04
jul
16

Com invasão histórica de palco e Dave Lombardo na bateria, Suicidal Tendencies fez show insano em SP

Suicidal Tendencies em SP - Foto: Divulgação Audio ClubO Suicidal Tendencies voltou a São Paulo no dia 2 de julho e, mais uma vez, trouxe ao público uma apresentação repleta de energia. Com a inédita união em palcos brasileiros com o baterista Dave Lombardo (ex-Slayer) e com uma incrível invasão histórica de palco promovida pelos fãs, a banda norte-americana fez um show insano num Audio Club praticamente lotado.

A expectativa para a apresentação era exatamente de algo além dos já intensos shows da banda. A diferença da noite daquele sábado era justamente a presença de Lombardo na bateria e o clima de festa, incrementado pela abertura do grande grupo brasileiro Ratos de Porão, que apresentou na íntegra o álbum “Anarkophobia”, que completou 25 anos em 2016.

Completavam a escalação do evento a banda Oitão, que tem como vocalista o famoso chef Henrique Fogaça,  e o Tolerância Zero.

Depois dos bons shows de abertura, o Suicidal Tendencies subiu ao palco por volta das 23h30. Com o hit “You Can’t Bring Me Down”, a banda norte-americana já deu o tom de como seria a noite. Repetindo a estratégia “arrasa-quarteirão” de apresentações anteriores no Brasil, os músicos liderados pelo inquieto vocalista Mike Muir simplesmente não pararam de agitar no palco, incentivando ainda mais a movimentação insana do público nas imediatas rodas de mosh na pista.

Aproveitando que “You Can’t Bring Me Down” é um de seus principais sucessos, o Suicidal estendeu a música, que tem originalmente 5 minutos e 50 segundos para algo de cerca de 8 minutos! Para os menos acostumados com os improvisos da banda, a “interminável” execução chegou a dar a impressão de que seria feita em uns 30 minutos 🙂 .

Brincadeiras à parte, foi um belo cartão de visitas e mostrou que, a despeito de promover inúmeras mudanças dos Anos 90 para cá, o Suicidal continua com aquela marca de mesclar peso, energia contagiante e uma alegria que sempre foi uma característica bacana do grupo.

Na sequência, as boas inserções de “Two Sided Politics”, “Go’n Breakdown”, “Trip at the Brain” e “Freedumb” mantiveram o público em plena vibração. Se, dias antes, no fim de junho, o Napalm Death já havia feito uma apresentação repleta de mensagens contra os hipócritas de plantão e todas as formas de conservadorismo que atrasam o mundo, o Suicidal não fez muito diferente na sua vez, com discursos de Mike Muir, por exemplo, contra o racismo.

O show estava bastante pegado e atingiu um de seus maiores momentos quando o Suicidal trouxe nada menos que “War Inside My Head”, clássico que costuma levantar o mais frio dos fãs. Com uma imensa roda de mosh formada na pista e com um coro contagiante do público, a execução do hit já valeria o ingresso se apenas esta canção fosse tocada durante a noite inteira.

“Subliminal” e “Send Me Your Money” vieram na sequência para incrementar o verdadeiro show de hits trazido pelo Suicidal. A plateia, que já via tudo com largos sorrisos no rosto, ainda presenciaria um momento marcante nas apresentações em solo paulistano, com uma invasão incrível do palco por fãs convidados pela banda.

Suicidal Tendencies em SP com Dave Lombardo - Foto: Reprodução do YouTubeSuicidal Tendencies em SP com Dave Lombardo - Foto: Divulgação Hoffman & O'Brian/Baffo NetoSuicidal Tendencies em SP com Dave Lombardo - Foto: Reprodução do YouTubeSuicidal Tendencies em SP com Dave Lombardo - Foto: Divulgação Hoffman & O'Brian

O convite foi feito pouco antes da execução do hino “Possessed to Skate” e durou até o fim da música seguinte: “I Saw Your Mommy”. A invasão autorizada foi feita por cerca de 60 fãs, congestionando completamente o palco e até atrapalhando a performance do grupo, que ficou assustado com o nível insano daquele momento.

Para o leitor do Roque Reverso ter uma ideia do que foi aquilo, até as torres laterais de sustentação da iluminação do palco chegaram a ser escaladas por dois fãs mais exaltados. A invasão chegou a fugir do controle da banda e dos organizadores, que precisaram ordenar para que todos descessem do palco, caso contrário o show não continuaria.

Contornada a confusão e feitos os ajustes de palco necessários para o prosseguimento da apresentação, o Suicidal trouxe ainda a boa e um pouco mais recente “Cyco Vision” e as antigas “How Will I Laugh Tomorrow” e “Pledge Your Allegiance”.

Após uma breve pausa de descanso, a banda ainda trouxe para o bis outras músicas que agradaram em cheio os fãs antigos: “I Want More” e “Institutionalized”, ambas do álbum de estreia do já longínquo ano de 1983. Aos gritos, de “ST”, o grupo foi amplamente saudado pelo público, que certamente guardará por um bom tempo o show em sua memória.

Comparando com as apresentações recentes acompanhadas pelo Roque Reverso em 2012 e 2013 no Clash Club, o Suicidal Tendencies mostrou mais uma vez que continua empolgante. Mike Muir continua sendo a alma da banda e fica clara sua intenção de manter o estilo do grupo mesmo entre os membros mais novos.

Dave Lombardo continua entre os maiores bateristas do rock pesado, para muitos o grande nome e para este jornalista um verdadeiro monstro do instrumento. A participação no show do Suicidal só engrandeceu o grande momento em São Paulo e valeu cada centavo pago por quem esteve presente.

Para relembrar o bom show do Suicidal Tendencies no Audio Club, o Roque Reverso descolou vídeos no YouTube. Fique inicialmente com a abertura e “You Can’t Bring Me Down”. Depois, veja a banda tocando “War Inside My Head”, o momento da invasão ao palco com “Possessed to Skate” e “I Saw Your Mommy” e um vídeo feito por nosso celular simples e guerreiro do grupo executando “I Want More”.

Se o leitor do Roque Reverso quiser ver o show inteirinho, houve um abnegado chamado Henrik Soltys, que não apenas filmou tudo, como editou brilhantemente e salvou este jornalista com a ordem de algumas músicas da apresentação, já que desta vez fomos presenciar o evento como fãs (não fizemos credenciamento de imprensa) e ficamos na muvuca toda da pista curtindo de maneira alucinada tudo que aconteceu. O último vídeo da lista abaixo tem todos os detalhes, graças ao verdadeiro presente de Soltys.

Set list

You Can’t Bring Me Down
Two Sided Politics
Go’n Breakdown
Trip at the Brain
Freedumb
War Inside My Head
Subliminal
Send Me Your Money
Possessed to Skate
I Saw Your Mommy
Cyco Vision
How Will I Laugh Tomorrow
Pledge Your Allegiance

I Want More
Institutionalized

Anúncios

2 Responses to “Com invasão histórica de palco e Dave Lombardo na bateria, Suicidal Tendencies fez show insano em SP”


  1. 1 Arthur Paulada
    23 de julho de 2016 às 11:20

    Estes é o tipo de show que acontece uma vez na vida
    Quem não foi perdeu muito

  2. 25 de julho de 2016 às 15:10

    Realmente nada garante que veremos Suicidal e Lombardo juntos novamente no Brasil!
    Show em SP é daqueles para contar para filhos e netos!


Deixe um comentário (para isso, insira seu endereço de e-mail e o nome)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Documentário 'Sepultura Endurance' teve sua estreia geral ao público no dia 15 de junho e tem neste dia 19 exibição marcada para o Cine SESC, em São Paulo, pelo In-Edit Brasil, às 21h30.
Veja a resenha do Roque Reverso aqui:
https://roquereverso.com/2017/06/15/documentario-sepultura-endurance-mostra-saga-da-banda-brasileira-e-resistencia-apos-separacao-historica/
#roquereverso #sepultura #ineditbrasil #sepulturaendurance #cinesesc Já viu os preços para o show do U2 em São Paulo?
Veja os detalhes no texto do Roque Reverso aqui:
https://roquereverso.com/2017/06/08/ingressos-de-pista-comum-para-show-do-u2-em-sp-da-turne-de-30-anos-do-the-joshua-tree-custam-r-500/
#roquereverso #u2 #estadiodomorumbi #u2thejoshuatree2017 O "Sgt. Peppers" fez 50 anos e o Roque Reverso fez uma resenha bacana.
Confira aqui:
https://roquereverso.com/2017/05/30/50-anos-do-disco-sgt-peppers-lonely-hearts-club-band-um-dos-maiores-da-historia-e-simbolo-de-uma-geracao/
#roquereverso #beatles #paulmccartney #ringostarr #johnlennon #georgeharrison Nosso texto sobre a enorme perda de Kid Vinil:
https://roquereverso.com/2017/05/19/rock-nacional-de-luto-com-a-morte-de-kid-vinil-um-dos-maiores-embaixadores-do-estilo-no-pais/
Foto: Divulgação Facebook
#roquereverso #kidvinil Nosso texto sobre a enorme perda de Chris Cornell:
https://roquereverso.com/2017/05/18/rock-chora-a-morte-de-chris-cornell-vocalista-do-soundgarden-e-do-audioslave/
Foto: Divulgação Facebook
#roquereverso #chriscornell #soundgarden #audioslave Resenha do Roque Reverso sobre o grande show do Prophets of Rage no Maximus Festival!!!
https://roquereverso.com/2017/05/16/com-fora-temer-e-show-variado-no-maximus-festival-prophets-of-rage-mantem-legado-do-rage-against/
#roquereverso #maximusfestival #prophetsofrage #tomorello

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso blog em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 87 outros seguidores

julho 2016
D S T Q Q S S
« jun   ago »
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Categorias

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

Estatísticas

  • 530,116 hits
SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE


%d blogueiros gostam disto: