Arquivo para março \31\-02:00 2015

31
mar
15

Os 60 anos de Angus Young

Angus Young - Foto: WikipédiaAs calças curtas e o boné até ajudam a enganar, mas a idade chega para todo mundo. Angus Young, o endiabrado guitarrista solo do AC/DC, completa 60 anos de idade nesta terça-feira, dia 31 de março. Há mais de quatro décadas este escocês radicado na Austrália brinda os amantes do rock’n’roll com alguns dos mais marcantes riffs do estilo. Saíram de suas mãos tantos clássicos do rock que listá-los aqui tomaria mais tempo de leitura que o resto do post.

Quem nunca brincou de air guitar ouvindo “Jailbreak” ou “Thunderstruck” que tente provar o contrário.

Ao longo dos mais de 40 anos de existência do AC/DC, o estilo da banda seguiu fiel ao dos primeiros trabalhos. Não foi por acaso. Eles queriam ser famosos e ganhar bastante dinheiro. E esses objetivos obviamente foram alcançados, mas nem por isso comprometeram o brilho de uma das carreiras mais longevas da história do rock.

Angus e seu irmão Malcolm, agora incapacitado por uma doença degenerativa, encontraram uma fórmula de sucesso e a exploraram à exaustão. São tantas e intermináveis variações sobre o mesmo tema que até parece impossível pensar em uma que não tenha sido tentada pelo AC/DC.

No entanto, ao contrário das tantas bandas cuja criatividade se esvaiu e saíram em turnês meramente caça-níqueis, o AC/DC segue surpreendente. Disco após disco, Angus Young tira do boné novas frases e novos riffs capazes de estremecer qualquer plateia em qualquer lugar do planeta. O álbum mais recente, “Rock or Bust”, que o diga.

Em vista do histórico de abusos lisérgicos, Angus Young é tão sobrevivente quanto outros ícones da guitarra, como Eric Clapton, que, no dia anterior (30), completou 70 anos, ou Keith Richards, que parece caminhar sem pressa rumo à vida eterna.

A essa hora até já é outro dia na Austrália, mas isso não impede o Roque Reverso de prestar sua devida homenagem a Angus Young.

Para relembrar grandes momentos do grande guitarrista, descolamos 4 vídeos no Youtube. Para começar, fique com o clipe clássico de “Jailbreak”. Depois, fique com o AC/DC tocando “The Jack” no show histórico de 1996 na Plaza De Toros De Las Ventas, em Madri. Na sequência, veja o clipe de “Thunderstruck”. Para fechar, mais uma das várias performances alucinadas de Angus em “Let There Be Rock”, desta vez no também histórico show da banda em Buenos Aires, em 2009.

30
mar
15

Os 70 anos de Eric Clapton

ClaptonPor Duca Belintani*

Quantos garotos não começaram a tocar guitarra por causa deste senhor e sua guitarra preta?

Sir Eric Patrick Clapton completa 70 anos de vida nesta segunda-feira, dia 30 de março, e pode-se dizer que, entre estes anos todos, muitas vidas foram vividas por esse inglês.

Do Yardbirds ao Bluesbreakers, do Cream e até sua carreira solo, das drogas à morte do seu filho em um acidente, até sua recuperação e superação total e chegando à criação de um centro de reabilitação de usuários de drogas.

E claro, o mais importante, toda sua dedicação à musica e em especial ao blues e todo o legado deixado por ele até os dias de hoje.

Um homem que, aparentemente, pelas suas atitudes, é dono de uma gratidão aos mestres levando aos ouvintes mais novos sua reverência a B.B. King e Robert Johnson.

Agora, aos 70 anos, anuncia que não fará mais turnês de longa distancia por estar cansado de aeroportos e por ficar fora de casa por muito tempo. Porém, o que deixa seus seguidores aliviados é que, por enquanto, não abandonará totalmente os palcos e os discos, podendo assim matar a sede e manter aceso o sonho daquelas crianças que um dia viram aquela guitarra e ouviram aquele som e com certeza mudaram sua vida.

Vida longa a quem um dia foi chamado de Deus!

Para homenagear os 70 anos de Clapton, fique abaixo com cinco músicas descoladas no YouTube. A primeira delas, com pouco mais de 10 minutos, traz o guitarrista tocando com ninguém menos que B. B. King. Depois, veja um vídeo ao vivo de “Before you Accuse Me”.

Na sequência, o guitarrista com o Cream, tocando “Crossroads”. Escute ainda uma gravação rara de 1966, com Clapton e o John Mayall’s Bluesbreakers. Para fechar, um vídeo de 1964, com Clapton e o grupo The Yardbirds.

Clapton is God!!!

*Duca Belintani é músico, professor e produtor musical. Já lançou sete livros didáticos dedicados ao ensino da guitarra e sete discos, um deles com Kid Vinil. Foi colunista das principais revistas direcionadas ao mercado da guitarra. Ao lado de Ricardo Gozzi, editor do Roque Reverso, também escreveu a biografia autorizada de Kid Vinil.
29
mar
15

Robert Plant sacia órfãos do Zeppelin em show do Lollapalooza marcado pela qualidade de sua nova banda

Robert Plant no Lollapalooza 2015 - Foto: Divulgação LollapaloozaMaior atração do rock de todo o Lollapalooza 2015, Robert Plant fez um grande show no primeiro dia do festival que aconteceu entre os dias 28 e 29 de março, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Para uma plateia que trazia um público marcado por várias idades, mas predominantemente jovem, o eterno vocalista do Led Zeppelin saciou os órfãos da lendária banda britânica e, de quebra, trouxe uma apresentação que foi marcada pela grande qualidade de seu talentoso grupo atual de apoio: The Sensational Space Shifters.

Na abertura do show de cerca de 80 minutos, Plant atacou logo de cara com uma música do Zeppelin.

“Babe I’m Gonna Leave You”, do disco de estreia da banda britânica, ganhou a plateia, apesar da roupagem diferente, que também seria adotada para outras canções da noite.

A banda The Sensational Space Shifters traz músicos com instrumentos além do que se considera tradicional para bandas de rock, como o violino de uma corda só de origem africana tocado por Juldeh Camara. Destaque também para guitarra encorpada tocada por Justin Adams, que empolgou bastante o público presente.

O disco mais recente de Plant foi gravado com a Sensational Space Shifters: “Lullaby and the Ceaseless Roar”, de 2014. Foram dele a segunda e a quarta músicas da noite:  “Rainbow” e “Turn It Up”, respectivamente, que serviram para complementar os clássicos do Zepellin.

Obviamente, quem vai a um show de Robert Plant espera músicas da lendária banda britânica. E não há momento alternativo que explique algo diferente para um festival.

Com isso, Plant, que não é nenhum pouco bobo ou estraga prazer, tratou de seguir o script recomendado, mesmo com a tal roupagem nova para algumas das músicas. “Black Dog”, por exemplo, não perdeu toda a essência, mas veio um pouco diferente, sem, no entanto, desagradar.

“Going to California” talvez tenha sido a que mais ficou parecida, até porque inventar muita moda nesta canção poderia ser um jogo perigoso. Não por acaso, foi o momento do show que mais fez a plateia viajar no tempo.

Robert Plant no Lollapalooza 2015 - Foto: Divulgação LollapaloozaRobert Plant no Lollapalooza 2015 - Foto: Divulgação LollapaloozaRobert Plant no Lollapalooza 2015 - Foto: Divulgação LollapaloozaRobert Plant no Lollapalooza 2015 - Foto: Divulgação Lollapalooza

Importante destacar que houve momentos de vazamento de som vindos de outros palcos justamente nos períodos nos quais o show de Plant contou com músicas mais calmas. Foram momentos curtos, mas foi estranho isso acontecer, dada toda a propaganda dos organizadores sobre os palcos afastados justamente para evitar este problema.

Houve espaço na apresentação também para as canções “Spoonful”, de Willie Dixon, e “Fixin’ to Die”, de Bukka White, bem como para “Little Maggie”, também do disco novo com o Sensational Space Shifters. Mas o que ficou marcado de maneira mais forte foram mesmo as músicas do Led Zeppelin.

“Whole Lotta Love” foi a que mais mexeu com a plateia. Mesmo com trechos com nova roupagem, foi ela que fez muita gente dançar e pular como nos bons e velhos shows de rock n’ roll.

Depois de uma brevíssima parada para um descanso, Plant e a banda ainda presentearam no bis com nada menos que “Rock and Roll”. Para quem ainda não havia visto o vocalista em carne e osso, foi mais um daqueles momentos para contar para filhos e netos.

Simpático do início ao fim com o público, Robert Plant se despediu e cumpriu sua missão com qualidade no Lollapalooza. Se o festival de 2015 chegou a ser criticado pelo público do rock por causa do formato mais pop e eletrônico que o de outras edições, o representante do Led Zeppelin estava ali tal qual um antídoto.

Para relembrar o grande show de Plant com o Sensational Space Shifters, o Roque Reverso descolou vídeos no YouTube. Fique inicialmente com “Going to California”. Na sequência, assista aos vídeos das músicas “Whole Lotta Love” e “Rock and Roll”.

Set list

Babe, I’m Gonna Leave You
Rainbow
Black Dog
Turn It Up
Going to California
Spoonful
The Lemon Song
Little Maggie
What Is and What Should Never Be
Fixin’ to Die
Whole Lotta Love

Rock and Roll

28
mar
15

Lollapalooza 2015 vai rolar! Confira todos os horários e detalhes do festival em SP

Lollapalloza em 2014 - Foto: DivulgaçãoVai começar o Lollapalooza 2015! A edição deste ano, que traz uma escalação um pouco menos badalada que a de outros anos, será realizada neste sábado, dia 28 de março, e no domingo, dia 29, no Autódromo de Interlagos, em São Paulo.

Com uma expectativa de um público de cerca de 80 mil pessoas por dia, o festival voltará a ter atrações para todos os gostos e disputará com o Monsters of Rock o posto de melhor evento musical da capital paulista deste ano.

Com bem menos atrações de peso do rock que nas edições dos anos anteriores, o evento deste ano deve mesmo ter entre os destaques os headliners Jack White e Robert Plant, no primeiro dia, e Pharrell Williams e Calvin Harris no último dia.

Importante chamar a atenção também para o show que será feito pelo Smashing Pumpkins, que representará o rock na segunda data e tocará no mesmo horário de Pharrell Williams, porém, é claro, em palcos diferentes, fechando o festival.

No dia 28, além de Jack White e Robert Plant, o Lollapalooza terá Skrillex, Kasabian, Bastille, Marcelo D2, Alt-J, Major Lazer, KONGOS, Fitz and the Tantrums, St. Vincent, Dillon Francis, Banda Do Mar, Ritmo Machine, Boogarins, Bula, Vintage Culture, Baleia, Nem Liminha Ouviu, Anna e E-cologyc Vs Jakko.

No dia 29, além dos Smashing Pumpkins e dos nomes citados, o festival terá Foster The People, Interpol, Steve Aoki, The Kooks, The Chainsmokers, Rudimental, Three Days Grace, Young The Giant, Pitty, Molotov, Carnage, Childish Gambino, O Terno, Mombojó, Far From Alaska, Victor Ruiz AV Any Mello, Big Gigantic, Fatnotronic, Chemical Surf e Scalene.

Uma novidade importante do dia 28 é que o show de Marina and the Diamonds foi cancelado de última hora. Segundo a organização do Lollapalooza ela permaneceu no aeroporto de Nova York por um período de sete horas, já que havia sido informada que o seu vôo havia sido adiado. Após a espera, porém, foi informada que o mesmo havia sido cancelado.

Fora da parte musical, um atração de destaque do Lollapalooza é o espetáculo interativo Fuerza Bruta, sucesso em todo o mundo. As performances serão realizadas entre um show e outro nos dois dias do festival.

Para os fãs que desejam adquirir ingresso para apenas um dia de festival, o Lolla Day custa R$ 340,00 (inteira) e R$ 170,00 (meia-entrada). Para o segundo lote, os preços serão de R$ 380,00 (inteira) e R$ 190,00 (meia-entrada).

Estão disponíveis também ingressos do 2º lote do Lolla Pass. As entradas, que dão acesso aos dois dias de festival, custam R$ 660,00 (inteira) e R$ 330,00 (meia-entrada).

Quem quisesse aproveitar o festival de uma maneira diferenciada, também poderia garantir o serviço exclusivo do Sempre Livre Lolla Lounge, que dá direito a transporte até o autódromo, open bar, snack bar, buffet de jantar, área de relax, banheiros exclusivos e after party de uma hora após o término do evento. O Sempre Livre Lolla Lounge Pass (2 dias de festival) custa R$ 800,00 e o Lolla Lounge Day (1 dia de festival) custa R$ 450,00, não incluindo o valor do ingresso. Este tipo de vantagem, porém, já está esgotado.

A única bilheteria para compra e retirada de ingressos ficará no Portão 7 (Avenida Senador Teotônio Vilela). Haverá um rígido controle nos portões de acesso ao Autódromo. Os ingressos oficiais possuem diversos itens de segurança que serão verificados na hora da entrada do público. A organização não se responsabiliza por ingressos adquiridos fora dos pontos de vendas oficiais e reforça que ingressos falsos não serão aceitos.

Importante ressaltar que a previsão do tempo para os dois dias do festival traz um cenário de chuvas a partir do fim da tarde. Quem já viu o que aconteceu no show que o Iron Maiden em 2009, também num mês de março, lembra muito bem da lama inacreditável que se formou perto os palcos. Portanto, é bom se preparar.

Outro detalhe importante é a distância entre os palcos. Para que o som de um show não atrapalhe o outro, há uma distância grande para percorrer no extenso autódromo.

O festival contará com as tradicionais áreas de descanso e grandes opções de alimentação, além do Kidzapalooza, espaço dedicado às crianças com line-up exclusivo e atrações especiais. Food Trucks e bares estarão espalhados pelo Autódromo e no Chef Stage haverá um cardápio variado, elaborado por 24 Chefs renomados.

Tal qual o evento de 2014, a opção de transporte recomendada é o transporte público, apesar de haver estacionamento no local.

Para quem vai de trem, é só pegar a Linha 9 – Esmeralda e desembarcar na estação Autódromo, que fica aberta até 1 hora da manhã do domingo e até a zero hora do último dia do festival. O portão mais próximo para entrada é o 9.

Se o fã preferir ir de ônibus, a SPTrans possui diversas linhas para o Autódromo de Interlagos, que estarão sinalizadas. Verifique no site http://www.sptrans.com.br. Na hora de ir embora, haverá uma linha especial de ônibus com destino ao Terminal Santo Amaro com dois pontos de embarque: Avenida Senador Teotônio Vilela (Portão 8) e Avenida Jacinto Julio (Portão 9). Funcionará no sábado, das 21 horas às 2 horas do dia seguinte, e no domingo, das 20 horas até a 1 da manhã da segunda-feira.

Para quem vai de carro, o estacionamento no Autódromo de Interlagos vale somente para quem adquiriu este serviço no site da Tickets For Fun. A entrada de carros para quem tem o ticket de estacionamento será pelo Portão G.

Se você vai de táxi, pode descer próximo aos 3 portões de acesso do festival: TL, 8 e 9. Na hora de ir embora, serão montados pontos especiais de táxi nesses portões para facilitar sua volta pra casa.

Para quem não puder ir ao festival, haverá a opção da TV e da transmissão pela internet, ambas pelo canal fechado Multishow, que ainda terá o reforço do canal Bis para shows que acontecem simultaneamente. Na TV aberta, a Globo promete passar os melhores momentos durante a madrugada.

O leitor do Roque Reverso poderá acompanhar detalhes do festival também no nosso Twitter e no nosso canal do Facebook. Set list, atrasos e novidades importantes poderão ser vistas com maior rapidez nesses locais. Nos dias seguintes, traremos também as tradicionais resenhas dos principais shows de rock.

O Lollapalooza teve três edições com sucesso de público em 2012, 2013 e 2014 no Brasil. Se, no primeiro ano, a grande atração foi o ótimo show do Foo Fighters, em 2013, o festival contou com apresentações memoráveis do Queens of The Stone Age e do Pearl Jam. Em 2014, também ficaram marcadas apresentações como as do Soundgarden, New Order e do Arcade Fire.

Confira abaixo os horários da edição de 2015 e mapa elaborado pela organização (clique para ampliar):

Mapa do Lollapalooza 2015

28 de março – Sábado

Palco Skol
12h05 – 12h50 – Baleia
13h45 – 14h45 – Banda do Mar
15h55 – 16h55 – Alt-J
18h20 – 19h35 – Robert Plant and The Sensational Space Shifters
21h15 – 23h – Jack White

Palco Onix
12h55 – 13h40 – Bula
14h50 – 15h50 – Fitz and The Tantrums
17h – 18h15 – Kasabian
19h40 – 21h10 – Skrillex

Palco Axe
12h30 – 13h30 – Zimbra
14h – 15h – Boogarins
15h30 – 16h30 – Nem Liminha Ouviu
17h15 – 18h15 – St. Vincent
18h45 – 19h45 – Marcelo D2
20h15 – 21h15 – Kongos
21h45 – 23h – Bastille

Palco Perry
13h – 14h – DJ Anna
14h15 – 15h15 – Vintage Culture
15h30 – 16h30 – E-cologik Vs Jakko
16h45 – 17h45 – DJ Snake
18h15 – 19h30 – Dillon Francis
20h – 21h – Ritmo Machine
21h30 – 22h45 – Major Lazer

Palco Kidzapalooza
13h30 – 14h30 – School of Rock – Hot Dogs for Free
15h – 16h30 – B-Boyz
17h – 18h15 – DJ Chemical Surf

29 de março – Domingo

Palco Skol
11h50 – 12h35 – Scalene
13h30 – 14h15 – Molotov
15h25 – 16h25 – Interpol
17h35 – 18h50 – Foster The People
20h15 – 22h – Pharrell Williams

Palco Onix
12h40 – 13h25 – Far From Alaska
14h20 – 15h20 – Rudimental
16h30 – 17h30 – The Kooks
18h55 – 20h10 – Calvin Harris

Palco Axe
12h – 12h30 – Dr. Pheabes
13h – 14h – Mombojó
14h30 – 15h30 – O Terno
16h – 17h – Three Days Grace
17h30 – 18h30 – Pitty
19h – 20h – Young The Giant
20h30 – 22h – The Smashing Pumpkins

Palco Perry
12h15 – 13h – Chemical Surf
13h15 – 14h – Fatnotronic
14h15 – 15h – Victor Ruiz AV Any Mello
15h15 – 16h15 – Big Gigantic
16h30 – 17h30 – Carnage
17h45 – 18h45 – The Chainsmokers
19h15 – 20h15 – Childish Gambino
20h45 – 22h – Steve Aoki

Palco Kidzapalooza
13h30 – 14h30 – School of Rock – Banda Malaguetas
15h – 16h30 – B-Boyz
17h – 18h15 – DJ E-cologyk Vs Jakko

27
mar
15

Novo álbum do Matanza sairá na 1ª quinzena de abril

Matanza - Reprodução da capa do disco "Pior Cenário Possível"O grupo brasileiro Matanza lançará seu novo álbum na primeira quinzena de abril de 2015. “Pior Cenário Possível” é o nome do disco, cuja capa pode ser vista ao lado.

Será o sétimo álbum do grupo carioca de countrycore. Sucederá o disco “Thunder Dope” de 2012.

“Pior Cenário Possível” é composto por 10 faixas inéditas e foi produzido por Rafael Ramos.

A arte da capa do disco é do guitarrista Donilda, que deixou os palcos em 2008 para dedicar-se exclusivamente à composição do material da banda.

Em 2015, o Matanza anunciou a saída do baixista China, que foi substituído por Don Escobar. Antes de sair, China chegou a participar da gravação do álbum novo.

Antes do lançamento oficial, o grupo vem divulgando algumas faixas por meio de clipes veiculados no YouTube. A primeira delas foi “Sua Assinatura”.

A segunda música divulgada foi “O Que Está Feito, Está Feito”. A terceira e mais recente foi “Matadouro 18”, cujo clipe foi filmado durante as gravações do disco no estúdio Tambor (Rio de Janeiro), com imagens de Felipe Diniz e edição de Lígia Ramos.

Num cenário no qual o rock nacional dificilmente emplaca músicas de impacto com bandas mais recentes, o Matanza é uma exceção e tem um número de fãs em quantidade nada desprezível.

Em dezembro de 2014, o grupo do vocalista Jimmy London promoveu mais um Matanza Fest e trouxe como banda convidada especial nada menos que o Biohazard. No show de São Paulo, o público do Matanza dividiu o espaço com o do Biohazard, que fez mais uma de suas apresentações vibrantes.

Veja abaixo, do mais recente para o mais antigo, os três clipes novos do Matanza:

26
mar
15

Muse libera faixa ‘Dead Inside’, que fará parte de novo álbum previsto para junho

Muse - Foto: DivulgaçãoO Muse continua na campanha de divulgação de seu novo álbum, que está previsto para o meio do ano. Desta vez, a banda britânica liberou aos fãs a faixa “Dead Inside”.

É a segunda música do novo disco veiculada no YouTube em forma de lyric video. A primeira foi “Psycho”, que você viu aqui no Roque Reverso.

“Drones” é o nome do álbum novo. O lançamento está previsto para o dia 8 de junho.

Será o sétimo disco de estúdio do grupo e sucederá “The 2nd Law”, de 2012.

A produção do disco ficou por conta da banda e de Robert John “Mutt” Lange.

Nos bastidores, a informação que corre solta é que o Muse volta ao Brasil em 2015 e tocará em São Paulo no Allianz Parque, nova arena do Palmeiras.

Entretanto, no site da banda não há nada confirmado oficialmente.

Veja abaixo o lyric video da música “Dead Inside”:

25
mar
15

Whitesnake libera faixa ‘Burn’, presente no álbum novo que fará tributo ao Deep Purple

Whitesnake - Foto: DivulgaçãoO Whitesnake liberou no YouTube a faixa “Burn”, que estará presente no novo disco da banda “The Purple Album”, previsto para ser lançado no dia 15 de maio na Europa e no dia 19 do mesmo mês nos Estados Unidos.

Tal qual a música “Stormbringer”, cujo clipe foi veiculado no fim de fevereiro pelo grupo no YouTube, “Burn” traz o Whitesnake dando uma repaginada no clássico do Deep Purple e tende a fazer muita gente torcer o nariz, justamente porque mexe com algumas daquelas gravações sagradas do rock.

De imediato, dá para notar um tom mais grave das guitarras do que na tradicional faixa do Purple.

Outro detalhe é que o vocal de Coverdale, tal qual já foi observado em “Stormbringer” está diferente e, para muitos, mostra claramente que a idade já está fazendo diferença na performance daquele que já foi considerado uma das maiores vozes do rock.

“The Purple Album” será o décimo segundo disco de estúdio do Whitesnake. Como o próprio título indica, é um trabalho que pretende trazer reeleituras feitas pelo Whitesnake de canções do lendário Deep Purple.

As releituras são para músicas da fase que Coverdale, esteve no Deep Purple, entre 1973 e 1976. No grupo, ele cantou nos discos “Burn” (1974), “Stormbringer” (1974) e “Come Taste the Band” (1975).

No disco novo que faz o tributo ao Purple, o Whitesnake traz clássicos como a própria “Stormbringer”, “Burn”, “Soldier of Fortune”, “Might Just Take Your Life” e “Mistreated”, entre outras.

A versão em CD simples traz 13 músicas, mas uma edição de luxo que traz duas faixas bônus: “Lady Luck” e “Comin’ Home”. Os fãs ainda terão junto com o álbum um DVD com vídeos com os clipes de “Lady Double Dealer”, “Sail Away”, “Stormbringer” e “Soldier Of Fortune”, além de cenas por trás das gravações.

Escute abaixo o Whistesnake tocando “Burn”:

24
mar
15

Rock in Rio confirma edições de 2017 e 2019 e anuncia nomes do Palco Sunset para 2015

Palco SunsetOs organizadores do Rock in Rio anunciaram nesta terça-feira, dia 24 de março, as atrações do Palco Sunset, palco secundário do festival e que costuma trazer encontros, alguns deles inusitados, entre grandes nomes da música nacional e internacional e novos artistas. Entre os nomes de destaque, estão o Ministry, o Korn, o Deftones e o guitarrista Steve Vai.

Também foram confirmados outros nomes importantes do rock, como Dee Snider (vocalista do Twisted Sister), Doro Pesch, Nação Zumbi, Ira!, Angra, Michael Kiske, Moonspell, Lamb of God, Derrick Green e Nightwish.

Além dos artistas que integrarão o palco secundário, os produtores informaram que firmaram com a Prefeitura do Rio de Janeiro acordo para mais duas edições do festival na capital fluminense.

Os próximos festivais serão realizados em 2017 e 2019. A informação é bastante positiva e mostra que, a despeito de todas as toneladas de notícias negativas sobre a economia nacional que vêm sendo veiculadas por uma parte da imprensa que só quer ver o caos, há empresários que conseguem enxergar possibilidades interessantes para o País.

Quem se lembra da edição de 2013 do Rock in Rio, vai reconhecer que o Palco Sunset abrigou grandes apresentações e chegou até a surpreender. Shows do Living Colour e do grupo The Offspring foram só alguns que levaram o público ao delírio.

Na edição de 2015, serão, ao todo, 23 artistas internacionais e 18 nomes nacionais, que se apresentarão em 28 encontros, ao longo dos sete dias do festival. Convidados especiais como Korn, John Legend, Magic! e o Deftones se apresentarão individualmente.

Entre as parcerias de palco, o Ministry, que fez grande show no começo de março em São Paulo, receberá o cantor Burton C. Bell, do Fear Factor, no mesmo dia do show do Metallica no Palco Principal. Na mesma data, o Angra receberá ninguém menos que o vocalista do Twisted Sister, Dee Snider, e a cantora Doro Pesch.

Em comemoração aos 30 anos do Rock in Rio, o show que encerra o primeiro dia de apresentações no palco será uma homenagem à saudosa cantora Cassia Eller.

Os shows do Sunset começarão sempre a partir das 15h15. Devem terminar sempre antes do início das apresentações no Palco Mundo.

Por enquanto, conforme o que foi passado pelos organizadores, a distribuição das atrações do Palco Sunset está assim:

• Dia 18/9 -> Homenagem a Cassia Eller/ Lenine + Nação Zumbi + Martin Fondse / Ira! + Convidado / Donica + Arthur Verocai
• Dia 19/9 -> Korn / Ministry + Burton C. Bell / Angra + Dee Snider + Doro Pesch / Noturnall + Michael Kiske
• Dia 20/9 -> John Legend / Magic! / Baby do Brasil + Convidado / Alice Caymmi + Eumir Deodato
• Dia 24/9 -> Deftones / Lamb of God / Halestorm + convidado / Project 46 + John Wayne
• Dia 25/9 -> Steve Vai + Camerata Florianópolis / Nightwish + Jukka Nevelaine / Moonspell + Derrick Green / Clássicos do Terror (com André Abujamra, André Moraes, Constantine Maroullis e The Heavy Metal Allstars)
• Dia 26/9 -> Sergio Mendes + Convidado / Angelique Kidjo + Convidado / Erasmo Carlos + Ultraje a Rigor / Brothers of Brazil + Convidado
• Dia 27/9 -> Atração a confirmar / Al Jarreau + Convidado / Aurea + Boss AC / Suricato + Raul Midón

Palco Mundo quase completo

O Rock in Rio de 2015  será realizado no Rio de Janeiro em setembro, nos dias 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27. Com a confirmação de Rod Stewart no dia 20 de março, todos os headliners do festival foram definidos no Palco Principal e ele está quase completo.

No dia 18, quem fecha a noite será o Queen, com Adam Lambert nos vocais. Tocarão ainda o OneRepublic, The Script e uma infinidade de atrações nacionais que vão se revezar no Palco Mundo, num momento que fará um revival dos 30 anos.

No dia 19, é a vez do Metallica ser o headliner de uma das noites do rock pesado pela terceira edição consecutiva. Desta vez, a banda norte-americana terá a companhia do Mötley Crüe, do Royal Blood e do Gojira no palco principal.

No dia 20, só há por enquanto o nome de Rod Stewart, mas, no dia 24, o rock pesado volta. O System of a Down vem como atração principal e terá a companhia do Queens of The Stone Age e do Holywood Vampires, banda formada por ninguém menos que Alice Cooper, Johnny Depp e Joe Perry (Aerosmith). O grupo brasileiro CPM 22 tende a ser a banda deslocada da vez, já que não tem nada a ver com os demais.

No dia 25 de setembro, o peso continua, já que tocarão o De La Tierra, o Mastodon, o Faith No More e o headliner Slipknot.

No dia 26, a cantora pop Rihanna será a atração principal e terá a companhia de Sam Smith. No dia 27, é a vez de Kate Perry ser a headliner, depois das apresentações do grupo norueguês A-ha, e da banda brasileira Cidade Negra.

A edição comemorá os 30 anos do primeiro festival no Brasil, realizado em 1985. Após o esgotamento de 100 mil Rock in Rio Cards no dia 18 de novembro de 2014, as vendas para o público em geral começam logo após o término do tempo de escolha de quem comprou o Card, somente em abril de 2015, no dia 9.

O valor estipulado para os Rock in Rio Cards foi de R$ 320,00 (inteira) e R$ 160,00 (meia-entrada). Na fase comum de vendas, os ingressos custarão R$ 350,00 (inteira) e R$ 175,00 (meia-entrada)

Os fãs que compraram o cartão em novembro podem validar suas entradas desde este dia 3 de março. Têm o privilégio de escolher a data que pretendem usá-lo, por meio do site http://www.ingresso.com, antes que a venda oficial de ingressos seja aberta ao público em geral.

Cada cliente pode associar até quatro Rock in Rio Card, sendo até uma meia-entrada. É necessário ter cadastro na Ingresso.com e informar o CPF do comprador. Os clientes que adquiriram meia-entrada terão que apresentar o documento informado no momento da compra no acesso à Cidade do Rock, no dia do festival. A entrada para o Rock in Rio permite acesso a todas as áreas comuns e atrações do festival.

Clientes portadores do Rock in Rio Club e de cartões específicos do Itaucard já podem adquirir ingressos por meio da pré-venda e com desconto.

23
mar
15

Anthrax lança nova música que fará parte de mixtape da série ‘Game of Thrones’

Anthrax - Reprodução de desenho relacionado a mixtape "Catch The Throne"Para alegria dos fãs do bom e velho thrash metal, o Anthrax está de música nova. “Soror Irrumator” é o nome da faixa, que representa a contribuição da banda norte-americana para a mixtape “Catch The Throne”, feita para a quinta temporada da badalada série de TV “Game of Thrones”.

A música está disponível no iTunes e também via streaming no SoundCloud.com, mas vazou no YouTube.

O líder e guitarrista do Anthrax, Scott Ian também deu dicas de que “Soror Irrumator” poderá ser vista no novo álbum que a banda deve lançar em 2015.

Em entrevista na Finlândia, disse que a música era uma faixa que já havia sido escrita para o novo disco, que sucederá o bom álbum “Worship Music”, de 2011.

Por sinal, quem escuta a música “Soror Irrumator” tem a sensação de que ela tem alguma ligação com o estilo do disco de 2011 do Anthrax.

Vale lembrar que o Anthrax chegou a lançar coisas novas depois de “Worship Music”. Primeiro, em 2013, a banda trouxe o bom EP de covers “Anthems”. Depois foi a vez de o grupo participar, com a faixa “Neon Knights”, do disco “This Is Your Life”, que fez, em 2014, um tributo a Ronnie James Dio.

Em 2012 e 2013, a banda norte-americana passou pelo Brasil. O HSBC Brasil, em São Paulo, foi palco de grandes apresentações tanto no ano retrasado, quando a abertura foi do Testament, como em 2012, quando quem abriu foi o Misfits.

Ouça a nova faixa do Anthrax:

22
mar
15

50 anos do álbum ‘Bringing It All Back Home’, de Bob Dylan

"Bringing It All Back Home" - Reprodução da CapaO dia 22 de março de 2015 marca os 50 anos do álbum “Bringing It All Back Home”, do lendário cantor e compositor Bob Dylan. Há nada menos que 5 décadas, o disco serviu como uma espécie de divisor de águas na carreira do norte-americano. Tudo porque foi por meio deste trabalho que Dylan começou a deixar em segundo plano o estilo de música amparado no movimento folk de protesto que havia marcado inicialmente a carreira para entrar de cabeça no rock com letras mais pessoais e introspectivas.

Para muitos, o álbum não apenas trouxe uma alteração radical na carreira de Dylan como também teria mudado o próprio rock n’ roll e a cultura pop. O disco foi na época aclamado pela crítica e serviu para o compositor se transformar numa figura ainda mais influente para outras bandas do rock.

“Bringing It All Back Home” é o quinto álbum de Dylan. Foi gravado em Nova York no estúdio da Columbia Records entre os dias 13 e 15 de janeiro de 1965, poucos meses antes de seu lançamento.

O LP original é dividido num Lado A com som elétrico e 11 músicas e um Lado B com som acústico e 4 canções.

No Lado A, duas músicas de destaque são “Subterranean Homesick Blues”, que traz um dos clipes mais copiados da história da música, e “Maggie’s Farm”. No Lado B, “Mr. Tambourine Man” dispensa comentários e é simplesmente uma das músicas mais conhecidas de Dylan.

O disco está na lista dos 200 álbuns definitivos no Rock and Roll Hall of Fame. Na época do lançamento, ficou no sexto lugar nas paradas da Billboard e também liderou listas de álbuns do Reino Unido.

Para comemorar os 50 anos do clássico disco de Bob Dylan, o Roque Reverso descolou vídeos no YouTube. Assista inicialmente um ainda de 1964, com “Mr. Tambourine Man” ao vivo. Depois, fique com o de “Subterranean Homesick Blues”.

21
mar
15

Clipe de ‘Stormbringer’ é o primeiro ligado a novo álbum do Whitesnake que faz tributo ao Deep Purple

"The Purple Album" - Reprodução da CapaO Whitesnake lançou recentemente o clipe da música “Stormbringer”. É o primeiro ligado ao novo disco “The Purple Album”, previsto para ser lançado no dia 15 de maio na Europa e no dia 19 do mesmo mês nos Estados Unidos.

No vídeo, postado no YouTube no fim de fevereiro, os fãs do Whitesnake já podem ver a participação do novo guitarrista Joel Hoekstra, anunciado em agosto de 2014 como substituto de Doug Aldrich, que deixou o grupo em maio.

“The Purple Album”, cuja capa pode ser vista ao lado, será o décimo segundo disco de estúdio do Whitesnake. Como o próprio título indica, é um trabalho que pretende trazer reeleituras feitas pelo Whitesnake de canções do lendário Deep Purple.

O detalhe é que as releituras são para músicas da fase que o vocalista do Whitesnake, David Coverdale, esteve no Deep Purple. Isso chegou a gerar críticas dos mais exigentes, que gostariam de algo diferente do óbvio e que chegaram a classificar a atitude de Coverdale & Cia como “caça-níquel”.

O vocalista esteve no Deep Purple entre 1973 e 1976. No grupo, ele cantou nos discos “Burn” (1974), “Stormbringer” (1974) e “Come Taste the Band” (1975).

“É um tributo. Uma homenagem”, disse Coverdale. “É um grande muito obrigado meu para o Deep Purple pela oportunidade que ganhei 40 nos atrás”, destacou.

No disco novo que faz o tributo ao Purple, o Whitesnake traz clássicos como a própria “Stormbringer”, “Burn”, “Soldier of Fortune”, “Might Just Take Your Life” e “Mistreated”, entre outras.

A versão em CD simples traz 13 músicas, mas uma edição de luxo que traz duas faixas bônus: “Lady Luck” e “Comin’ Home”. Os fãs ainda terão junto com o álbum um DVD com vídeos com os clipes de “Lady Double Dealer”, “Sail Away”, “Stormbringer” e “Soldier Of Fortune”, além de cenas por trás das gravações.

Veja abaixo o clipe do Whistesnake e a lista de faixas do disco novo:

Tracklist

1. Burn
2. You Fool No One
3. Love Child
4. Sail Away
5. The Gypsy
6. Lady Double Dealer
7. Mistreated
8. Holy Man
9. Might Just Take Your Life
10. You Keep On Moving
11. Soldier Of Fortune
12. Lay Down Stay Down
13. Stormbringer
14. Lady Luck (Bônus)
15. Comin Home (Bônus)

20
mar
15

Rock in Rio confirma Rod Stewart, Sam Smith, The Script e Gojira

Rod Stewart - Foto: DivulgaçãoO número de atrações do Rock in Rio vai aumentando e os organizadores continuam surpreendendo. Na sexta-feira, dia 20 de março, quatro nomes de uma fez foram confirmados para a edição de setembro no Brasil: os cantores Rod Stewart e Sam Smith, além dos grupos The Script e Gojira.

A volta do veterano Rod Stewart é, sem sombra de dúvida, o maior destaque, já que o britânico tocou na primeira edição do festival, em 1985.

Em 2015, quando o evento comemorará 30 anos em terras brasileiras, o cantor será o headliner do dia 20 de setembro, no Palco Mundo.

Maior vencedor do Grammy 2015, o cantor Sam Smith se apresentará na noite do dia 26.

O grupo  irlandês de pop rock The Script tocará no dia 18, que abrirá o festival, e banda francesa de metal Gojira foi escalada para o dia 19.

O festival de 2015  será realizado no Rio de Janeiro em setembro, nos dias 18, 19, 20, 24, 25, 26 e 27. Com a confirmação de Rod Stewart, todos os headliners do festival foram definidos.

No dia 18, quem fecha a noite será o Queen, com Adam Lambert nos vocais. Tocarão ainda o OneRepublic, The Script e uma infinidade de atrações nacionais que vão se revezar no Palco Mundo, num momento que fará um revival dos 30 anos.

No dia 19, é a vez do Metallica ser o headliner de uma das noites do rock pesado pela terceira edição consecutiva. Desta vez, a banda norte-americana terá a companhia do Mötley Crüe, do Royal Blood e do Gojira no palco principal.

No dia 20, só há por enquanto o nome de Rod Stewart, mas, no dia 24, o rock pesado volta. O System of a Down vem como atração principal e terá a companhia do Queens of The Stone Age e do Holywood Vampires, banda formada por ninguém menos que Alice Cooper, Johnny Depp e Joe Perry (Aerosmith). O grupo brasileiro CPM 22 tende a ser a banda deslocada da vez, já que não tem nada a ver com os demais.

No dia 25 de setembro, o peso continua, já que tocarão o De La Tierra, o Mastodon, o Faith No More e o headliner Slipknot.

No dia 26, a cantora pop Rihanna será a atração principal e terá a companhia de Sam Smith. No dia 27, é a vez de Kate Perry ser a headliner, depois das apresentações do grupo norueguês A-ha, e da banda brasileira Cidade Negra.

O artista John Legend, do estilo R&B é o único da lista anunciada que não tocará no Palco Mundo. Vai se apresentar no Palco Sunset no dia 20 de setembro.

A edição comemorá os 30 anos do primeiro festival no Brasil, realizado em 1985. Após o esgotamento de 100 mil Rock in Rio Cards no dia 18 de novembro de 2014, as vendas para o público em geral começam logo após o término do tempo de escolha de quem comprou o Card, somente em abril de 2015, no dia 9.

O valor estipulado para os Rock in Rio Cards foi de R$ 320,00 (inteira) e R$ 160,00 (meia-entrada). Na fase comum de vendas, os ingressos custarão R$ 350,00 (inteira) e R$ 175,00 (meia-entrada)

Os fãs que compraram o cartão em novembro podem validar suas entradas desde este dia 3 de março. Têm o privilégio de escolher a data que pretendem usá-lo, por meio do site http://www.ingresso.com, antes que a venda oficial de ingressos seja aberta ao público em geral.

Cada cliente pode associar até quatro Rock in Rio Card, sendo até uma meia-entrada. É necessário ter cadastro na Ingresso.com e informar o CPF do comprador. Os clientes que adquiriram meia-entrada terão que apresentar o documento informado no momento da compra no acesso à Cidade do Rock, no dia do festival. A entrada para o Rock in Rio permite acesso a todas as áreas comuns e atrações do festival.

Clientes portadores do Rock in Rio Club e de cartões específicos do Itaucard já podem adquirir ingressos por meio da pré-venda e com desconto.

Rod Stewart merece um destaque à parte dos nomes anunciados no dia 20 de março. Com mais de cinco décadas de carreira, o cantor já vendeu 250 milhões de cópias de seus álbuns em todo o mundo. Seu nome foi colocado duas vezes na Rock’n’Roll Hall of Fame. O artista foi indicado a 18 nomeações ao Grammy Award e, em 2007, recebeu da Rainha da Inglaterra o título de Commander of the British Empire.

Em 2012, sua biografia estava, segundo o The New York Times, entre os livros mais vendidos do país. No ano seguinte, Stewart lançou seu primeiro álbum de rock após 12 anos, “Time”, com 11 faixas originais que marcam o retorno do artista como compositor após quase duas décadas.

Para celebrar o retorno de Rod Stewart fique com dois clipes clássicos do cantor. Para começar, veja o vídeo de “Baby Jane”. Para fechar, assista ao clipe de “Sailing”.




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se aos outros seguidores de 102

março 2015
D S T Q Q S S
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias

Follow Roque Reverso << on WordPress.com