17
set
21

30 anos dos clássicos álbuns ‘Use Your Illusion’, do Guns N’ Roses

“Appetite for Destruction” saiu nos Estados Unidos em 1987. Os tempos, porém, eram outros. O grande hit radiofônico do álbum de estreia do Guns N’ Roses – “Sweet Child O’Mine” – estouraria no Brasil somente em 1989.

Quando isso aconteceu, o segundo álbum da banda californiana – “GN’R Lies” – já estava disponível na loja de disco mais próxima – eram muitas, creia-me.

Com o lançamento da MTV Brasil, em 1990, o Guns N’ Roses tornou-se uma febre entre os adolescentes da época, principalmente pelo videoclipe de “Patience”, que liderou o Top 10 da emissora por anos a fio.

A quantidade de jovens que passava nas lojas de disco só pra perguntar quando sairia o próximo disco do Guns – para os íntimos – era tamanha que não seria de estranhar se algum vendedor pendurasse uma plaquinha anticomercial na vitrine: NÃO, NÃO TEMOS O NOVO DISCO DO GUNS N’ ROSES, PORRA!

Apenas dois anos separaram “Lies” de “Use Your Illusion”, que completa 30 anos neste dia 17 de setembro de 2021. E o intervalo era incomum. Pela mentalidade da indústria fonográfica de então, quando um artista fazia sucesso, um intervalo superior a um ano entre um disco e outro significa o risco de queda no esquecimento.

Aqueles dois anos, porém, pareciam uma década. “Sweet Child O’Mine” e “Patience” eram executadas à exaustão nas rádios, em detrimento de músicas hoje consideradas clássicas do Guns N’ Roses.

Para mitigar o risco de que a banda caísse no esquecimento, a gravadora Geffen promoveu duas ações bastante pontuais entre 1989 e 1991: emplacou o cover de “Knockin’ On Heaven’s Door” na trilha sonora do filme “Dias de Trovão”, estrelado pelo então superstar Tom Cruise, e liberou uma versão editada de “Civil War”, que teve a bateria gravada por Steven Adler em sua última atuação em estúdio antes de sua conturbada saída da banda.

A propósito, dizem que não era fácil fazer parte do Guns N’ Roses naquele momento de transição. Adler sucumbiu às pirações de Axl Rose. Slash e Duff McKagan passavam os dias chapados e Izzy Stradlin’ havia ficado careta e não queria reincidir no vício em heroína por nada no mundo.

O fato é que o disco seguinte do Guns N’ Roses era uma joia em lapidação pela indústria fonográfica, mas as informações disponíveis em uma era pré-internet eram pra lá de escassas.

Hoje se sabe que Axl Rose estava fora da casinha com o estrelato – e também com os sintetizadores – e estava no nível de implicar com os solos de Slash, que nos meses finais produção enviava as fitas (sim, fitas) por motoboy para não ter que trombar com Axl no estúdio.

No meio desse processo, em janeiro de 1991, Roberto Medina trouxe o Guns como atração principal do Rock In Rio II. Os shows foram catárticos. E proporcionaram novos vislumbres do que estava por vir.

Diversas canções inéditas foram executadas ao vivo pela primeira vez nos dois shows que o Guns fez no festival. Logo em seguida, “You Could Be Mine” apareceria na trilha sonora do filme “O Exterminador do Futuro II” com um videoclipe revolucionário para os padrões da época.

Nos meses seguintes, as informações surgiam em pílulas. Primeiro falou-se em um disco duplo. Falou-se em seguida no lançamento simultâneo e mundial de dois discos duplos.

Entre os fãs brasileiros, a única apreensão era de falta de dinheiro em um cenário de inflação fora de controle.

E na mesma semana em que os discos foram distribuídos às lojas brasileiras, a gravadora espertamente enviou os álbuns às rádios.

Em São Paulo, a 89FM tocou os dois álbuns duplos inteiros na sequência na noite em que os recebeu. Eu os gravei em fitas de cromo de 90 minutos, as quais mantive por anos.

Trinta anos se passaram e é como se os “Use Your Illusion I” e “Use Your Illusion II” estivessem tocando em looping desde então.

E foi naquele dia que o Guns N’Roses passou, aos olhos do mundo, de uma banda promissora a uma banda consagrada.

Para festejar os 30 anos dos discos do Guns, o Roque Reverso descolou clipes no YouTube. Do “Use Your Illusion I”, fique com os clipes de “Don’t Cry”, “Live And Let Die”, “November Rain”, “Dead Horse” e “Garden Of Eden”. Do “Use Your Illusion Il”, fique com “You Could Be Mine”, “Estranged” e “Yesterdays”. Se quiser ouvir os dois álbuns na íntegra, clique nos dois últimos vídeos e deixe rolar.


2 Responses to “30 anos dos clássicos álbuns ‘Use Your Illusion’, do Guns N’ Roses”


  1. 1 Denise Leite
    17 de setembro de 2021 às 16:21

    Lembro perfeitamente quando ouvi os álbuns… Parabéns pela matéria!!! \m/

  2. 18 de setembro de 2021 às 02:19

    No dia (madrugada) que a 89FM tocou os discos na íntegra, eu estava terminando um projeto da Escola Técnica que precisaria entregar já no período da manhã.
    Eu fiquei ouvindo os dois discos até terminar e entrava na aula às 7h.
    Resumo: não dormi e fui direto pra escola.
    Detalhe: cheguei na sala igual a um zumbi, mas com a camisa do “Appetite” (da cruz) todo orgulhoso de ter ouvido o novo do Guns e conseguido entregar o projeto…rs
    Sem internet na época, ter acesso a um disco novo inteiro para ouvir na data de lançamento era quase como encontrar um tesouro.


Deixe um comentário (para isso, insira seu endereço de e-mail e o nome)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 102 outros seguidores

setembro 2021
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias

Follow Roque Reverso << on WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: