Archive for the 'Neil Young' Category

26
nov
17

Neil Young libera audição na íntegra de álbum novo que chega aos fãs em dezembro

Neil Young - Reprodução da capa do disco "The Visitor"Neil Young vai lançar oficialmente novo álbum no dia 1º de dezembro, mas já presenteou os fãs com a liberação da audição na íntegra do disco. “The Visitor”, cuja capa pode ser conferida ao lado, pode ser ouvido desde o dia 23 de novembro em link do site da rádio norte-americana NPR.

No disco, Neil Young é acompanhado pela banda Promise of the Real.

“The Visitor” é nada menos que o 39º disco de estúdio do lendário cantor canadense.

Em 2017, Neil Young já havia lançado outro disco, “Hitchhiker”, que tem gravações de 1976 e que traz versões acústicas de canções do músico.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

13
jul
15

Rock and roll can never die! Feliz Dia Mundial do Rock!!!

Led Zeppelin em apresentação nos Anos 70 - Foto: DivulgaçãoChega até ser piegas o oportunismo de alguns veículos que nunca dão a importância merecida ao estilo musical no Dia Mundial do Rock. Quando menos se espera, é possível ver emissoras de TV ou sites com a “maior atitude”, contrastando com o que é visto no restante do ano, quando o gênero perde espaço para os funks, pagodes e axés da vida. Para nós do Roque Reverso, o rock n’ roll, é a razão de existir e, por isso, a lembrança da data é simplesmente uma obrigação.

Como sempre lembramos, respiramos o rock nos 365 dias de cada ano e sempre lutamos para que ele tenha seu merecido espaço respeitado via notícias de última hora, curiosidades, resenhas de shows e visibilidade para novas bandas brasileiras que procuram um lugar ao sol.

Em todo dia 13 de julho, também gostamos de fazer um balanço do estilo, que há alguns anos vem passando por crises criativas internacionalmente e, principalmente, no Brasil, onde os grandes nomes continuam sendo os mesmos de 30 anos atrás.

Por meio da nossa seção Drops Rock Brazuca, continuamos dando espaço a novas bandas ou a grupos que não costumam ter muita visibilidade nos grandes veículos. E é por lá que notamos que ainda há esperança do surgimento de um grande nome para dar visibilidade ao rock.

Quanto ao balanço do rock ao vivo em 2015, já tivemos importantes shows pelo Brasil e festivais que já deixaram saudades. Entre os shows, o que dizer, por exemplo, da histórica apresentação do Ministry em São Paulo, assim como a passagem do Foo Fighters pelo Brasil e, mais recentemente, o grande show que o Sepultura fez na capital paulista para comemorar os 30 anos de carreira.

Entre os festivais, o Lollapalooza 2015 ficou menos rock e mais dance, mas ainda foi possível achar coisas boas do estilo que adoramos, como as apresentações de Robert Plant e do Smashing Pumpkins.

No Monsters of Rock de 2015, o público do heavy metal mostrou, pela enésima vez, que é o mais fiel quando presenciou dinossauros da vertente mais pesada do rock, como Ozzy Osbourne, KISS, Judas Priest e Accept, só para citar os que mais chamaram atenção no festival que aconteceu em São Paulo.

Agora para o segundo semestre, o Rock in Rio deve escrever mais uma vez um capítulo na história de 30 anos de sucesso que se completam em 2015. É tão certo como é tão tradicional que não haverá somente rock no evento da capital fluminense, mas também é bem totalmente possível (e esperado) que alguns dos grandes nomes presentes no festival, como o Metallica, o Faith No More, o Slipknot, Rod Stewart, o Queens of The Stone Age e o System of a Down, venham com apresentações que serão lembradas daqui a vários anos.

Mesmo com seu atual estado de pouco prestígio no mainstream, o rock n’ roll ainda tem garantida a manutenção de um espaço justamente pela resistência de fãs que continuam consumindo música, via internet, volta do vinil ou pelo comparecimento aos caros shows que acontecem no País. E, nós, do Roque Reverso, sempre estaremos contando esta história para nossos queridos leitores.

Se alguém ainda não sabe, apesar de ter sido criado nos anos 50, o rock ganhou pra valer uma data de comemoração apenas em 1985, ano do primeiro Live Aid, concerto beneficente em prol das vítimas da fome na Etiópia realizado exatamente no dia 13 de julho daquele ano em Londres e na Filadélfia. O evento foi organizado pelo músico Bob Geldof (cantor da banda irlandesa Boomtown Rats) e teve a participação de vários astros de rock.

Para celebrar mais um Dia Mundial do Rock, o Roque Reverso descolou alguns shows que marcaram o Rock in Rio em 30 anos de história. Para começar, fique com o show do Whitesnake na primeira edição, de 1985. Depois, veja o do Faith No More, na segunda, de 1991. Na sequência, assista ao grande show de Neil Young com o Crazy Horses, de 2001; o show do Metallica em 2011 e a apresentação de Bruce Springsteen em 2013.

Rock and roll can never die! Feliz Dia Mundial do Rock!!

27
abr
14

Neil Young lança clipe de música de álbum previsto para maio

Neil Young lançou recentemente o clipe da música “Needle of Death”, que estará presente no novo álbum do músico, “A Letter Home”, previsto para o dia 27 de maio. O vídeo foi gravado na cabine analógica do estúdio de Jack White (ex-White Stripes), que participa do disco.

“A Letter Home” sucederá o álbum “Psychedelic Pill”, de 2012. O novo trabalho traz somente releituras de músicas que o canadense escolheu.

Entre as canções previstas, estão, por exemplo, “Girl From The North Country”, de Bob Dylan, “Crazy”, de Willie Nelson, e “My Hometown”, de Bruce Springsteen.

“Needle of Death” originalmente foi gravada em 1965 por Bert Jansch e serviu de inspiração para a carreira de Neil Young.

Veja abaixo o clipe da música:

30
maio
12

Veja vídeo de música que estará no novo disco de Neil Young

Quem acompanha o Roque Reverso já está sabendo que o novo disco do grande Neil Young vai ser lançado oficialmente no dia 5 de junho. Conforme adiantamos no dia 20 de março, o nome do álbum é “Americana” e terá o clássico grupo Crazy Horse novamente completo ao lado do músico, coisa que não acontecia desde o disco “Broken Arrow”, de 1996. Enquanto “Americana” não sai, já está disponível no YouTube e nas emissoras de TV que cobrem música o vídeo da canção “Oh Susannah”, a primeira do novo trabalho.

Se você que ainda não ouviu clicar no vídeo abaixo, corre o risco de ficar com o backing vocal de “Oh Susannah” por alguns dias na cabeça. Sim, a música é aquela tradicional que já conhecemos e aprendemos na infância, mas numa roupagem diferente e bem legal.

Vale lembrar que o novo trabalho de Neil Young traz versões para clássicos do cancioneiro folk norte-americano. Além de “Oh Susannah” , há, por exemplo, “This Land Is Your Land”, “Gallows Pole”, “Tom Dooley” e “Clementine”.

O disco foi gravado no estúdio Audio Casa Blanca e produzido por Neil Young, John Hanlon e Mark Humphreys. O Crazy Horse vem com Billy Talbot (baixo e vocais), Ralph Molina (bateria e vocais) e Frank “Poncho” Sampedro (guitarra e vocais).

Veja o clipe de “Oh Susannah”:  

20
mar
12

Novo álbum de Neil Young com Crazy Horse sairá em junho; veja a capa e a lista de faixas

Neil Young confirmou que seu mais novo disco será lançado no dia 5 de junho. O material novo naturalmente já mereceria destaque por se tratar de um álbum de um ícone do rock, mas ganha ainda mais em importância por trazer junto com Young nada menos que o seu clássico grupo Crazy Horse. “Americana” é o primeiro disco de estúdio que a banda faz junto com o cantor canadense desde “Greendale”, de 2003, e o primeiro trabalho com o grupo Crazy Horse completo desde “Broken Arrow”, de 1996. Ou seja, com Billy Talbot (baixo e vocais), Ralph Molina (bateria e vocais) e Frank “Poncho” Sampedro (guitarra e vocais).

O novo trabalho traz versões para clássicos do cancioneiro folk norte-americano, como “This Land Is Your Land”, “Gallows Pole”, “Tom Dooley”, “Clementine” e “Oh Susannah”. O disco foi gravado no estúdio Audio Casa Blanca e produzido por Neil Young, John Hanlon e Mark Humphreys.

Recentemente, Neil Young disse à imprensa internacional que as músicas do álbum, embora possam representar os Estados Unidos que, talvez, não existam mais, trazem emoções e cenários por trás delas que ainda refletem o que está acontecendo no país hoje com impacto igual ou até maior cerca de 200 anos depois.

Neil Young & Crazy Horse fizeram sua primeira aparição ao vivo desde 2004 no mês passado, no evento “MusicCares” em tributo a Paul McCartney, em Los Angeles. Juntos, eles tocaram “I Saw Her Standing There”, que, para muitos, foi o melhor momento do evento.

A união do cantor e o Crazy Horses, por enquanto, não traz promessa de turnês. Infelizmente, pois, para quem não se lembra, Young ficou de voltar ao próximo festival SWU, desta vez cantando. Quem não se lembra da apresentação sensacional que eles fizeram no Rock in Rio de 2001?

Não custa nada sonhar com o cantor e o grupo aqui no Brasil em 2012. Para relembrar um grande momento de Neil Young & Crazy Horse no Rock in Rio, descolamos um vídeo de “Hey Hey, My My (Into the Black)”. Fique também abaixo com a lista de faixas do novo álbum.

1 – Oh Susannah
2 – Clementine
3 – Tom Dooley
4 – Gallows Pole
5 – Get a Job
6 – Travel On
7 – High Flyin’ Bird
8 – She’ll Be Comin ’Round the Mountain
9 – This Land Is Your Land
10 – Wayfarin’ Stranger
11 – God Save the Queen

19
fev
11

Arcade Fire é destaque no Grammy; Iron Maiden ganha seu primeiro prêmio

A premiação do Grammy deste ano aconteceu lá no dia 14. Este blogueiro está em merecidas férias e viajou para a belíssima Natal, no Rio Grande do Norte, onde as belezas naturais obrigam qualquer mortal a deixar um pouco de lado o mundo virtual. O blog ficou um pouco parado durante alguns dias, mas não poderíamos de deixar de escrever sobre o feito do Arcade Fire, banda de indie rock do Canadá, que venceu o prêmio de álbum do ano, com “The Suburbs”, deixando nomes badalados do pop, como Eminem, Lady Gaga e Kate Perry, comendo poeira.

Desde que o Jethro Tull venceu o Metallica na década de 80 na categoria de Melhor Performance de Metal (???), o prêmio caiu bastante no conceito dos roqueiros. Sem contar algumas marmeladas clássicas que já estamos cansados de ver por parte da indústria fonográfica.

Quer mais uma aberração? Basta dizer que o Iron Maiden ganhou seu primeiro Grammy apenas neste ano (?!?!!?!?) exatamente como Melhor Performance de Metal. Nada menos que uma das maiores bandas da história, do rock e do metal, nunca havia ganho nada! O prêmio foi pela execução da música El Dorado, do recente álbum “Final Frontier” e a banda bateu nada menos que o Slayer e o Megadeth na disputa.

Na categoria, Melhor Álbum de Rock, a banda Muse, que abrirá os shows do U2 em São Paulo, venceu com o disco “The Resistance”, deixando para trás o Pearl Jam, Neil Young, Tom Petty e Jeff Beck, que ganhou, entretanto, o prêmio de Melhor Performance Instrumental de Rock. Neil Young venceu o prêmio de Melho Canção de Rock.

Não podemos esquecer também da conquista de sir Paul McCartney. Ele levou o prêmio de Melhor Performance Vocal de Rock Solo, com a música “Helter Skelter”, no trabalho “Good Evening New York City”.

Veja a relação dos premiados ligados ao rock:

Álbum do ano
“The Suburbs” – Arcade Fire
“Recovery” – Eminem
“Need You Now” – Lady Antebellum
“The Fame Monster” – Lady Gaga
“Teenage Dream” – Katy Perry
 

Melhor disco rock
“Emotion and Commotion” – Jeff Beck
“The Resistance” – Muse
“Backspacer” – Pearl Jam
“Mojo” – Tom Petty and the Heartbreakers
“Le Noise” – Neil Young

Melhor Performance de Metal
El Dorado” – Iron Maiden
“Let The Guilt Go” – Korn
“In Your Words” – Lamb Of God
“Sudden Death” – Megadeth
“World Painted Blood” – Slayer
 
Melhor Performance Vocal de Rock Solo
“Helter Skelter” – Paul McCartney
“Run Back To Your Side” – Eric Clapton
“Crossroads” – John Mayer
“Silver Rider” – Robert Plant
“Angry World” – Neil Young
 
Melhor Performance de Hard Rock
“New Fang” – Them Crooked Vultures
“A Looking In View” – Alice In Chains
“Let Me Hear You Scream” – Ozzy Osbourne
“Black Rain” – Soundgarden
“Between The Lines” – Stone Temple Pilots
 
Melhor Performance Instrumental de Rock
Hammerhead” – Jeff Beck
“Black Mud” – The Black Keys
“Do The Murray” – Los Lobos
“Kundalini Bonfire” – Dave Matthews & Tim Reynolds
“The Deathless Horsie” – Dweezil Zappa
 
Melhor Canção de Rock
“Angry World” – Neil Young
“Little Lion Man” – Mumford & Sons
“Radioactive” – Kings Of Leon
“Resistance” – Muse
“Tighten Up” – The Black Keys



Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Houve um erro ao recuperar imagens do Instagram. Uma tentativa será refeita em poucos minutos.

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 99 outros seguidores

novembro 2018
D S T Q Q S S
« out    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias