacou que pretende fazer algo que tende a agradar os leitores deste veículo informativo aqui. “Meu próximo projeto é dedicar mais tempo ao Roque Reverso“, prometeu.

07
dez
14

PJ Harvey vai lançar livro de poesias em 2015

PJ Harvey - Foto: Wikipédia/Dave Mitchell A cantora britânica PJ Harvey anunciou no dia 1° de dezembro que irá editar seu primeiro livro de poesias. “The Hollow of the Hand” deverá ser lançado em outubro de 2015.

A respeitada compositora e multi-instrumentista não lança um álbum de inéditas desde o disco “Let England Shake”, de 2011.

O livro é uma colaboração entre PJ e o fotógrafo Seamus Murphy, que participou do projeto gráfico justamente de “Let England Shake”.

Além dos versos, a obra terá imagens tiradas nas viagens feitas pelos dois a locais do mundo, como Kosovo, Washington e Afeganistão, entre 2011 e 2014.

Em comunicado sobre o livro, PJ Harvey disse que queria “cheirar o ar, sentir o solo e conhecer” as pessoas dos países com os quais estava “fascinada”.

“Eu acumulava palavras e ele (Murphy) acumulava fotografias, seguindo os nossos instintos até onde eles nos levassem”, destacou a grande cantora britânica.

06
dez
13

Biografia de Bruce Dickinson é lançada no Brasil

LivroBruceDickinsonSe você é fã de Iron Maiden ou simplesmente gosta de personagens importantes do rock, foi lançado recentemente no Brasil o livro que traz a biografia de um dos nomes mais expressivos do heavy metal: o vocalista Bruce Dickinson. Escrita pelo jornalista britânico Joe Shooman em 2007, a obra ganhou só agora em 2013 uma versão brasileira e tem um nome bem extenso: “Bruce Dickinson: Os altos voos com o Iron Maiden e o voo solo de um dos maiores músicos do heavy metal”.

O livro conta com a tradução de Eliel Vieira e foi lançado no País pela Editora Gutenberg.

Respeitado não apenas por cantar na banda mais importante da história do heavy metal, Bruce Dickinson tem uma história interessante, já que se envolve em atividades peculiares, graças à sua personalidade singular.

O vocalista do Iron Maiden já integrou o time britânico de esgrima, apresentou por oito anos um programa de rádio na estação digital BBC 6Music, é autor best-seller de ficção, e já foi apresentador do Discovery Channel e do Sky One.

Além de tudo isso, fez vários voos como piloto da companhia aérea comercial Astraeus, incluindo uma missão de resgate de ingleses residentes em Beirute em 2006. Nas turnês recentes do Iron Maiden, o próprio Bruce pilotou o avião do Iron Maiden – um Boeing 757 customizado, batizado de Ed Force One, uma referência ao mascote que estampa praticamente todos os lançamentos da banda.

Atualmente, Bruce Dickinson roda o mundo também apresentando palestras sobre empreendedorismo e criatividade empresarial. Este livro mostra pela primeira vez sua história completa e traz entrevistas exclusivas com quem o conhece melhor: pessoas com as quais conviveu em sua juventude, companheiros de estrada e outros que o acompanham até os dias de hoje.

Se você quiser dar uma olhada numa amostra do livro, clique aqui.

04
set
12

Biografia de Nasi traz versão do músico sobre o fim do Ira!

Um dos lançamentos mais aguardados do ano, a biografia de Nasi, chega às livrarias em setembro. “A Ira de Nasi” é um livro de 320 páginas que traz as histórias do ex-vocalista da saudosa banda Ira!, que encerrou as atividades em 2007. Além das diversas curiosidades sobre a cena roqueira paulistana dos anos 80, um dos detalhes mais esperados pelos fãs é saber a versão do polêmico músico sobre o fim do grupo, que sempre será um dos maiores da história do rock do  Brasil.

O livro da editora Belas Letras foi escrito pelos jornalistas Mauro Beting e Alexandre Petillo. Beting é bastante conhecido pelos fãs do futebol e lançou recentemente a biografia que é sucesso de vendas sobre Marcos, ídolo e ex-goleiro do Palmeiras. Petillo chegou a trabalhar numa biografia do Ira! que jamais foi lançada, justamente por causa do fim da banda, mas teve muita coisa aproveitada em “A Ira de Nasi”.

“Nasi não nasceu para ser santo, nasceu para ser a voz de um pecado capital. Nas travessias ao céu e nas travessuras abaixo do inferno das drogas químicas e das porcarias das pessoas físicas e jurídicas que experimentou, o ex-vocalista do Ira! se tornou homem com todas as letras.”

O trecho acima faz parte da apresentação do livro no site da editora e sinaliza que nada será ocultado sobre a carreira do músico. Alguns dos destaques, além dos detalhes sobre o fim da banda, são desde o envolvimento do músico com um lado bem pesado das drogas até um romance que ele teve com uma então namorada do guitarrista do Ira!, Edgard Scandurra, em um fato que quase acabou com o grupo já em 1995.

O lançamento oficial da biografia de Nasi será realizado no dia 10 de setembro, na Livraria Saraiva do Shopping Morumbi, em São Paulo. A noite de autógrafos, marcada para começar às 19 horas, contará com Beting, Petillo e, claro, o ex-vocalista do Ira!

Quanto a uma possível volta do grupo (desejada por todos os amantes do bom e velho rock n’ roll), boas notícias recentes foram divulgadas em junho, já que Nasi e seu irmão Airton Valadão Júnior, seu ex-empresário, fizeram uma reconciliação depois de 5 anos de brigas públicas e processos judiciais.

Nasi deixou o grupo justamente depois da briga com Júnior, mas agora os irmãos se comprometeram a encerrar os processos que moviam um contra o outro. Júnior, por sinal, mantinha sob seu domínio a marca Ira!, que passará agora de volta a Nasi.

Em entrevistas recentes, Nasi disse que, para que o Ira! voltasse, seria necessário existir uma conversa muito séria entre ele e o guitarrista Edgard Scandurra. Bastante chateado com algumas declarações do vocalista, Scandurra não dá sinais de que isso acontecerá tão cedo. Mas não custa nada a gente torcer!

27
mar
12

Livro com biografia do Metallica é lançado no Brasil

A Editora Globo lançou no Brasil o livro “Metallica – A Biografia”. Escrito pelo jornalista Mick Wall, que acompanha a banda norte-americana desde seu início, o livro promete trazer todas as fases do grupo que é considerado atualmente o maior do heavy metal de todos os tempos.

Do nascimento do thrash metal ao sucesso absoluto que rompeu as barreira do gênero – passando pela dolorosa perda do falecido baixista Cliff Burton, além da disputa do Napster, problemas com drogas e álcool, a gravação de discos menos pesados que desagradaram vários fãs e o renascimento com o disco “Death Magnetic” – a públicação tenta passar um pente fino na carreira do Metallica.

Britânico, Mick Wall é jornalista especializado em música. Ex-editor da revista Classic Rock, também colaborou para a Mojo, The Times e outras publicações ao redor do mundo. Apresentou programas na Sky TV, Radio 1 e Capital Radio, e apareceu em documentários sobre música na BBC.

Em mais de 30 anos de carreira, entrevistou as principais bandas e artistas do rock internacional. É autor, por exemplo, de “Led Zeppelin: Quando os Gigantes Caminhavam sobre a Terra”.

O livro tem 472 páginas e o preço sugerido é de R$ 49,00. Nas empresas que vendem produtos pela internet, é possível, no entanto, comprar a publicação por um preço menor.

23
jun
10

Ozzy volta com tudo à mídia, com livro de biografia e novo álbum

Ozzy Osbourne dispensa apresentações. O que não falta ao ex-vocalista do Black Sabbath é um punhado de histórias para contar, tanto do lado cômico como do lado trágico. Desde o início de junho, o roqueiro voltou ao centro das atenções da mídia nacional e internacional por conta de dois lançamentos específicos: no Brasil, finalmente foi lançado em português o livro “Eu Sou Ozzy”, que traz a biografia do sujeito; em todo o globo, foi lançado seu mais novo álbum solo, com o título de “Scream”.

O livro, que havia sido publicado lá fora no final de 2009, traz tudo aquilo que os fãs brasileiros do Sabbath e de Ozzy querem saber sobre as mais loucas histórias do Mr. Madman, que retratam o passado dele numa das bandas com som mais pesado da história, os excessos com as drogas, a trágica morte de seu guitarrista da carreira solo e grande amigo, Randy Rhoads, sem contar seus episódios históricos em cima do palco e fora dele.

“Eu Sou Ozzy” chega às prateleiras brasileiras com tradução de Marcelo Barbão, pela editora ARX e tem 416 páginas. O roqueiro negocia a adaptação da história para o cinema e deixou claro que gostaria de contar com o ator Johnny Depp como protagonista.

Quanto ao disco, “Scream”, quem ouviu gostou, apesar do trabalho ser o primeiro de Ozzy depois das saídas do guitarrista Zakk Wylde e do baterista Mike Bordin da banda de apoio.

Fato interessante do domingo passado foi a Ilustrada, do jornal Folha de S.Paulo, destinar uma página inteira a Ozzy, coisa não muito comum atualmente, já que o caderno tem privilegiado há algum tempo os sons mais modernetes do rock. Este blogueiro leu com grande admiração as análises de dois caras que marcaram época no jornalismo musical nas décadas de 80 e 90: Thales de Menezes e André Barcinski. Que eles continuem falando sobre as coisas boas do rock e façam a Ilustrada voltar à qualidade que tinha nas décadas de 80 e 90.

Voltando ao álbum do Ozzy, o Roque Reverso descolou a lista de faixas do novo trabalho. Confira: 

  1. “Let It Die”
  2. “Let Me Hear You Scream”
  3. “Soul Sucker”
  4. “Life Won’t Wait”
  5. “Diggin’ Me Down”
  6. “Crucify”
  7. “Fearless”
  8. “Time”
  9. “I Want It More”
  10. “Latimer’s Mercy”
  11. “I Love You All”

 As faixas podem ser ouvidas no Myspace, neste link.




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Anthrax em São Paulo em novembro de 2017
#roquereverso  #tombrasil  #anthrax #scottian Accept em São Paulo em novembro de 2017
#roquereverso  #tombrasil  #accept Accept em São Paulo em novembro de 2017
#roquereverso  #tombrasil  #accept Accept em São Paulo em novembro de 2017
#roquereverso  #tombrasil  #accept Accept em São Paulo em novembro de 2017
#roquereverso  #tombrasil  #accept Anthrax em São Paulo em novembro de 2017
#roquereverso  #tombrasil  #anthrax #charbenante

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso blog em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 89 outros seguidores

novembro 2017
D S T Q Q S S
« out    
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Categorias

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE