Posts Tagged ‘Yoko Ono

26
set
19

50 anos do essencial e memorável ‘Abbey Road’, clássico álbum dos Beatles

Por Roberto Carlos dos Santos*

Os Beatles, em sua jornada meteórica e espetacular, deixaram alguns discos memoráveis: “Rubber Soul”, “Revolver”, “Sgt. Pepper’s Lonely Hearts Club Band” e o chamado “Álbum Branco” estão presentes em qualquer lista de maiores discos de rock de todos os tempos. Ao lado deles está “Abbey Road” – que, neste dia 26 de setembro de 2019, completa 50 anos de lançamento.

O 12º álbum da banda britânica tem o mesmo nome da rua em Londres na qual está localizado o Abbey Road Studios. Antigamente chamado de EMI Studios, foi palco de momentos históricos dos Beatles – como a gravação de “All You Need Is Love”, na primeira transmissão mundial ao vivo via satélite, em junho de 1967.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

25
jun
12

Thurston Moore apresenta nova banda com música inspirada em Burroughs

O guitarrista e vocalista Thurston Moore, do Sonic Youth, não perdeu muito tempo para montar uma nova banda pouco depois de  seu divórcio com Kim Gordon, baixista e vocalista do histórico conjunto de rock alternativo. Ele lançou um outro projeto, o Chelsea Light Moving, e liberou, no dia 22 de junho, a música de estreia no blog do novo grupo.

A faixa “Burroughs” tem, é claro, inspiração em William S. Burroughs, norte-americano considerado um dos maiores escritores da chamada “Geração Beat”. Foi gravada e mixada em maio por Justin Pizzoferrato.

No Chelsea Light Moving, Moore tem ao seu lado o guitarrista Keith Wood, a baixista Samara Lubelski e o baterista John Moloney.

Apesar do rompimento da união conjugal com Kim Gordon, o ex-casal tem gravado material novo com nada menos que Yoko Ono, viúva de John Lennon. Quanto ao Sonic Youth, que passou pelo Brasil no SWU de 2011, nenhuma novidade, por enquanto: tudo parado e sem perspectivas de um retorno.

Escute abaixo a faixa “Burroughs”, do Chelsea Light Moving:

10
out
10

Bem-vindos a Nutopia – o legado de John Lennon

Não tem jeito. O Flavio sempre se antecipa. Mas quem irá condená-lo? Enquanto passei o sábado pensando em algo para escrever sobre o dia em que John Lennon completaria 70 anos, ele já havia feito mais que sua parte, como de costume.

Já se aproximava da meia-noite e eu tentava me lembrar de algo que pudesse resumir não apenas a música de John, mas também seu pensamento, suas lutas – algo que representasse a alegria da vida, não a tristeza da morte.

Assistia a um documentário sobre ele em algum canal a cabo e, em meio à narrativa da perseguição empreendida pelo governo dos Estados Unidos para calá-lo, John Lennon nem tão de repente assim aparece ao lado de Yoko Ono quando o casal revelava ao mundo a fundação de Nutopia, provavelmente a mais criativa reivindicação de imunidade diplomática da história.

Aconteceu em 1 de abril de 1973. Na época, o governo da degringolândia, obviamente incomodado com o ativismo do ex-Beatle pela paz, fazia um esforço monumental e infrutífero para deportá-lo. Depois de idas e vindas ao Departamento de Imigração dos EUA, John e Yoko apresentaram os fundamentos de seu país conceitual:

“Nós anunciamos o surgimento de um país conceitual, chamado Nutopia. A cidadania deste país pode ser obtida pela (simples) declaração de sua consciência (quanto à existência) de Nutopia. Nutopia não possui território, não tem fronteiras, não emite passaportes; possui apenas gente. Nutopia não dispõe de nenhuma lei além das leis cósmicas. Todas as pessoas de Nutopia são embaixadoras do país”.

E concluíram: “Na condição de embaixadores de Nutopia, nós pedimos imunidade diplomática e reconhecimento, pela ONU, de nosso país e de seu povo”.

A bandeira do país, claro, é branca e aparece reproduzida acima.

Nada, em minha opinião, resume melhor o legado de John Lennon à humanidade e a seu tempo.

É possível tornar-se cidadão de Nutopia pela internet, no site www.joinnutopia.com. Basta declarar consciência.

09
out
10

John Lennon faria 70 anos neste sábado

Depois das recentes lembranças de 40 anos das mortes de Jimi Hendrix e de Janis Joplin, nada mais merecido do que a lembrança de que, neste sábado, dia 9 de outubro de 2010, John Lennon faria 70 anos de idade, se um idiota não tivesse assassinado um dos maiores caras da história do rock e da música. O ex-beatle morreu no dia 8 de dezembro de 1980, em frente ao edifício em que morava, em Nova York, depois de ser acertado por 4 tiros de revólver calibre 38.

Qualquer ser amante da música sabe da importância que Lennon tem para a cultura mundial. Não esquecemos também de seu posicionamento político e das lutas que promoveu a favor da paz, numa época em que os Estados Unidos passavam, mais uma vez, por uma fase negra de sua história, com a guerra contra o Vietnã.

Entre as comemorações para celebrar o aniversário de Lennon estão exposições, shows e cerimônias em diferentes cidades do mundo. Em Liverpool, cidade natal do músico, será feita a maior homenagem, com mais de 20 eventos nos próximos dois meses.

De sábado a 9 de dezembro, dia seguinte ao 30º aniversário de sua morte, o artista britânico terá apresentações musicais em sua lembrança, entre elas uma organizada pela orquestra filarmônica real da cidade, sessões de leituras e espetáculos no Cavern Club, onde os Beatles foram descobertos. Um monumento pela paz deve também ser inaugurado no local no sábado por um de seus filhos, Julian, e por sua primeira mulher Cynthia.

Na Islândia, sua última companheira, Yoko Ono, acenderá no sábado perto de Reykjavik a torre “Imagine Peace”, memorial que ela dedicou a Lennon. Também a Yono Ono Plastic Band, que foi trazida de volta no ano passado com seu filho Sean Ono Lennon, fará uma apresentação.

Em Nova York, uma “festa de aniversário” será realizada hoje em City Winery com as apresentações de várias de suas músicas. Tudo isso antes de um grande show, no dia 12 de novembro, no qual se apresentarão figuras da música, como Patti Smith e Cyndi Lauper.

Ainda nos Estados Unidos, o Hall da Fama do Rock and Roll, em Cleveland, também celebrará este aniversário com várias manifestações, entre elas a exibição de imagens da cerimônia de inclusão de Lennon, como beatle, em 1988, e depois como artista solo, em 1994.

Para homenagear Lennon, o Roque Reverso traz a música que ele compôs há mais de 30 anos e que até hoje é algo bastante atual para este mundo. Veja abaixo o clássico vídeo de “Imagine”, que traz mensagens que o ser humano poderia usar com maior frequência em sua vida para tornar o mundo melhor.




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 104 outros seguidores

dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias