10
set
20

As 10 mais dos Ramones

Fim de tarde de quarta-feira, começo de noite, teria que ver ao certo. Mensagem no celular. É Flavio Leonel com ares de urgência. Esqueci de alguma coisa importante para o Roque Reverso ou o palmeirista quer apenas provocar um humilde e discreto corinthiano antes do clássico.

Mas não. Ele tinha acabado de ouvir “The KKK Took My Baby Away” na Kiss FM. Eu também. Afinal, nossas desafinadas limitam-se ao futebol, ou seja lá o nome que se dê a essa aberração em que transformaram o ludopédio.

“Tava aqui ouvindo o Alternativa KISS e tocou ‘The KKK Took My Baby Away’, que é a minha segunda preferida dos Ramones. Daí lembrei que a gente nunca fez as 10 mais dos Ramones! O que é uma heresia”, escreveu meu amigo e editor.

“Lá vem trabalho”, pensei, cansado antes mesmo de começar.

Na maldade, levantei o nome do jornalista Márcio Anaya, nosso amigo comum e um dos maiores conhecedores de Ramones em Língua Portuguesa que conhecemos.

Até brinquei que, ao vivo, minha favorita dos Ramones começava com “one, two, three, four”. E é verdade. Mas não teve jeito. Não consegui escapar.

O problema de falar em Ramones pra mim é que remete à minha formação como ser humano, se é que isso tem algum significado.

Adorava tirar as músicas na guitarra. As sequências, as levadas e os riffs eram claros, simples, básicos, e eu só esquecia algum trecho graças à minha incrível capacidade de dispersão.

Eu gostava tanto de Ramones que numa época cheguei a acreditar que a banda não existia, que era coisa da minha cabeça. Eu precisava ver com meus próprios olhos. E vi.

Para minha sorte, o Ramones era uma das raras atrações internacionais a visitar o Brasil quase todos os anos entre o fim dos Anos 1980 e o início dos Anos 1990.

De todos os shows do Ramones em São Paulo dos quais tive conhecimento, não estive presente em apenas um: o do extinto Projeto SP. Fui em todos os outros que soube, em todas as datas de cada passagem da banda norte-americana pela capital paulista.

Busão Imirim-Lapa, o número da linha me foge, plantão na frente do Olympia e uma carona básica pra voltar pra zona norte, numa época em que careca odiava cabeludo, os shows entravam pela madrugada e, quando terminavam, já não tinha mais ônibus nem metrô.

Escolher dez? Fala sério!

Já que é assim, seguem três listas para serem lidas em qualquer ordem para não haver favorecimentos:

As 10 melhores dos Ramones

Strength to Endure
I Believe in Miracles
Poison Heart
I Wanna Live
Pet Sematery
Psycho Therapy
Cretin Hop
Rockaway Beach
Do You Remember Rock’n’roll Radio?
Blitzkrieg Bop

As 10 melhores versões feitas pelo Ramones

Substitute
Street Fighting Man
Somebody To Love
What a Wonderful World
Out of Time
Take It As It Comes
Surfin’ Bird
Have You Ever Seen the Rain?
Do You Wanna Dance?
Spiderman

As 10 melhoes do Ramones ao vivo

I Wanna Be Sedated
Rock’n’roll High School
Sheena is a Punk Rocker
Suzy is a Headbanger
The KKK Took My Baby Away
Chinese Rocks
Ignorance is a Bliss
To Tough to Die
Gimme Gimme Shock Treatment
I Don’t Wanna Walk Around With You

Enquanto eu fazia as três listas, o Flavio já tinha a única dele, que é essa aqui:

1 – Blitzkrieg Bop
2 – The KKK Took My Baby Away
3 – I Believe In Miracles
4 – Needles And Pins
5 – Sheena Is A Punk Rocker
6 – Do You Remember Rock ‘n’ Roll Radio?
7 – I Wanna Be Sedated
8 – Commando
9 – Teenage Lobotomy
10 – Cretin Hop

Desde que começou como um pequeno blog apenas por diversão, o Roque Reverso já teve os Top 10 do AC/DC, dos Rolling Stones, do Metallica, do Guns N’ Roses , do Aerosmith, do Queen, do R.E.M. e dos Beatles, de longe o mais difícil de elaborar e o de maior sucesso da história deste veículo de informação e entretenimento. O mais recente foi o do U2.

Reveja abaixo as listas dos editores do Roque Reverso para os Ramones. É claro que, mesmo com as variações específicas adotadas desta vez, muita coisa boa ficou de fora, mas isso faz parte da tradição das listas.

Fique à vontade para detonar ou para mandar a de vocês também! E isso também vale para as listas anteriores!

Top 10 Ramones – Ricardo Gozzi

Strength to Endure
I Believe in Miracles
Poison Heart
I Wanna Live
Pet Sematery
Psycho Therapy
Cretin Hop
Rockaway Beach
Do You Remember Rock’n’roll Radio
Blitzkrieg Bop

Top 10 Ramones – Flavio Leonel

1 – Blitzkrieg Bop
2 – The KKK Took My Baby Away
3 – I Believe In Miracles
4 – Needles And Pins
5 – Sheena Is A Punk Rocker
6 – Do You Remember Rock ‘n’ Roll Radio?
7 – I Wanna Be Sedated
8 – Commando
9 – Teenage Lobotomy
10 – Cretin Hop

Top 10 – Melhores versões feitas pelo Ramones – Ricardo Gozzi

Substitute
Street Fighting Man
Somebody To Love
What a Wonderful World
Out of Time
Take It As It Comes
Surfin’ Bird
Have You Ever Seen the Rain?
Do You Wanna Dance?
Spiderman

Top 10 Ramones ao vivo – Ricardo Gozzi

I Wanna Be Sedated
Rock’n’roll High School
Sheena is a Punk Rocker
Suzy is a Headbanger
The KKK Took My Baby Away
Chinese Rocks
Ignorance is a Bliss
To Tough to Die
Gimme Gimme Shock Treatment
I Don’t Wanna Wal Around With You


7 Responses to “As 10 mais dos Ramones”


  1. 1 Carlos Rota
    10 de setembro de 2020 às 15:27

    Puta banda. Dispensa comentários…

    ONE TWO THREE FOUR
    Teenage Lobotomy
    Blitzkrieg Bop
    Gimme Gimme Shock Treatment
    Sheena Is A Punk Rocker
    Cretin Hop
    Psycho Therapy
    Judy Is A Punk
    Commando
    The KKK Took My Baby Away
    Substitute (cover)

  2. 10 de setembro de 2020 às 15:37

    Só lembrando que “Needles And Pins”, que está na minha lista, também é cover!
    Mas a interpretação do Joey deixa ela muito mais bacana! 😉

  3. 4 Márcio Anaya
    10 de setembro de 2020 às 18:07

    Sabe quando você sente que algo importante a fazer? Quando você não hesita em adiar tudo que poderia ocupá-lo naquele momento e decide se dedicar a algo? Pois foi esse sentimento que me despertou quando o Ricardinho me mostrou o post do Roque Reverso com as 10 mais do Ramones.

    Falar de Ramones, por si só, já é um prazer. Mas ao ler o texto do blog, veio aquela ebulição de lembranças maravilhosas – e se a pandemia tem naturalmente despertado muitas recordações, o que dizer da banda da minha vida.

    Vou citar apenas três momentos marcantes, dos quais tenho a lembrança exata:

    1) Meu pai, vendo que eu tinha comprado o icônico álbum “Rocket to Russia” e não parava de ouvir, um dia chegou com o vinil “Road to Ruin”, comprado no Mappin. Ali eu decidi que Ramones seria a “minha” banda.

    2) No colegial do Santa Marcelina, entre uma aula e outra, meu grande amigo Edison Daniel me emprestava um dos fones do seu walkman amarelo e ficávamos ouvindo Ramones.

    3) Enfim tinha chegado o grande dia: eu veria os Ramones ao vivo, no Olympia. A adrenalina estava a mil. E quando a luz apagou e veio a introdução The Good, The Bad & The Ugly, por alguns instantes eu duvidei de que aquilo estava acontecendo (como você disse, Ricardinho, será que a banda realmente existia??). Bom, do one, two, three, four em diante foi uma catarse.

    Enfim, ficaria uma vida inteira falando de Ramones, mas vamos às dez mais – se é que isso é possível. Para não fugir do desafio, seguem as dez que mais me emocionaram há algumas horas, remexendo o passado. Não é uma lista definitiva. Definitiva mesmo é só a paixão por esta banda.

    Top 10 Ramones – Márcio Anaya

    Blitzkrieg Bop
    I Wanna Be Sedated
    7-11
    Surfin´ Bird
    Pet Sematery
    Somebody Put Something In My Drink
    Something To Believe In
    My Brain Is Hanging Upside Down (Bonzo Goes do Bitburg)
    Howling At The Moon (Sha-la-la)
    It´s Gonna Be Alright

    • 5 Flavio
      10 de setembro de 2020 às 18:27

      Grande Márcio Anaya!
      Lista de respeito! E histórias bacanas.
      Mappin, walkman, saudoso Olympia…
      Hoje, tudo é mais prático para ouvir um bom rock, mas esses elementos marcantes citados fazem toda uma diferença na formação do gosto musical!
      Estive no show de 1996 deles e, além do show em si, o que nunca saiu da minha mente foi a cena final do Olympia pós-show: parecia que havia caído uma bomba nuclear naquela pista!
      Inesquecível!

      • 6 Márcio
        10 de setembro de 2020 às 18:54

        Flavio Leonel! Um verdadeiro guardião do Rock and Roll e torcedor raiz! Minhas saudações e meus parabéns pelo blog.

        Dá para sentir a paixão com que você e o Ricardinho escrevem. Grande abraço e viva o Ramones!!!

        PS: saí do show de 1992 completamente rouco e com a tinta dourada das barras do Olympia grudada nas mãos, de tanto chacoalhar! Hahahaha.

        • 10 de setembro de 2020 às 19:25

          Grande Marcião!
          Acho que nossa geração é meio raiz em muita coisa, né?
          Anos 80/90 foram pesados, mas formaram uma galera resistente e com bagagem!
          O Roque Reverso vai nessa vibe e resiste!!!
          Vamos que vamos!
          Obrigado por vir aqui comentar!
          Uma honra pra nós!!!


Deixe um comentário (para isso, insira seu endereço de e-mail e o nome)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se aos outros seguidores de 102

setembro 2020
D S T Q Q S S
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias

Follow Roque Reverso << on WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: