Archive for the 'Korn' Category

09
abr
17

Filho de 12 anos do baixista do Metallica substituirá membro do Korn em turnê sul-americana

Tye Trujillo - Foto: Chloe TrujilloO Korn divulgou comunicado aos fãs com a informação de que o baixista Reginald “Fieldy” Arvizu, por causa de “circunstâncias imprevistas”, não poderá acompanhar o grupo na turnê sul-americana que será realizada neste mês de abril. Para o lugar de “Fieldy”, a banda norte-americana anunciou ninguém menos que Tye Trujillo, garoto de 12 anos que é filho de Robert Trujillo, baixista do Metallica.

Para muitos, a notícia poderia ser recebida como uma brincadeira, mas, para quem já viu o menino tocar, é bom preparar o queixo para ele não cair rápido demais. Praticamente uma miniatura do pai, Tye Trujillo é daqueles meninos-prodígio que parecem ter todo um futuro muito claro de sucesso.

O garoto já toca numa banda de meninos, a The Helmets. Em vídeos facilmente encontrados no YouTube, dá para conferir que a molecada enche de esperança que gosta do bom e velho rock n’ roll, em um momento no qual o estilo vem passando por uma período crítico de renovação e com poucas bandas novas capazes de criar algo marcante.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

26
out
16

Com disco recém-lançado, Korn anuncia volta ao Brasil para shows em abril de 2017

Reprodução da capa do disco "The Serenity Of Suffering", do KornO Korn lançou recentemente novo álbum e, nesta quarta-feira, 26 de outubro, confirmou que voltará ao Brasil em abril de 2017. Segundo a produtora Mercury Concerts, a banda norte-americana tocará em três cidades do País: São Paulo, Curitiba e Porto Alegre.

Na capital paulista, o grupo se apresentará no Espaço das Américas, no dia 19 de abril. Na capital paranaense, fará show no Live Curitiba, no dia 21 de abril. Na capital gaúcha, tocará no Pepsi on Stage, no dia 23 de abril.

A turnê faz parte da divulgação do álbum “The Serenity of Suffering”, cuja capa pode ser vista ao lado. É o décimo segundo álbum de estúdio do Korn.

O disco foi produzido por Nick Raskulinecz e lançado no dia 21 de outubro.

O trabalho conta com a participação especial de Corey Taylor (Slipknot) e marca o retorno do Korn à gravadora Roadrunner Records.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

18
set
15

Tudo pronto para o Rock in Rio 2015! Veja os horários e os detalhes do festival

Metallica no Rock in Rio de 2013 - Foto: Divulgação RiRTudo pronto para o Rock in Rio 2015! A edição que comemorará os 30 anos do festival que começou em 1985 na capital fluminense tem início nesta sexta-feira, dia 18 de setembro, e promete fazer a alegria dos amantes da música. A despeito das tradicionais atrações pops que sempre geram reclamações dos fãs de rock, o estilo que dá nome ao evento estará bem representado, com destaque para as três noites de som pesado que terá como headliners os Metallica, o System of a Down e o Slipknot.

O Rock in Rio será realizado nos dias 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27. Além das três noites recheadas com as mais diversas vertentes do heavy metal, outros nomes de peso da música estarão presentes, como o headliner Rod Stewart, o lendário Elton John, o arrasa quarteirão A-ha, o sempre maluco Faith No More, o competente Queens of The Stone Age e o veterano Mötley Crüe, que está em turnê de despedida.

Do mesmo modo que as edições mais recentes, de 2011 e de 2013, o festival de 2015 terá as atrações mais importantes do Palco Mundo. No Palco Sunset, que costuma trazer encontros, alguns deles inusitados, alguns dos destaques são o Ministry, o Korn, o Deftones e o guitarrista Steve Vai.

Em 2011, os pontos altos do festival foram as apresentações no Palco Mundo do Metallica, do Slipknot, do System of a Down e do Coldplay. A edição de 2013 também teve momentos muito bons, como o show novamente do Metallica, além de Bruce Springsteen, Iron Maiden e Muse.

Os ingressos para o Rock in Rio 2015 se esgotaram no dia 23 de abril. Houve uma venda extra de entradas em agosto, mas tudo terminou rapidamente.

Importante informar que houve uma alteração no line-up do Palco Mundo no dia 27. A cantora sueca Robyn cancelou os shows que faria no festival. O duo de música eletrônica AlunaGeorge vai substituir a cantora no dia que terá Katy Perry como headliner.

Entre as novidades desta edição, estão uma capela, montada na já tradicional Rock Street, onde será celebrado um casamento por dia. Os brinquedos também são atrações à parte. Segundo os organizadores, a montanha-russa está maior e mais radical, a tirolesa agora tem capacidade para três pessoas saltarem por vez e há o X-treme, um pêndulo que gira, muito rápido, em todas as direções.

Ao todo, serão 91 horas de festa durante os sete dias de festival. A Cidade do Rock funcionará das 14 horas às 3 horas e o público, de 85 mil pessoas, verá um total de 150 atrações musicais.

Só para o leitor ter uma ideia da estrutura, o Palco Mundo, por exemplo, terá 25 metros de altura por 86 metros de frente, sendo 24 metros de boca de cena. Três telões compõem a cenografia, tendo o de fundo 20 X 16 metros e os laterais 8.32  X 4.32 metros.

Transporte

O público do Rock in Rio contará em 2015 com um esquema inédito de transportes para chegar ao festival, preparado pela Rio Ônibus em parceria com a Secretaria de Transportes da Cidade do Rio de Janeiro. Pela primeira vez, a única forma de chegar à Cidade do Rock, em transporte público regular, será de BRT.

Na ida, o passageiro deverá embarcar no Terminal Alvorada, onde receberá uma pulseira que permitirá o embarque direto na volta para casa, tornando a entrada mais ágil e prática. A distribuição das pulseiras será feita após a passagem pela catraca especial montada no próprio terminal, próximo ao estacionamento da Cidade das Artes.

Para dar maior comodidade aos passageiros, haverá uma estação temporária do BRT próxima à Cidade do Rock, na Avenida Embaixador Abelardo Bueno. Na volta, o embarque nesta estação será permitido apenas ao usuário que tiver a pulseira.

O valor do bilhete do BRT (ida e volta) é de R$ 6,80 (+ R$ 1,00 para quem não tiver o cartão RioCard). O passageiro pode ter este R$ 1,00 restituído, desde eu devolva o cartão após o uso.

Uma outra alternativa são as Linhas Primeira Classe, com ônibus executivos, com ar condicionado, que saem de 16 pontos pré-estabelecidos, com horários previamente definidos, sem paradas ao longo do trajeto e ponto final no Terminal Riocentro. O valor da tarifa é de R$ 70,00 e dá direito à ida e à volta. Os pontos de venda para a aquisição do cartão Primeira Classe são o Botafogo Praia Shopping (2º piso) e Shopping Nova América (1º piso).

A Prefeiturado Rio de Janeiro, por meio da CET-Rio, ressalta que não há estacionamento para veículos nas redondezas da Cidade do Rock. As avenidas de acesso ao local do evento estarão bloqueadas ao tráfego de carros, táxis e vans. Apenas ônibus, que terão a frota reforçada, poderão acessar o local. Será realizada uma fiscalização rigorosa para coibir a parada em locais proibidos.

Cobertura e transmissão

Quem não conseguir presenciar o evento ao vivo terá a TV e a internet para acompanhar o festival. A Rede Globo deve transmitir ao vivo a apresentação da atração principal de cada dia e passar reprises dos outros shows durante a madrugada. Se tiver o bom senso, não desprezará os bons shows que acontecerão na capital fluminense.

O canal pago Multishow, como sempre vem fazendo em vários festivais, vai realizar uma cobertura mais completa e totalmente ao vivo. Começará as transmissões do Rock in Rio logo no meio da tarde (por volta de 15 horas) e só terminará quando o último show chegar ao fim.

Pela internet, há sempre a possibilidade de acompanhar os shows no site da emissora. Mas é importante destacar que somente as apresentações do Palco Sunset vão passar neste site. O site Gshow também transmitirá, mas os shows do Palco Mundo.

Aqui no Roque Reverso, o Rock in Rio não passará batido. Do mesmo jeito que em 2011 e em 2013, tentaremos captar o melhor do festival. Estaremos presentes na Cidade do Rock pelo menos no dia 19, quando o Metallica será o headliner, mas não deixaremos de acompanhar de todas as formas os outros dias do evento.

O leitor do Roque Reverso poderá acompanhar detalhes do festival também no nosso Twitter e no nosso canal do Facebook. Set list, atrasos e novidades importantes poderão ser vistas com maior rapidez nesses locais.

Confira os horários divulgados para o Palco Mundo e para o Palco Sunset:

18 de setembro
Palco Mundo
Meia-noite: Queen + Adam Lambert
22h30: OneRepublic
21 horas: The Script
19 horas: Rock in Rio 30 Anos
Palco Sunset
20 horas: Homenagem a Cássia Eller
18 horas: Lenine + Projeto Carbono
16h30: Ira! + Rappin Hood e Toni Tornado
15 horas: Dônica e Arthur Verocai

19 de setembro
Palco Mundo

Meia-noite: Metallica
22h30: Mötley Crüe
21 horas: Royal Blood
19 horas: Gojira
Palco Sunset
20 horas: Korn
18 horas: Ministry com Burton C. Bell (Fear Factory)
16 horas: Angra com Dee Snider (Twisted Sister) e Doro Pesch
15h15: Noturnall com Michael Kiske

20 de setembro
Palco Mundo
Meia-noite: Rod Stewart
22h30: Elton John
21 horas: Seal
19 horas: Paralamas do Sucesso
Palco Sunset
20 horas: John Legend
18 horas: Magic!
16h30: Baby do Brasil e Pepeu Gomes
15h15: Alice Caymmi com Eumir Deodato

24 de setembro
Palco Mundo
Meia-noite: System of a Down
22h30: Queens of the Stone Age
21 horas: Hollywood Vampires
19 horas: CPM 22
Palco Sunset
20 horas: Deftones
18 horas: Lamb of God
16h30: Halestorm
15h15: Project 46 com John Wayne

25 de setembro
Palco Mundo
Meia-noite: Slipknot
22h30: Faith no More
21 horas: Mastodon
19 horas: De La Tierra
Palco Sunset
20 horas Steve Vai com Camerata Florianópolis
18 horas: Nightwish com Tony Kakko
16h30: Moonspell com Derrick Green (Sepultura)
15h15: Clássicos do Terror (com André Abujamra, André Moraes, Constantine Maroullis e The Heavy Metal Allstars)

26 de setembro
Palco Mundo
Meia-noite: Rihanna
22h30: Sam Smith
21 horas: Sheppard
19 horas: Lulu Santos
Palco Sunset
20 horas: Sérgio Mendes com Carlinhos Brown
18 horas: Angelique Kidjo com Richard Bona
16h30 Erasmo Carlos com Ultraje a Rigor
15h15: Brothers of Brazil

27 de setembro
Palco Mundo
Meia-noite: Katy Perry
22h30: A-ha
21 horas: AlunaGeorge
19 horas: Cidade Negra
Palco Sunset
20 horas: Show 450 Anos
18 horas: Al Jarreau com Marcos Valle
16h30: Aurea com Boss AC
15h15: Suricato com Raul Midon

07
ago
15

Rock in Rio anuncia lote extra de ingressos

Ingressos do Rock in Rio - Foto: ReproduçãoSurgiu uma esperança para quem deseja ir ao Rock in Rio, mas não havia conseguido ingresso. A organização do festival colocará um lote extra de entradas para venda na terça-feira, dia 11 de agosto, a partir das 10 horas da manhã.

A comercialização será feita somente pela internet pelo site rockinrio.ingresso.com. Serão aceitas compras de até quatro ingressos por dia e o pagamento é apenas por cartão de crédito.

Este lote foi possível porque interessados que fizeram a compra por boleto bancário não efetuaram o pagamento. O valor das entradas é de R$ 350,00, com a possibilidade da meia-entrada.

O Rock in Rio de 2015 comemorará os 30 anos da primeira edição do festival no Brasil. Será realizado em setembro, nos dias 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27.

No dia 18, quem fecha a noite será o Queen, com Adam Lambert nos vocais. Tocarão ainda o OneRepublic, The Script e uma infinidade de atrações nacionais que vão se revezar no Palco Mundo, num momento que fará um revival dos 30 anos.

No dia 19, é a vez do Metallica ser o headliner de uma das noites do rock pesado pela terceira edição consecutiva. Desta vez, a banda norte-americana terá a companhia do Mötley Crüe, do Royal Blood e do Gojira no palco principal.

No dia 20, Rod Stewart tocará com Elton John, Seal e Paralamas do Sucesso.

No dia 24, o rock pesado volta. O System of a Down vem como atração principal e terá a companhia do Queens of The Stone Age e do Holywood Vampires, banda formada por ninguém menos que Alice Cooper, Johnny Depp e Joe Perry (Aerosmith). O grupo brasileiro CPM 22 tende a ser a banda deslocada da vez, já que não tem nada a ver com os demais.

No dia 25 de setembro, o peso continua, já que tocarão o De La Tierra, o Mastodon, o Faith No More e o headliner Slipknot.

No dia 26, a cantora pop Rihanna será a atração principal e terá a companhia de Sam Smith, Sheppard e o cantor brasileiro Lulu Santos. No dia 27, é a vez de Kate Perry ser a headliner, depois das apresentações do grupo norueguês A-ha, da banda brasileira Cidade Negra e da cantora pop sueca Robyn.

Além das atrações do Palco Mundo, há uma série de nomes já confirmados para o Palco Sunset, aquele que traz uniões inusitadas e marcantes. Ali, alguns dos destaques são o Ministry, o Korn, o Deftones e o guitarrista Steve Vai.

Os horários das atrações já foram definidos. Podem ser conferidos aqui.

Os ingressos no período de venda principal para o Rock in Rio se esgotaram no dia 23 de abril. Há, no entanto, promoções que estão sendo feitas pelos parceiros do festival.

Importante destacar que, desde o dia 1º de julho, estão à venda as passagens de Transporte Primeira Classe Rock in Rio. Com esse sistema, o público conta com paradas especiais, bilhetes vendidos para dias, horários e pontos de embarque específicos e ônibus de turismo. O Transporte Primeira Classe Rock in Rio será vendido apenas de forma antecipada no site eventos.riocard.com/rockinrio. O valor é de R$ 70,00.

28
jul
15

Rock in Rio divulga horários das bandas na edição de 2015

Rock in Rio - Reprodução do LogoA organização do Rock in Rio divulgou no fim da noite de segunda-feira, dia 27 de julho, os horários das atrações que tocarão no festival em setembro na capital fluminense. As informações não saíram no site oficial do evento, mas vieram em primeira mão para quem tinha o aplicativo para smartphone do festival.

Tal qual a edição de 2013, o festival de 2015 terá as atrações mais importantes do Palco Principal tocando durante o início da madrugada do dia seguinte. Se, em 2013, o horário programado era o da 0h05, em 2015, os headliners subiram ao palco exatamente à meia-noite.

O Rock in Rio de 2015 comemorará os 30 anos da primeira edição do festival no Brasil. Será realizado em setembro, nos dias 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27.

Os headliners já conhecidos, pela ordem, são  Queen, com Adam Lambert nos vocais; MetallicaRod StewartSystem of a DownSlipknot; Rihanna; e Kate Perry.

Além dos headliners, o Palco Mundo receberá atrações do rock do quilate do Faith No More, Queens of The Stone Age, o Mötley Crüe e o Mastodon. Elton John, Seal e o grupo A-ha também são nomes badalados.

No Palco Sunset, que costuma trazer encontros, alguns deles inusitados, alguns dos destaques são o Ministry, o Korn, o Deftones e o guitarrista Steve Vai.

Os ingressos para o Rock in Rio se esgotaram no dia 23 de abril. Há, no entanto, promoções que estão sendo feitas pelos parceiros do festival.

Importante destacar que, desde o dia 1º de julho, estão à venda as passagens de Transporte Primeira Classe Rock in Rio. Com esse sistema, o público conta com paradas especiais, bilhetes vendidos para dias, horários e pontos de embarque específicos e ônibus de turismo. O Transporte Primeira Classe Rock in Rio será vendido apenas de forma antecipada no site eventos.riocard.com/rockinrio. O valor é de R$ 70,00.

Confira os horários divulgados para o Palco Mundo e para o Palco Sunset:

18 de setembro
Palco Mundo
Meia-noite: Queen + Adam Lambert
22h30: OneRepublic
21 horas: The Script
19 horas: Rock in Rio 30 Anos
Palco Sunset
20 horas: Homenagem a Cássia Eller
18 horas: Lenine + Nação Zumbi + Martin Fondse
16h30: Ira! + Rappin Hood e Toni Tornado
15 horas: Dônica e Arthur Verocai

19 de setembro
Palco Mundo

Meia-noite: Metallica
22h30: Mötley Crüe
21 horas: Royal Blood
19 horas: Gojira
Palco Sunset
20 horas: Korn
18 horas: Ministry com Burton C. Bell (Fear Factory)
16 horas: Angra com Dee Snider (Twisted Sister) e Doro Pesch
15 horas: Noturnall com Michael Kiske

20 de setembro
Palco Mundo
Meia-noite: Rod Stewart
22h30: Elton John
21 horas: Seal
19 horas: Paralamas do Sucesso
Palco Sunset
20 horas: John Legend
18 horas: Magic!
16h30: Baby do Brasil e Pepeu Gomes
15 horas: Alice Caymmi com Eumir Deodato

24 de setembro
Palco Mundo
Meia-noite: System of a Down
22h30: Queens of the Stone Age
21 horas: Hollywood Vampires
19 horas: CPM 22
Palco Sunset
20 horas: Deftones
18 horas: Lamb of God
16h30: Halestorm com convidado
15 horas: Project 46 com John Wayne

25 de setembro
Palco Mundo
Meia-noite: Slipknot
22h30: Faith no More
21 horas: Mastodon
19 horas: De La Tierra
Palco Sunset
20 horas Steve Vai com Camerata Florianópolis
18 horas: Nightwish com Tony Kakko
16h30: Moonspell com Derrick Green (Sepultura)
15 horas: Clássicos do Terror (com André Abujamra, André Moraes, Constantine Maroullis e The Heavy Metal Allstars)

26 de setembro
Palco Mundo
Meia-noite: Rihanna
22h30: Sam Smith
21 horas: Sheppard
19 horas: Lulu Santos
Palco Sunset
20 horas: Sérgio Mendes com Carlinhos Brown
18 horas: Angelique Kidjo com convidado
16h30 Erasmo Carlos com Ultraje a Rigor
15 horas: Brothers of Brazil com Glen Matlock

27 de setembro
Palco Mundo
Meia-noite: Katy Perry
22h30: A-ha
21 horas: Robyn
19 horas: Cidade Negra
Palco Sunset
18 horas: Al Jarreau com convidado
16h30: Aurea com Boss AC
15 horas: Suricato com Raul Midon

24
mar
15

Rock in Rio confirma edições de 2017 e 2019 e anuncia nomes do Palco Sunset para 2015

Palco SunsetOs organizadores do Rock in Rio anunciaram nesta terça-feira, dia 24 de março, as atrações do Palco Sunset, palco secundário do festival e que costuma trazer encontros, alguns deles inusitados, entre grandes nomes da música nacional e internacional e novos artistas. Entre os nomes de destaque, estão o Ministry, o Korn, o Deftones e o guitarrista Steve Vai.

Também foram confirmados outros nomes importantes do rock, como Dee Snider (vocalista do Twisted Sister), Doro Pesch, Nação Zumbi, Ira!, Angra, Michael Kiske, Moonspell, Lamb of God, Derrick Green e Nightwish.

Além dos artistas que integrarão o palco secundário, os produtores informaram que firmaram com a Prefeitura do Rio de Janeiro acordo para mais duas edições do festival na capital fluminense.

Os próximos festivais serão realizados em 2017 e 2019. A informação é bastante positiva e mostra que, a despeito de todas as toneladas de notícias negativas sobre a economia nacional que vêm sendo veiculadas por uma parte da imprensa que só quer ver o caos, há empresários que conseguem enxergar possibilidades interessantes para o País.

Quem se lembra da edição de 2013 do Rock in Rio, vai reconhecer que o Palco Sunset abrigou grandes apresentações e chegou até a surpreender. Shows do Living Colour e do grupo The Offspring foram só alguns que levaram o público ao delírio.

Na edição de 2015, serão, ao todo, 23 artistas internacionais e 18 nomes nacionais, que se apresentarão em 28 encontros, ao longo dos sete dias do festival. Convidados especiais como Korn, John Legend, Magic! e o Deftones se apresentarão individualmente.

Entre as parcerias de palco, o Ministry, que fez grande show no começo de março em São Paulo, receberá o cantor Burton C. Bell, do Fear Factor, no mesmo dia do show do Metallica no Palco Principal. Na mesma data, o Angra receberá ninguém menos que o vocalista do Twisted Sister, Dee Snider, e a cantora Doro Pesch.

Em comemoração aos 30 anos do Rock in Rio, o show que encerra o primeiro dia de apresentações no palco será uma homenagem à saudosa cantora Cassia Eller.

Os shows do Sunset começarão sempre a partir das 15h15. Devem terminar sempre antes do início das apresentações no Palco Mundo.

Por enquanto, conforme o que foi passado pelos organizadores, a distribuição das atrações do Palco Sunset está assim:

• Dia 18/9 -> Homenagem a Cassia Eller/ Lenine + Nação Zumbi + Martin Fondse / Ira! + Convidado / Donica + Arthur Verocai
• Dia 19/9 -> Korn / Ministry + Burton C. Bell / Angra + Dee Snider + Doro Pesch / Noturnall + Michael Kiske
• Dia 20/9 -> John Legend / Magic! / Baby do Brasil + Convidado / Alice Caymmi + Eumir Deodato
• Dia 24/9 -> Deftones / Lamb of God / Halestorm + convidado / Project 46 + John Wayne
• Dia 25/9 -> Steve Vai + Camerata Florianópolis / Nightwish + Jukka Nevelaine / Moonspell + Derrick Green / Clássicos do Terror (com André Abujamra, André Moraes, Constantine Maroullis e The Heavy Metal Allstars)
• Dia 26/9 -> Sergio Mendes + Convidado / Angelique Kidjo + Convidado / Erasmo Carlos + Ultraje a Rigor / Brothers of Brazil + Convidado
• Dia 27/9 -> Atração a confirmar / Al Jarreau + Convidado / Aurea + Boss AC / Suricato + Raul Midón

Palco Mundo quase completo

O Rock in Rio de 2015  será realizado no Rio de Janeiro em setembro, nos dias 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27. Com a confirmação de Rod Stewart no dia 20 de março, todos os headliners do festival foram definidos no Palco Principal e ele está quase completo.

No dia 18, quem fecha a noite será o Queen, com Adam Lambert nos vocais. Tocarão ainda o OneRepublic, The Script e uma infinidade de atrações nacionais que vão se revezar no Palco Mundo, num momento que fará um revival dos 30 anos.

No dia 19, é a vez do Metallica ser o headliner de uma das noites do rock pesado pela terceira edição consecutiva. Desta vez, a banda norte-americana terá a companhia do Mötley Crüe, do Royal Blood e do Gojira no palco principal.

No dia 20, só há por enquanto o nome de Rod Stewart, mas, no dia 24, o rock pesado volta. O System of a Down vem como atração principal e terá a companhia do Queens of The Stone Age e do Holywood Vampires, banda formada por ninguém menos que Alice Cooper, Johnny Depp e Joe Perry (Aerosmith). O grupo brasileiro CPM 22 tende a ser a banda deslocada da vez, já que não tem nada a ver com os demais.

No dia 25 de setembro, o peso continua, já que tocarão o De La Tierra, o Mastodon, o Faith No More e o headliner Slipknot.

No dia 26, a cantora pop Rihanna será a atração principal e terá a companhia de Sam Smith. No dia 27, é a vez de Kate Perry ser a headliner, depois das apresentações do grupo norueguês A-ha, e da banda brasileira Cidade Negra.

A edição comemorá os 30 anos do primeiro festival no Brasil, realizado em 1985. Após o esgotamento de 100 mil Rock in Rio Cards no dia 18 de novembro de 2014, as vendas para o público em geral começam logo após o término do tempo de escolha de quem comprou o Card, somente em abril de 2015, no dia 9.

O valor estipulado para os Rock in Rio Cards foi de R$ 320,00 (inteira) e R$ 160,00 (meia-entrada). Na fase comum de vendas, os ingressos custarão R$ 350,00 (inteira) e R$ 175,00 (meia-entrada)

Os fãs que compraram o cartão em novembro podem validar suas entradas desde este dia 3 de março. Têm o privilégio de escolher a data que pretendem usá-lo, por meio do site http://www.ingresso.com, antes que a venda oficial de ingressos seja aberta ao público em geral.

Cada cliente pode associar até quatro Rock in Rio Card, sendo até uma meia-entrada. É necessário ter cadastro na Ingresso.com e informar o CPF do comprador. Os clientes que adquiriram meia-entrada terão que apresentar o documento informado no momento da compra no acesso à Cidade do Rock, no dia do festival. A entrada para o Rock in Rio permite acesso a todas as áreas comuns e atrações do festival.

Clientes portadores do Rock in Rio Club e de cartões específicos do Itaucard já podem adquirir ingressos por meio da pré-venda e com desconto.

26
out
13

Set list e vídeos do show do Korn no Monsters of Rock

O Korn foi uma das atrações principais do Monsters of Rock 2013. A banda norte-americana de nü metal foi a penúltima a se apresentar no dia 19 de outubro, a primeira data do festival que foi realizado também no dia 20 na Arena Anhembi, em São Paulo.

Com um show mais curto que o esperado, o grupo trouxe vários sucessos da carreira e também aproveitou para tocar algumas músicas do disco novo, “The Paradigm Shift”, lançado há pouquíssimo tempo, neste mês de outubro.

A tarefa do Korn não era das mais fáceis, já que a banda tocou logo depois de o Limp Bizkit levantar o público e pouco antes de o Slipknot fazer o melhor show da noite.

Talvez, por este detalhe, a recepção da plateia não tenha sido tão vibrante, apesar das tentativas do grupo e da ótima qualidade do som que foi observada na Arena Anhembi.

No bis, destaque para a execução da música “Roots Bloody Roots”, com a presença dos integrantes do Sepultura. Ironicamente para o Korn, esse foi o momento de maior explosão do público durante o show.

O Roque Reverso descolou vídeos do show no Youtube. Fique inicialmente com o de “Prey for Me”  e com o de “Freak on a Leash”. Se quiser ver a apresentação na íntegra, vá até o último vídeo.

Set list

Blind
Twist
Falling Away from Me
Love & Meth
Narcissistic Cannibal
Coming Undone
Prey For Me
Shoots and Ladders/Somebody Someone
Never Never
Here to Stay
Y’All Want a Single

Roots Bloody Roots
Got the Life
Freak on a Leash

21
out
13

Com som surpreendente e bons shows, Monsters of Rock tem saldo positivo

A edição de 2013 do Monsters of Rock gerou uma surpresa positiva para o público presente na Arena Anhembi. Depois de uma ausência de 15 anos, o festival realizado nos dias 19 e 20 de outubro na capital paulista teve um saldo favorável, com mais acertos do que erros dos organizadores.

Os destaques positivos ficaram por conta da apresentação satisfatória da maior parte das bandas escolhidas e da qualidade completamente inesperada do som na maioria dos shows.

Entre os pontos negativos, talvez o horário do término do segundo dia do festival.

De maneira diferente da verificada no Rock in Rio, que contou com críticas em relação à escalação de atrações que nada tinham a ver com o estilo, o Monsters of Rock honrou sua tradição de trazer apenas nomes ligados ao rock pesado. A edição de 2013 inovou ao dividir o line-up em dois dias e ao armazenar as bandas de acordo com uma vertente: grupos ligados ao nü metal no dia 19 e representantes do hard rock e heavy metal no dia 20.

Outro ponto a favor do evento paulistano foi optar pelo básico, realizando o festival num fim de semana. Com isso, o público não precisou fazer sacrifícios como no Rock in Rio, que, por exemplo, chegou a escalar um nome como o do Metallica para tocar em plena quinta-feira.

O cenário de céu azul e calor que foi visto nos dias 19 e 20 de setembro ajudou demais o Monsters.  Há praticamente um consenso de que a Arena Anhembi não tem condições de receber um festival de grandes proporções, mas o fato de não ter chovido evitou que maiores transtornos fossem proporcionados ao público. Reclamações com o calor escaldante no local cimentado, é claro, foram realizadas, mas o panorama seria muito pior, se as tradicionais pancadas de chuva da capital paulista acontecessem.

Especificamente em relação ao som, as enormes críticas realizadas à vergonha vista no show recente do Iron Maiden no mesmo Anhembi parecem ter sido ouvidas pela produtora XYZ Live. Se, na apresentação da banda britânica, a maioria do público ficou revoltada com o volume baixo, o que foi verificado no Monsters foi um dos sons mais altos dos últimos tempos, com exemplos até de exageros, com o volume estourando nas caixas de som em algumas apresentações.

Para alguns, o fato de o palco ter mudado de lado em relação ao show do Iron Maiden gerou uma acústica melhor. Para outros, o medo de um quebra-quebra, especialmente entre os inquietos fãs do Slipknot, fez os produtores tomarem um cuidado maior com o som; o que também não é mais do que a obrigação de quem organiza um festival.

No balanço geral, o som do segundo dia estava melhor do que o verificado no primeiro, quando algumas críticas foram vistas exatamente durante a apresentação do Slipknot, que contou com algumas caixas falhando em alguns momentos no lado esquerdo do palco. No domingo, no show do Ratt, por exemplo, o som chegou a níveis saborosamente ensurdecedores, com fãs escutado o show com nitidez já nas catracas da Arena Anhembi.

A ideia de trazer o renomado apresentador Eddie Trunk, do elogiado programa “That Metal Show”, do canal VH1, foi muito interessante, mas ele poderia ter sido um pouco mais explorado. Foi extremamente interessante ver nos telões as bandas sendo entrevistadas pouco antes dos shows, mas tudo poderia ter sido bem mais amplo, aproveitando o tempo que havia entre as apresentações.

Quanto a atrasos entre os shows, nada que revoltasse o público. Talvez a programação de um horário mais cedo para o fim do segundo dia poderia ter ajudado a plateia com o transporte público, já que foi possível ver várias pessoas deixando o Anhembi no meio da apresentação do Aerosmith.

Em relação aos melhores shows do festival, a disputa ficou entre os headliners Slipknot e Aerosmith, além do empolgante Whitesnake. Como forças que mereceram elogios, destaque maior também para as apresentações de qualidade do Ratt e do Korn.

Especificamente em relação à estrutura, a disposição dos bares e lanchonetes foi satisfatória, a despeito dos valores abusivos praticados: uma cerveja ao preço de R$ 8,00 jamais será algo normal. Sobre os banheiros, não foram vistas críticas sobre fatos absurdos como em outros festivais.

Elogiável também foi a ideia da criação da “avenida temática” do Monsters of Rock, com várias opções interessantes para os fãs, como a exposição de fotos do excelente fotógrafo M. Rossi. O espaço era bastante interessante para quem quisesse se distrair nos intervalos dos shows.

Com o saldo mais positivo do que negativo da edição de 2013, resta a esperança de uma evolução para uma provável edição futura. Apesar de a Arena Anhembi ter dado conta do público diário de 30 mil pessoas, a expectativa é de uma escolha melhor para o próximo Monsters of Rock.

O Roque Reverso esteve presente nos dois dias do festival de 2013 e trará para os leitores vários detalhes dos shows no decorrer da semana. Fiquem ligados!

19
out
13

Monsters of Rock vem aí e o heavy metal vai te pegar! veja os horários e os detalhes do festival

Vai começar o Monsters of Rock 2013! O retorno do festival após 15 anos da última edição no Brasil é bastante aguardado pelo público que gosta do heavy metal e todas as suas vertentes. A edição deste ano começa neste sábado, dia 19 de outubro e termina amanhã, dia 20, na cidade de São Paulo. Na questionada Arena Anhembi, o primeiro dia será mais voltado para bandas com maior ligação com o chamado nü metal e o segundo trará grupos mais ligados ao hard rock e ao heavy metal.

No primeiro dia, vão se apresentar Slipknot, Korn, Limp Bizkit, Killswitch Engage, Hatebreed e Gojira; no segundo, é a vez do Aerosmith, Whitesnake, Ratt, Buckcherry, Queensrÿche (com Geoff Tate), Dokken, Dr. Sin e Doctor Pheabes.

Com a abertura dos portões no dia 19 prevista para as 10 horas e, no dia seguinte, para as 11 horas da manhã, a expectativa é de cerca de 40 mil pessoas para cada data do evento.

Uma baixa recente do festival é a desistência da banda Hellyeah, que se apresentaria no dia 19. De acordo com a produção do festival, os músicos alegaram problemas pessoais para o cancelamento em cima da hora do evento. No Aerosmith, o baixista Tom Hamilton, com problemas de saúde também não deve participar do Monsters of Rock. No lugar dele, David Hull acompanhará a banda no Brasil.

O norte-americano Eddie Trunk, apresentador do elogiado programa “That Metal Show”, do canal VH1, será o mestre de cerimônia do festival de 2013. A vinda desta verdadeira enciclopédia do heavy metal para um evento musical organizado em território nacional tende a gerar uma maior visibilidade internacional para o evento, já que Trunk é respeitadíssimo entre os headbangers de todo o planeta e voltará para os EUA com toda uma análise sobre o que acontecerá na cidade de São Paulo em outubro.

Também por este detalhe, é esperado que a organizadora XYZ Live forneça um evento de qualidade para o público paulistano. No mais recente show de rock realizado na Arena Anhembi, os fãs do Iron Maiden e do Slayer ficaram revoltados com a péssima qualidade do som nas duas apresentações. Não trazer algo digno, por exemplo, no show do Slipknot pode ser até uma ameaça à segurança do evento, pois há uma grande ansiedade em relação ao retorno deste cultuado grupo à capital paulista e até promessas de quebra-quebra já foram vistas em redes sociais, caso a vergonha do que foi visto com o Iron Maiden se repita.

Os ingressos para o Monsters of Rock já estão no segundo lote. Custam agora R$ 330,00 para um único dia do festival. A organização também disponibilizou um passaporte com o preço de R$ 590,00 que é válido para os dois dias do evento. A classificação etária é de 16 anos. Pessoas abaixo desse idade, somente acompanhada dos pais e responsáveis.

As vendas não-físicas estão sendo feitas por meio do site http://bit.ly/AppLivePass e pelo telefone 4003-1527. O único local grande que não cobrava taxa de conveniência eram as bilheterias do Estádio do Morumbi, das 10 horas às 18 horas, sem funcionamento nos dias de jogos de futebol. Durante os dias do festival, as bilheterias do Anhembi também estarão disponíveis para a compra e a troca dos ingressos. Outros pontos de venda sujeitos à taxa de conveniência podem ser consultados aqui neste link.

Nos dias dos shows no Anhembi, será montada a Avenida do Rock, com bares, restaurantes e lojas temáticas. Neste link, o leitor do Roque Reverso pode obter informações de como chegar a Arena Anhembi nas diversas opções de transportes disponíveis. Neste outro link, há informações mais completas e atualizadas sobre o festival e sua organização.

Nas quatro edições que aconteceram no Brasil na década de 90, os festivais da série Monsters of Rock sempre foram predominantemente de heavy metal. Enquanto os eventos de 1994, 1995 e 1996 aconteceram no Estádio do Pacaembu, o festival de 1998, foi realizado na pista de atletismo do Ibirapuera.

A primeira edição, em 1994, trouxe quatro bandas nacionais (Angra, Dr. Sin, Viper e Raimundos) e quatro internacionais (Suicidal Tendencies, Black Sabbath, Slayer e KISS).

Na edição de 1995, o número de atrações aumentou. A única banda nacional foi o Virna Lisi. Já entre o nomes internacionais, os representantes foram Rata Blanca, Clawfinger, Paradise Lost, Therapy?, Megadeth, Faith No More, Alice Cooper e Ozzy Osbourne.

Na edição de 1996, o grupo Raimundos foi o único brasileiro. Na parte internacional, os nomes foram Heroes del Silencio, Mercyful Fate, King Diamond, Helloween, Biohazard, Motörhead, Skid Row e Iron Maiden.

O Monsters de 1998 também trouxe grande número de atrações. Entre os brasileiros, os representantes foram o Dorsal Atlântica e o Korzus. Do lado internacional, Glenn Hughes foi o primeiro a tocar, seguido por Savatage, Saxon, Dream Theater, Manowar, Megadeth e Slayer.

A edição de 2013 deve ser transmitida pelo canal fechado de TV Multishow. O único show grande que não deve ser transmitido é exatamente o do Aerosmith, já que não houve um acerto entre o grupo e a emissora, conforme as informações de bastidores.

Da mesma maneira vista durante o Rock in Rio 2013, o leitor do Roque Reverso poderá acompanhar detalhes do Monsters of Rock também no nosso Twitter e no nosso canal do Facebook. Set list, atrasos e novidades importantes poderão ser vistas com maior rapidez nesses locais.

Veja abaixo os horários de cada show do festival:

Dia 19 de outubro – Sábado

13:25 – Project 46
14:25 – Gojira
15:40 – Hatebreed
16:55 – Killwitch Engage
18:25 – Limp Bizkit
19:55 – Korn
21:40 – Slipknot

Dia 20 de outubro – Domingo

12:00 – Electric Age
12:50 – Doctor Pheabes
13:40 – Dr. Sin
14:50 – Dokken
16:05 – Queensrÿche
17:35 – Buckcherry
19:05 – Ratt
20:35 – Whitesnake
22:35 – Aerosmith

20
ago
13

Com Eddie Trunk como mestre de cerimônia, Monsters of Rock tende a atrair maior atenção de fora do País

O esperado retorno do Monsters of Rock ao Brasil promete ser bastante interessante. A mais recente informação do festival que acontecerá na capital paulista é a confirmação do norte-americano Eddie Trunk, apresentador do elogiado programa “That Metal Show”, do canal VH1, como mestre de cerimônia do evento. A vinda desta verdadeira enciclopédia do heavy metal para um festival organizado em território nacional tende a gerar uma maior visibilidade internacional para o evento, já que Trunk é respeitadíssimo entre os headbangers de todo o planeta e voltará para os EUA com toda uma análise sobre o que acontecerá na cidade de São Paulo em outubro.

A marca do Rock in Rio é atualmente incomparável com outros festivais brasileiros, mas a presença do apresentador no Monsters tende elevar a importância do evento paulistano e até incentivar futuras edições.

O festival de 2013, por sinal, contou com uma atualização na grade de atrações, com a inclusão, por exemplo, do grupo Dr. Sin como grande representante do rock nacional.

O Monsters of Rock 2013 acontecerá nos dias 19 e 20 de outubro na capital paulista. A produtora XYZ Live confirmou a Arena Anhembi como o local dos shows.

No dia 19, o line-up traz o Slipknot como nome principal, além de Korn, Limp Bizkit, Killswitch Engage, Hatebreed, Gojira e Hellyeah. No dia 20, o Aerosmith é o headliner e conta com a companhia de Whitesnake, Ratt, Buckcherry, Queensrÿche (com Geoff Tate nos vocais), Dokken, Dr. Sin e Doctor Pheabes.

Os ingressos para o Monsters of Rock custam R$ 300,00 para um único dia do festival. A organização também disponibilizou um passaporte com o preço de R$ 560,00 que é válido para os dois dias do evento. Os valores são para o primeiro lote e, portanto, com o término, podem ficar mais caros num lote seguinte.

Os organizadores esperam um público de 40 mil pessoas em cada dia de evento. A censura é de 16 anos.

As vendas não-físicas estão sendo feitas por meio do site http://bit.ly/AppLivePass e pelo telefone 4003-1527. O único local que não cobra taxa de conveniência são as bilheterias do Estádio do Morumbi, das 10 horas às 18 horas, sem funcionamento nos dias de jogos de futebol. Outros pontos de venda sujeitos à taxa de conveniência podem ser consultados aqui neste link.

Nas quatro edições que aconteceram no Brasil na década de 90, os festivais da série Monsters of Rock sempre foram predominantemente de heavy metal. Enquanto os eventos de 1994, 1995 e 1996 aconteceram no Estádio do Pacaembu, o festival de 1998, foi realizado na pista de atletismo do Ibirapuera.

A primeira edição, em 1994, trouxe quatro bandas nacionais (Angra, Dr. Sin, Viper e Raimundos) e quatro internacionais (Suicidal Tendencies, Black Sabbath, Slayer e KISS).

Na edição de 1995, o número de atrações aumentou. A única banda nacional foi o Virna Lisi. Já entre o nomes internacionais, os representantes foram Rata Blanca, Clawfinger, Paradise Lost, Therapy?, Megadeth, Faith No More, Alice Cooper e Ozzy Osbourne.

Na edição de 1996, o grupo Raimundos foi o único brasileiro. Na parte internacional, os nomes foram Heroes del Silencio, Mercyful Fate, King Diamond, Helloween, Biohazard, Motörhead, Skid Row e Iron Maiden.

O Monsters de 1998 também trouxe grande número de atrações. Entre os brasileiros, os representantes foram o Dorsal Atlântica e o Korzus. Do lado internacional, Glenn Hughes foi o primeiro a tocar, seguido por Savatage, Saxon, Dream Theater, Manowar, Megadeth e Slayer.

23
jun
13

Ingressos para o Monsters of Rock custam R$ 300 e começam a ser vendidos no dia 25 de junho

Monsters of Rock-LogoOs ingressos para o Monsters of Rock custam R$ 300,00 para um único dia do festival. A organização também disponibilizou um passaporte com o preço de R$ 560,00 que é válido para os dois dias do evento. Os valores são para o primeiro lote e, portanto, com o término, podem ficar mais caros num lote seguinte.

Como já havia informado o Roque Reverso, as vendas começam no dia 25 de junho. O horário de início para a comercialização é o das 10 horas.

O Monsters of Rock 2013 acontecerá nos dias 19 e 20 de outubro na capital paulista. A produtora XYZ Live confirmou a Arena Anhembi como o local dos shows.

No dia 19 se apresentam Slipknot, Korn, Limp Bizkit, Killswitch Engage, Hatebreed e Gojira. No dia 20 é a vez do Aerosmith, Whitesnake, Ratt, Buckcherry e Queensrÿche (com Geoff Tate nos vocais). O evento contará com dois palcos.

Os organizadores esperam um público de 40 mil pessoas em cada dia de evento. A censura é de 16 anos.

As vendas não-físicas serão feitas por meio do site http://bit.ly/AppLivePass e pelo telefone 4003-1527. O único local que não cobra taxa de conveniência são as bilheterias do Estádio do Morumbi, das 10 horas às 18 horas, sem funcionamento nos dias de jogos de futebol. Outros pontos de venda sujeitos à taxa de conveniência podem ser consultados aqui neste link.

Nas quatro edições que aconteceram no Brasil na década de 90, os festivais da série Monsters of Rock sempre foram predominantemente de heavy metal. Enquanto os eventos de 1994, 1995 e 1996 aconteceram no Estádio do Pacaembu, o festival de 1998, foi realizado na pista de atletismo do Ibirapuera.

A primeira edição, em 1994, trouxe quatro bandas nacionais (Angra, Dr. Sin, Viper e Raimundos) e quatro internacionais (Suicidal Tendencies, Black Sabbath, Slayer e KISS).

Na edição de 1995, o número de atrações aumentou. A única banda nacional foi o Virna Lisi. Já entre o nomes internacionais, os representantes foram Rata Blanca, Clawfinger, Paradise Lost, Therapy?, Megadeth, Faith No More, Alice Cooper e Ozzy Osbourne.

Na edição de 1996, o grupo Raimundos foi o único brasileiro. Na parte internacional, os nomes foram Heroes del Silencio, Mercyful Fate, King Diamond, Helloween, Biohazard, Motörhead, Skid Row e Iron Maiden.

O Monsters de 1998 também trouxe grande número de atrações. Entre os brasileiros, os representantes foram o Dorsal Atlântica e o Korzus. Do lado internacional, Glenn Hughes foi o primeiro a tocar, seguido por Savatage, Saxon, Dream Theater, Manowar, Megadeth e Slayer.

No post de anúncio do line-up, o Roque Reverso descolou vídeos de algumas bandas, mas ficaram faltando os de alguns outros grupos de importância no rock. Agora, é a vez de você ver mais três vídeos.

Para começar, fique com o vídeo do Queensrÿche tocando “Eyes of Stranger” no HSBC em 2012. Depois, veja o Limp Bizkit com o clipe de “Golden Cobra”. Para fechar, veja o Ratt com o vídeo de “Round and Round”.

17
jun
13

Monsters of Rock anuncia atrações; Slipknot, Aerosmith, Whitesnake e Korn estão entre elas

O festival Monsters of Rock já tem as atrações da edição de 2013. A produtora XYZ Live anunciou nesta segunda-feira, dia 17 de junho, os nomes que estarão no evento programado para os dia 19 e 20 de outubro na capital paulista. De quebra, confirmou a Arena Anhembi como o local dos shows. Ratificando os rumores que circulavam pela internet, Slipknot, Aerosmith, Whitesnake e Korn são os principais grupos.

Além dessas bandas outras atrações são o Limp Bizkit, o Queensrÿche, o Ratt, o Hatebreed, o Killswitch Engage, o Gojira e o Buckcherry.

A venda de ingressos começa no dia 25 de junho, mas os valores ainda não foram divulgados oficialmente.

Os organizadores esperam um público de 40 mil pessoas em cada dia de evento. O evento contará com dois palcos.

O dia 19, um sábado, é destinado aos grupos um pouco mais novos. Lá, vão se apresentar o Slipknot, Korn, Limp Bizkit, Killswitch Engage, Hatebreed e Gojira. No dia 20, é a vez das bandas um pouco mais clássicas: Aerosmith, Whitesnake, Ratt, Buckcherry e Queensrÿche (featuring Geoff Tate plus guests).

De acordo com os organizadores, o festival não se restringirá somente aos dois dias de show no Anhembi. A partir de agosto, será lançado o “Desafio de Bandas Monsters of Rock”, que selecionará nomes para se apresentarem no palco de novas bandas.

Na semana do evento, vários shows serão programados com as bandas selecionadas nos principais bares e casas de rock de São Paulo. Estão programadas ainda exibição de filmes de rock e a montagem de uma galeria com objetos de outras edições do festival. Nos dias dos shows no Anhembi, será montada ainda a Avenida do Rock, com bares, restaurantes e lojas temáticas.

Nas quatro edições que aconteceram no Brasil na década de 90, os festivais da série Monsters of Rock sempre foram predominantemente de heavy metal. Enquanto os eventos de 1994, 1995 e 1996 aconteceram no Estádio do Pacaembu, o festival de 1998, foi realizado na pista de atletismo do Ibirapuera.

A primeira edição, em 1994, trouxe quatro bandas nacionais (Angra, Dr. Sin, Viper e Raimundos) e quatro internacionais (Suicidal Tendencies, Black Sabbath, Slayer e KISS).

Na edição de 1995, o número de atrações aumentou. A única banda nacional foi o Virna Lisi. Já entre o nomes internacionais, os representantes foram Rata Blanca, Clawfinger, Paradise Lost, Therapy?, Megadeth, Faith No More, Alice Cooper e Ozzy Osbourne.

Na edição de 1996, o grupo Raimundos foi o único brasileiro. Na parte internacional, os nomes foram Heroes del Silencio, Mercyful Fate, King Diamond, Helloween, Biohazard, Motörhead, Skid Row e Iron Maiden.

O Monsters de 1998 também trouxe grande número de atrações. Entre os brasileiros, os representantes foram o Dorsal Atlântica e o Korzus. Do lado internacional, Glenn Hughes foi o primeiro a tocar, seguido por Savatage, Saxon, Dream Theater, Manowar, Megadeth e Slayer.

Para celebrar os nomes do Monsters of Rock de 2013, o Roque Reverso descolou vídeos dos medalhões do festival no YouTube. Para começar relembre o Slipknot no Rock in Rio 2011 com “Duality”. Depois, veja o Aerosmith arrebentando com “Dream On” na Arena Anhembi também em 2011.

Na sequência, veja um vídeo do Whitesnake tocando “Love Ain’t No Stranger” na mesma Arena Anhembi em 2011 e outro do Korn executando “Freak on a Leash” no Credicard Hall em 2010.




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se aos outros seguidores de 104

julho 2020
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias

Follow Roque Reverso << on WordPress.com