16
nov
16

A mensagem da inclusão de Bono em uma lista de ‘mulheres do ano’

Bono Vox em foto de campanha pró-Haiti - Foto: DivulgaçãoA revista norte-americana Glamour fez barulho no início de novembro ao incluir Bono Vox, vocalista da banda irlandesa U2, em sua lista de “mulheres do ano”. Primeiro homem a integrar a lista da Glamour em seus quase 40 anos de existência, Bono foi escolhido, segundo a revista, por “prestar atenção nos direitos das mulheres e meninas em todo mundo”.

Não entremos no mérito de a maior parte das publicações femininas operar como manuais mais ou menos sofisticados de como a mulher deve ser bela, recatada e do lar, sempre disposta a entrar muda, submissa e sorridente na linha de montagem de princesas de araque fomentada pela mídia convencional.

A provável intenção da revista era causar polêmica com a inclusão de um homem e fazer um pouco de barulho para além de seu círculo convencional de leitoras e leitores. Apesar de a escolha poder ser vista como desserviço à luta das mulheres por direitos iguais, como se fossem necessários a tutela ou o aval masculino para legitimá-la, há um aspecto interessante a ser abordado.

A maior parte da humanidade vive atualmente em sociedades subordinadas a sistemas de opressão entrelaçados e profundamente enraizados, em especial sob os jugos do racismo, do machismo e da homofobia. E é raro, muito raro, encontrar por aí um homem branco, heterossexual, rico, famoso e bonitão disposto a se indispor pela igualdade de direitos, termo um pouco fora de moda nos últimos anos.

A presença de Bono na lista é um reflexo de seus posicionamentos políticos históricos. É o sujeito que ficou famoso e resolveu fazer bom uso da projeção proporcionada pela música. Começou com a paz no Ulster, quando o U2 ainda era um fenômeno europeu, lá no início dos anos 80, e foi crescendo junto com a banda: combate à fome, à discriminação, à violência e a outros sintomas da estupidez humana no geral.

No caso da citada “atenção aos direitos das mulheres e meninas em todo mundo”, a mensagem da escolha de Bono ao mundo masculino é: “se você não puder ou não quiser ajudar na luta das mulheres por direitos iguais, não as atrapalhe; mas se puder e quiser entrar nesta luta, seja bem-vindo”. E isto serve tanto para os direitos das mulheres quanto para os direitos dos negros, dos homossexuais, das classes empobrecidas e de outros grupos oprimidos.

Em tempos de Temer, Trump, Macri, Brexit e outros retrocessos, as mensagens de paz, amor e igualdade de Bono e do U2 servem de alento e inspiração na busca por um mundo melhor.

Fiquemos, pois, com músicas de três diferentes fazer do U2: “Angel of Harlem”, homenagem à cantora Billie Holiday; “Walk On”, uma canção sobre o desapego; e “One”, uma ode ao que há de bom no ser humano.


0 Responses to “A mensagem da inclusão de Bono em uma lista de ‘mulheres do ano’”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário (para isso, insira seu endereço de e-mail e o nome)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 99 outros seguidores

novembro 2016
D S T Q Q S S
« out   dez »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias


%d blogueiros gostam disto: