27
ago
21

30 anos do ‘Ten’, o clássico álbum de estreia do Pearl Jam

É raro na história do rock, especialmente dos anos 1980 em diante, uma banda sair com um disco de estreia já clássico. Raro, mas não impossível. “Ten”, do Pearl Jam, é um desses casos. O álbum de estreia da longeva banda de Seattle nasceu clássico e completa 30 anos nesta sexta-feira, 27 de agosto de 2021.

Herdeiro legítimo da mãe de todas as bandas da mais prolífica geração de Seattle, o Mother Love Bone, o Pearl Jam surgia da iniciativa de Stone Gossard e Jeff Ament. Quase todas as faixas levam a assinatura do guitarrista ou do baixista, quando não dos dois.

Coube a eles, depois do trágico fim do Mother Love Bone, ir atrás de um vocalista – Eddie Vedder – e de um guitarrista solo – Mike McCready.

Quanto ao baterista, digamos que o Pearl Jam levou muitos anos até perceber que somente Matt Cameron daria a conta das baquetas de uma banda tão densa, ativa e produtiva. Mas quem toca no disco é Dave Krusen.

Das 11 faixas, somente as duas ou três últimas não se tornaram presença cativa nos concorridos shows do Pearl Jam pelo mundo.

Pesado, melódico, engajado e sofisticado, “Ten” traz todos os ingredientes que mais tarde transformariam o Pearl Jam não apenas na mais longeva e criativa, mas também na banda de mais sucesso comercial da grande geração de bandas de Seattle da virada dos anos 1980 para os 1990, rotuladas como “grunge”, para quem gosta de adjetivos inúteis ou separa as roupas no guarda-roupa em tons degradê.

O disco é aberto pela pesada “Once”, que precede os megahits “Even Flow” e “Alive”.

“Why Go” mantém o peso e a velocidade antes da autopiedosa “Black” dar uma folga para os ouvidos.

Em seguida é a vez da dramática “Jeremy”. “Oceans” dá um tom praiano antes de a banda quebrar tudo em “Porch”.

O disco se encerra com as injustiçadas “Garden”, “Deep” e “Release (Master/Slave)”.

Mas já eram tantos sucessos num disco só que a grande dúvida era se o Pearl Jam seria capaz de manter o elevado nível de seu álbum de estreia.

Trinta anos, onze espetaculares discos de estúdio e centenas de bootlegs depois, a gente até esquece que um dia teve alguma dúvida.

Para celebrar os 30 anos do álbum “Ten”, o Roque Reverso descolou clipes e vídeos no YouTube. Fique inicialmente com o clipe de “Alive”. Depois, veja os clipes de “Even Flow” e “Jeremy”. Na sequência, veja o clipe de “Oceans” e vídeos do grupo tocando “Black” e “Porch” no “Acústico MTV”. Se quiser ouvir o álbum na íntegra, siga para o último vídeo.

30 anos do ‘Ten’, o clássico álbum de estreia do Pearl Jam


0 Responses to “30 anos do ‘Ten’, o clássico álbum de estreia do Pearl Jam”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário (para isso, insira seu endereço de e-mail e o nome)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 101 outros seguidores

agosto 2021
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias

Follow Roque Reverso << on WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: