Posts Tagged ‘R.E.M.

08
set
19

Wire, ‘154’: um dos trípticos mais fascinantes do rock completa 40 anos

Por Caio de Mello Martins*

Em setembro de 1979, um quarteto punk inglês concluía, com o lançamento de um trio de álbuns em três anos, uma das transformações estilísticas mais radicais da história do rock n’ roll.

Estreando no fatídico ano de 1977 com um disco de 22 faixas comprimidas em 35 minutos – “Pink Flag”, tão conciso e brutal que fizeram os Ramones parecerem eloquentes, prenunciando o hardcore – a banda Wire soava irreconhecível dois anos depois.

Terceiro álbum dos caras, “154” seria o último disco da primeira fase do grupo (após um hiato de sete anos que seguiu ao colapso do Wire em 1980, os membros colocaram as diferenças de lado e reformaram a banda).

CONTINUE LENDO AQUI!!!

31
jul
16

Radiohead compensa ingresso disputado e encerra show em Nova York com o hit ‘Creep’

Radiohead em Nova York - Foto: Divulgação Madison Square Garden/Carl ScheffelPor Altamiro Silva Júnior*

A banda inglesa Radiohead deu início na última semana de julho a sua primeira turnê nos Estados Unidos desde 2012. O rompimento do hiato foi feito com dois shows disputadíssimos no Madison Square Garden, em Nova York, nos dias 26 e 27.

Mesmo com Nova York sendo uma cidade que, em termos de atrações culturais, tem de tudo, o tempo todo, o show do Radiohead causou uma agitação ou “a fuss”, como disse a imprensa dos EUA, raramente vista.

Os ingressos se esgotaram em minutos. Vendidos oficialmente a US$ 80, estavam sendo oferecidos por sites de revendas e cambistas por até US$ 2 mil.

Nos sites e blogs, várias pessoas relataram que pagaram caro e quando foram entrar no local do show, o ingresso era falso. Na porta do Madison Square Garden, uma fila gigante de fans que esperavam por alguma desistência entre os tickets reservados para patrocinadores e (poucos) convidados.

Este repórter conseguiu a duras penas um ingresso para o segundo show por US$ 200, faltando apenas meia hora para o início. Cheguei e as luzes já estavam se apagando e, qual não foi minha surpresa ao ver que minha cadeira era ao lado da do líder do R.E.M., Michael Stipe, e ainda na fileira 5, a poucos metros do palco.

Foi, no mínimo, interessante ver como Stipe, careca e com uma longa barba, uma das influências do Radiohead, aplaudiu animado as músicas da banda inglesa enquanto tomava uma cerveja (vendida a US$ 12,50!).

Thom Yorke e o restante da banda compensaram o esforço dos que pagaram caro pelos ingresso (e pela cerveja) com um show de duas horas e dois bis. O vocalista segue com uma voz impecável e capaz de fazer uma arena com 20 mil pessoas se calar completamente enquanto cantava só com um piano “Pyramid Song”, uma das músicas “depressivas” da banda.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

19
nov
12

Novo clipe do R.E.M. tem Lindsay Lohan de lingerie e direção de James Franco

O R.E.M. encerrou as atividades em setembro de 2011, mas, para alegria dos fãs, ainda há trabalhos da banda sendo lançados. O mais recente deles é um videoclipe da música “Blue”, que conta com a polêmica atriz Lindsay Lohan, posando para fotos sensuais em trajes mínimos.

A canção, que conta com vocais de Patti Smith, faz parte do último álbum de estúdio do grupo norte-americano, “Collapse Into Now”, lançado em 2011.

A direção do videoclipe é do ator James Franco, aquele do filme “Homem-Aranha”.

Veja abaixo o clipe do R.E.M.:

24
set
11

As 10 mais do R.E.M.

A semana foi marcada pela triste notícia do fim do R.E.M. A decisão de a banda encerrar as atividades foi muito comentada nas redes sociais e nas rodinhas de gente que gosta de um bom rock. O grupo fará muita falta, ainda mais num tempo em que o rock vem passando por um certo marasmo criativo.

Como a banda sempre foi uma grande criadora de hits do rock, muita gente começou a lembrar das melhores músicas do grupo, ou seja, criou listas. Desde o começo do nosso blog, esses famosos rankings de músicas preferidas sempre foram os que geraram as discussões mais interessantes e agradáveis.

O Roque Reverso já teve os “Top 10” do AC/DC, do Metallica, do Guns N’ Roses , do Aerosmith e  dos Beatles, de longe o mais difícil de elaborar e o de maior sucesso da história do blog. O mais recente foi o do Queen, lançado na semana de comemoração do que seria o 65º aniversário de Freddie Mercury.

Vejam abaixo as duas listas dos editores do Roque Reverso para o R.E.M. É claro que muita coisa boa ficou de fora, mas isso faz parte da tradição das listas. Fiquem à vontade para detonar ou para mandar a de vocês também!

Top 10 R.E.M. – Flavio

1 – Fall on Me

2 – Orange Crush

3 – The One I Love

4 – Stand

5 – Everybody Hurts

6 – Pop Song 89

7 – So. Central Rain

8 – What’s The Frequency, Kenneth?

9 – E-Bow The Letter

10  – Crush With Eyeliner

 

Top 10 R.E.M. – Ricardo

1 – It’s the End of the World As We Know It (And I Feel Fine)

2 – Nightswimming

3 – Driver 8

4 – Orange Crush

5 – The One I Love

6 – Texarkana

7 – Imitation of Life

8 – Man on the Moon

9 – Drive

10 – Losing My Religion

21
set
11

R.E.M. anuncia fim e surpreende mundo do rock

Por Flavio Leonel e Ricardo Gozzi

O R.E.M. anunciou hoje o fim das atividades. Em comunicado oficial divulgado em seu site, o grupo norte-americano surpreendeu o mundo do rock, poucos meses depois de lançar seu mais recente álbum “Collapse Into Now”, que marcou o fim do contrato com a gravadora Warner. 

“Aos nossos fãs e amigos: Como R.E.M., e como amigos de longa data e co-conspiradores, nós decidimos acabar a banda. Vamos embora com um grande senso de gratidão, determinação e surpresa com tudo o que conquistamos. A todos aqueles que de alguma forma se sentiram tocados por nossa música, nosso mais profundo agradecimento pela audição”, escreveram os membros do grupo. 

Com a decisão, a banda põe fim a 30 anos de uma carreira belíssima e muito importante para a história do rock. Muitos apontam o dedo para o Nirvana como o grupo responsável, na década de 90, pelo rompimento da barreira entre o rock comercial e o rock alternativo, mas foi o R.E.M., ainda nos anos 80, a primeira banda realmente a superar este obstáculo. 

Já em 1983, com o lançamento do elogiado álbum “Murmur”, o grupo, que bombava em rádios universitárias norte-americanas, mostrou ao mundo do rock que não seria um simples coadjuvante do gênero. “So. Central Rain (I´m Sorry)”, “Driver 8”, “Fall on Me”, “It’s the End of the World as We Know It (And I Feel Fine)”, “The One I Love” e “Finest Worksong” foram só alguns dos enormes sucessos que levaram o R.E.M. ao reconhecimento da crítica especializada.

Em 1988, com o excelente álbum “Green” e petardos musicais, como “Orange Crush”, “Stand” e “Pop Song 89”, o grupo já peitava as bandas maiores e o caminho natural e inevitável foi o mainstream. Com o lançamento em 1991 de “Out of Time”, que trouxe a bela “Losing My Religion”, o R.E.M chegou ao seu maior momento, incrementado logo em seguida pelo ótimo álbum “Automatic For The People”, que marcou a história da música em 1992 com sucessos, como “Drive” e “Everybody Hurts”. 

Outros bons discos viriam, como “Monster” e “New Adventures in Hi-Fi”. Mesmo depois com uma queda natural do sucesso, o grupo sempre se manteve entre os mais íntegros do rock, sempre inovando, com clipes, arranjos e letras interessantes. 

No comunicado oficial, o vocalista Michael Stipe resumiu bem a decisão do grupo e, para bom entendedor, meia palavra basta: “Um homem sábio certa vez disse: a habilidade em ir a uma festa é saber a hora de ir embora. Nós construímos coisas extraordinárias juntos, e agora vamos nos distanciar disso. Espero que nossos fãs percebam que essa não foi uma decisão fácil, mas tudo tem seu fim e nós queríamos fazer isso agora. Nós gostaríamos de agradecer a todos que nos ajudaram a ser o R.E.M. nestes 31 anos. Nossa mais profunda  gratidão a quem nos propiciou fazer tudo isso. Foi incrível.” 

Os editores do Roque Reverso sempre curtiram muito o R.E.M. e, claro, ficaram tristes com a decisão da banda. Mas acharam bastante nobre o gesto dos músicos, de conseguirem detectar o momento certo para parar, sem que sua carreira fosse manchada por discos ruins e sem inspiração. 

Para lembrar bons momentos do R.E.M., o Roque Reverso descolou alguns dos vídeos que marcaram a carreira do grupo. Para começar, “Fall on Me”. Depois, “The One I Love”, Losing My Religion” e “Everybody Hurts”. Para fechar, claro, “It’s the End of the World as We Know It (And I Feel Fine)”.

12
fev
11

Veja o clipe da música “Mine Smell Like Honey”, do R.E.M.

O R.E.M. divulgou na primeira semana de fevereiro o videoclipe de “Mine Smell Like Honey”, um dos singles do álbum “Collapse Into Now”, que a banda lançará em março. Sucessor do álbum “Accelerate”, de 2008, o novo trabalho será o 15º disco de estúdio do grupo liderado pelo vocalista Michael Stipe. Contou com a produção de Jacknife Lee e do próprio grupo, além de trazer participações de figuras importantes do rock, como Patti Smith e Eddie Vedder, do Pearl Jam.

A banda norte-americana vem oferecendo ao público diversas possibilidades para o conhecimento de seu mais novo álbum. Já deixou, por exemplo, disponível para download a primeira faixa, chamada “Discoverer”; depois, o vocalista Michael Stipe mostrou em vídeo para os fãs a música “It Happened Today”, que foi colocada à venda no iTunes; e mais tarde, o público conseguiu escutar a faixa “Oh My Heart” no site do grupo, que tem outras maneiras de acesso ao novo álbum.

Veja abaixo o vídeo de “Mine Smell Like Honey”, dirigido por Dominic DeJoseph. Quando clicar, uma mensagem pedirá para você assistir no próprio YouTube.

06
jan
11

R.E.M. libera mais uma faixa de novo álbum em site

O R.E.M. liberou para os fãs conhecerem mais uma música do álbum “Collapse Into Now”, que a banda lançará em março. Depois de deixar disponível para download a primeira faixa do novo disco, chamada “Discoverer”, e após o vocalista Michael Stipe mostrar em vídeo para os fãs a música “It Happened Today”, que está à venda no iTunes, agora é a vez de o público poder escutar a faixa “Oh My Heart” no site do grupo.

De acordo com o líder do R.E.M., “Oh My Heart” é uma canção “muito tranquila” e de reflexão dedicada à cidade de Nova Orleans. As músicas podem ser acessadas neste link do site da banda.




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 103 outros seguidores

outubro 2019
D S T Q Q S S
« set    
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias