26
abr
18

Após fiasco de 2017, Virada Cultural de 2018 traz programação melhor; rock tem boas atrações

Virada Cultural 2018 - Reprodução de parte do CartazA Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo anunciou na quarta-feira, 25 de abril, a programação da 14ª edição da Virada Cultural. Após o gigantesco fiasco de 2017, o evento de 2018 traz uma programação melhor, além de evitar a decentralização inacreditável promovida na edição anterior. Quanto ao rock, a Virada Cultural de 2018 também conta com boas atrações do estilo, também pouco bem tratado no ano passado.

A edição de 2018 da Virada começará a partir das 18 horas do sábado, dia 19 de maio. Ela seguirá até as 18 horas do domingo, dia 20 de maio.

Pode parecer coincidência, mas a simples saída do prefeito que se fantasiava do poder deu uma arejada na mente dos organizadores. O secretário de Cultura é o mesmo, mas as ideias de destruição do que havia sido mantido nas gestões de três prefeitos diferentes e de diversas correntes políticas parecem ter sido esquecidas.

A utilização da região central como polo de encontro da população não volta como em tempos anteriores, mas, pelo menos, a região retornou ao evento com vários palcos distribuídos. A gestão atual continua com um discurso de “descentralização”, com palcos distribuídos para longe, mas claramente mudou uma tendência radical que quase matou a Virada Cultural em 2017.

No ano passado, a baixa adesão ao evento que era sucesso crescente nas edições anteriores foi o grande destaque da Virada Cultural. Locais distantes, como o Autódromo de Interlagos e o Sambódromo podiam até comportar grandes públicos, mas a distância incrível entre eles impedia o que era uma das principais marcas do evento: a possibilidade de seguir de um palco para o outro com facilidade e acompanhar o maior número de atrações possíveis gratuitamente.

Em 2018, o autódromo e o Sambódromo saíram do evento. Estreiam na esteira da “descentralização” idealizada pela prefeitura o estacionamento do Itaquerão e o Parque da Juventude. Estes locais, no entanto, não devem atrair o público de rock, já que haverá, por exemplo, no primeiro, shows de pagode.

A Chácara do Jockey, que chegou a fazer sucesso com o público na edição passada, receberá uma programação jovem com o grande Nação Zumbi no palco principal como uma das atrações. A mesma banda está escalada para tocar no Palco Boulevard São João, onde discos completos serão executados.

Neste palco da região central, o grupo tocará nada menos que o disco “Afrociberdelia”. Outra atração imperdível no mesmo local será o Ira! executando o clássico álbum “Vivendo e Não Aprendendo”.  Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá fecharão a programação deste palco com o show Legião Urbana XXX Anos.

Além da decentralização, a Prefeitura de São Paulo apostará em 2018 nos chamados “tablados temáticos” pelas ruas do centro.

Dentre as várias opções na região central, haverá o palco Brasil 360, no cruzamento das avenidas Barão de Itapetininga e Ipiranga. Por lá, tocarão, por exemplo, as bandas Cachorro Grande e Vanguard.

Outro palco que deve alegrar quem curte rock n’ roll é o História do Rock, localizado em frente ao edifício Copan (Avenida Ipiranga, altura do número 210). Por lá, atrações nacionais importantes serão o Made in Brazil, Inocentes, As Mercenárias, Mundo Livre, Dead Fish e os Paralamas do Sucesso, que fechará a programação.

Mais um palco de rock é o que ficará nas esquinas da Rua 7 de abril com a Rua Xavier de Toledo, bem pertinho da Estação Anhangabaú do Metrô. Ali, tocarão, por exemplo, Ego Kill Talent, Far From Alaska, Krisiun e Ratos de Porão.

Mais diversificado, o Palco Skate, localizado na Avenida Rio Branco, na altura do número 98, terá coisas ligadas ao rap, mas também ao rock, como os Raimundos e uma homenagem ao vocalista Chorão.

Parceria com o Sesc

Vale destacar, além das atrações ligadas ao rock, a parceria que a Virada Cultura fará com o Sesc. Serão 17 unidades do Sesc na capital. Entre as 18 horas do dia 19 e as 18 horas do dia 20 de maio, as unidades 24 de Maio, Avenida Paulista, Belenzinho, Bom Retiro, Campo Limpo, Carmo, Centro de Pesquisa e Formação, CineSesc, Consolação, Interlagos, Ipiranga, Parque Dom Pedro II, Pinheiros, Pompeia, Santana, Santo Amaro e Vila Mariana estendem seu horário de atendimento com uma vasta oferta de atividades artísticas voltadas a todos os públicos e idades.

A novidade desta edição está na programação da mais nova unidade do Sesc na capital: o Sesc Avenida Paulista que, juntamente com o Cinesesc e o Sesc 24 de Maio, estará aberta ao público até as 4 horas da manhã de domingo. As demais unidades participantes encerram suas atividades entre 23 horas e 2 horas. E todas elas retomam seu funcionamento no domingo pela manhã, cumprindo a jornada cultural que se estende até às 18 horas do dia 20 de maio.

Confira abaixo a programação dos palcos que tem tudo ou algo de rock na Virada Cultural de 2018.

Discos Completos – Boulevard São João

19h30 – Antonio Carlos e Jocafi tocam “Mudei de Idéia”
22h30 – Geraldo Azevedo toca “Bicho de Sete Cabeças”
01h30 – Cidadão Instigado toca “Uhuuu!”
04h30 – Ira! toca “Vivendo e Não Aprendendo”
07h30 – Téo Azevedo toca “Grito Selvagem”
10h30 – Fafá de Belém toca “Água”
13h30 – Nação Zumbi toca “Afrociberdelia”
16h30 – Dado Villa Lobos e Marcelo Bonfá em “Legião Urbana XXX anos”

Brasil 360 – Barão de Itapetininga X Av. Ipiranga

19h00 – Zé Pereira
22h00 – Baile do Mestre Cupijó
01h00 – Otto
04h00 – Cachorro Grande
07h00 – Luiza Lian
10h00 – Lucas Guimarães
13h00 – Vanguart
16h00 – Letrux

História do Rock – Copan (Av. Ipiranga, alt.210)

18h00 – Clemente & A Fantastica Banda Sem Nome – Rock Brasil Anos 50
20h30 – Lafayette e os Tremendões
23h00 – Patrulha do Espaço
01h30 – Made in Brazil
04h00 – Inocentes
06h30 – As Mercenárias
09h00 – Mundo Livre
11h30 – Dead Fish
14h00 – E a Terra Nunca Me Pareceu Tão Distante
16h30 – Paralamas do Sucesso

Rock – Rua 7 de Abril X Rua Xavier de Toledo

18h00 – Black Pantera
20h30 – Ego Kill Talent
23h00 – Boogarins
01h30 – Rakta
04h00 – Huey
06h30 – Ema Stoned
09h00 – Molho Negro
11h30 – Far From Alaska
14h00 – Krisiun
16h30 – Ratos de Porão

Skate – Av Rio Branco (Alt. 98)

24 horas – Cave Pool
18h00 – Rael
21h00 – Marcelo D2
00h00 – RZO + Ice Blue
02h00 – Haikaiss
04h00 – Homenagem ao Chorão – Charlie Brown Jr.
10h00 – Rashid
12h00 – Black Alien
14h00 – Cone Crew
16h00 – Maneva
18h00 – Raimundos
19h30 – Kl Jay + Xis + Kamau
22h30 – Kefing
01h30 – Kefing
12h00 – Sintonia

Anúncios

0 Responses to “Após fiasco de 2017, Virada Cultural de 2018 traz programação melhor; rock tem boas atrações”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário (para isso, insira seu endereço de e-mail e o nome)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s


Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso blog em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 95 outros seguidores

abril 2018
D S T Q Q S S
« mar   maio »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
2930  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Categorias

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Anúncios

%d blogueiros gostam disto: