Posts Tagged ‘Raven

21
mar
14

Veja mais informações sobre o show do Metallica em SP; escute a nova música em versão demo

Enquanto alguns seres do planeta Marte vão realizar no sábado, dia 22, a tal da Marcha da Família com saudades da ditadura, 65 mil pessoas estarão no Estádio do Morumbi, em São Paulo, vendo o Metallica. A banda norte-americana de thrash metal volta à capital paulista pela turnê “Metallica By Request”, na qual o fã escolhe o set list executado.

Aqui no Roque Reverso, você viu que, de maneira diferente da que era imaginada por fãs antigos do Metallica que foram a apresentações anteriores da banda em território nacional, o repertório vencedor não trouxe grandes surpresas. Tudo porque a maioria esmagadora das 17 canções determinadas pela votação já foi executada no País.

A exceção ficou por conta de “Whiskey in the Jar”, música cover que jamais foi tocada pelo grupo no Brasil. Entre as mais votadas, as obrigatórias “Master of Puppets” e “One”, seguidas por “Enter Sandman” e “Fade to Black”.

No dia 16 de março, em Bogotá, o Metallica fez primeiro show de sua turnê na América do Sul. Conforme o prometido, a tocou as faixas escolhidas pelo público na internet e lançou uma música nova ao vivo.

Denominada “Lords of Summer”, a canção é pesada e longa, com mais de 8 minutos de duração.

Como se não bastasse o início da turnê e a música nova, o Metallica trouxe mais uma novidadea: o público foi liberado a escolher uma última faixa para o show, que foi votada durante a apresentação!!! O set list manteve as 18 músicas prometidas, mas houve a abertura de uma votação entre as canções que ficaram da décima sétima posição para baixo, uma espécie de repescagem entre as faixas que ficaram até décima nona posição.

“Ride The Lightning”, que era exatamente a décima sétima, bateu “The Day That Never Comes”, a décima oitava, e “Whiskey in the Jar”, a décima nona.

O repertório da apresentação na capital colombiana foi bem votado e trouxe grandes clássicos: “Blackened”/”Master Of Puppets”/”Welcome Home (Sanitarium)”/”Fuel”/”The Unforgiven”/”The Lords Of Summer”/”…And Justice For All”/”Sad But True”/”Fade To Black”/”Orion”/”One”/”For Whom The Bell Tolls”/”Battery”/”Nothing Else Matters”/”Enter Sandman”. O bis contou com “Creeping Death”, “Ride The Lightning” e “Seek & Destroy”.

Só pelo fato de os colombianos escolherem “Orion”, que foi tocada aqui no Brasil no inesquecível Rock in Rio de 2011, já merecem elogios. Eles não foram os únicos, já que a música também foi executada em Quito, no Equador (18), e Lima, no Peru (20).

Em Quito, o set list foi o seguinte: “Blackened”/”Master of Puppets”/”Welcome Home (Sanitarium)”/”Ride the Lightning”/”The Unforgiven”/”Lords of Summer”/”…And Justice for All”/”Sad But True”/”Fade to Black”/”Orion”/”One”/”For Whom the Bell Tolls”/”Battery”/”Nothing Else Matters”/”Enter Sandman”. O bis contou com “Creeping Death”/”Fuel” (Voto do Dia)/”Seek & Destroy”.

Na capital equatoriana, “Whiplash” era a décima sétima, mas perdeu para a décima oitava “Fuel”, que tambem bateu “The Day That Never Comes”, a décima nona.

Em Lima, talvez o Metallica tenha tocado aquele que pode ter sido o melhor set list votado na América do Sul. O repertório poderoso foi o seguinte: “Battery”/”Master of Puppets”/”Welcome Home (Sanitarium)”/”Disposables Heroes”/”The Unforgiven”/”Lords of Summer”/”…And Justice for All”/”The Four Horsemen”/”Whiplash”/”Orion”/”One”/”Ride the Lightning”/”Fight Fire with Fire”/”Fade To Black”/”Enter Sandman”. O bis contou com “Creeping Death”/”Hit the Lights” (Voto do Dia)/”Seek & Destroy”.

Na capital peruana, “Hit the Lights” era a décimas sétima faixa e bateu “All Nightmare Long” e “The Day That Never Comes”, que estavam, respectivamente, nas posições 18 e 19 da votação original. Curiosamente, o show não teve a execução dos hits “Sad But True” e “Nothing Else Matters”, que há anos são quase que sagradas nos repertórios

Em São Paulo, resta a esperança de o público que estará no Morumbi confirmar o clássico das antigas “Ride The Lightning”, que é exatamente a décima sétima canção da lista. As duas seguintes, que não estão na lista vencedora atual são “The Day That Never Comes” e “The Memory Remains”. Mas, com perfil da votação original, o mais provável é “The Memory Remains” até vencer por ser mais pop.

O grupo Raven fará, às 19h20, a abertura do show do Metallica em São Paulo. A banda faz parte do New Wave of British Heavy Metal, importante movimento que trouxe bandas históricas, como o Iron Maiden e o Saxon, e influenciou, por exemplo, o próprio Metallica anos depois.

Esta será a sétima passagem do Metallica no Brasil, a quinta em São Paulo. O grupo esteve na capital paulista em 1989, 1993, 1999 e 2010. Só não esteve na cidade quando foi ao Rock in Rio e fez shows históricos em 2011 e 2013.

No quadro negro acima, você pode clicar, ampliar e observar as várias informações importantes que a produtora Time For Fun listou para os fãs não terem dor de cabeça antes, durante e depois do show. Especialmente em relação à meteorologia, há grande possibilidade de chuva em São Paulo no sábado, além de uma temperatura mais amena que a que foi vista durante a maior parte do verão.

Atenção também para algo que frequentemente acontece em volta do Morumbi em dias de shows concorridos: tem sempre gente com más intenções buscando ingressos para roubar e vender aos cambistas. Fique também esperto com carteiras, celulares e máquinas fotográficas. Os portões do estádio abrirão às 16 horas.

Para o aquecimento do show do sábado, nada como ouvir a música nova do Metallica. Abaixo, você tem a versão demo de estúdio que a banda liberou no YouTube e o vídeo da mesma canção tocada ao vivo em Bogotá, desta vez com a filmagem oficial do grupo.

17
mar
14

Metallica lança nova música em show na Colômbia; público fez nova votação de última faixa durante apresentação

O Metallica fez no domingo, dia 16 de março, em Bogotá, o primeiro show de sua turnê sul-americana de 2014. Conforme o prometido, a banda tocou uma série de faixas escolhidas pelo público na internet e lançou uma música nova ao vivo. Denominada “Lords of Summer”, a canção é pesada e longa, com mais de 8 minutos de duração.

Nas redes sociais, especialmente em canais ligados ao grupo na internet, o burburinho já se instalou, com a maioria dos fãs bastante empolgados.

Especialmente para o público de São Paulo, a ansiedade começa a crescer, já que a maior banda de heavy metal da atualidade tocará no Estádio do Morumbi no sábado, dia 22.

Como se não bastasse o início da turnê e a música nova, o Metallica trouxe mais uma novidade na Colômbia: o público foi liberado a escolher uma última faixa para o show, que foi votada durante a apresentação!!!

Com isso, o set list teve 18 músicas executadas em Bogotá. Vale lembrar que essa era a promessa e o que se viu, portanto, foi a abertura de uma votação entre músicas que ficaram da décima sétima posição para baixo.

Foi, na verdade, uma espécie de repescagem entre as faixas que ficaram até décima nona posição. “Ride The Lightning”, que era exatamente a décima sétima, bateu “The Day That Never Comes”, a décima oitava, e “Whiskey in the Jar”, a décima nona.

O repertório da apresentação na capital colombiana foi bem votado e trouxe grandes clássicos: “Blackened”/”Master Of Puppets”/”Welcome Home (Sanitarium)”/”Fuel”/”The Unforgiven”/”The Lords Of Summer”/”…And Justice For All”/”Sad But True”/”Fade To Black”/”Orion”/”One”/”For Whom The Bell Tolls”/”Battery”/”Nothing Else Matters”/”Enter Sandman”. O bis contou com “Creeping Death”, “Ride The Lightning” e “Seek & Destroy”.

Só pelo fato de os colombianos escolherem “Orion”, que foi tocada aqui no Brasil no inesquecível Rock in Rio de 2011, já merecerem elogios. Em São Paulo, a votação já encerrada trouxe poucas novidades perto do que o grupo já tocou em terras tupiniquins. A eleição contou com “Master of Puppets” e “One” na liderança e trouxe como música inédita apenas a cover “Whiskey in the Jar”.

Com a possibilidade da votação de mais uma música para o shows sul-americanos, resta a esperança de o público que estará no Morumbi eleger algo diferente do normal, algum clássico das antigas, como “Ride The Lightning”, que é exatamente a décima sétima canção da lista. As duas seguintes, que não estão na lista atual são “The Day That Never Comes” e “The Memory Remains”.

O show em São Paulo, para onde restam pouquíssimos ingressos, acontecerá depois de outras duas apresentações que o Metallica fará pela América do Sul, já que a banda passará antes por Quito, no Equador (18), e Lima, no Peru (20). Na sequência, o grupo tocará em Assunção, no Paraguai (24); Santiago, no Chile (27); e Buenos Aires, na Argentina (29 e 30).

As apresentações marcam um novo conceito que o Metallica está adotando, no qual o fã escolheu o set list executado. Na capital paulista, por exemplo, quem adquiriu os ingressos na compra online recebeu um e-mail com um link para acessar o site do “Metallica By Request” e escolher as músicas do show desde o dia 20 de dezembro. A promessa era de Metallica tocar 18 músicas, deixando 17 para o público escolher. A banda só votaria numa canção, exatamente a música nova.

O grupo Raven fará a abertura do show do Metallica em São Paulo. A banda faz parte do New Wave of British Heavy Metal, importante movimento que trouxe bandas históricas, como o Iron Maiden e o Saxon, e influenciou, por exemplo, o próprio Metallica anos depois.

Esta será a sétima passagem do Metallica no Brasil, a quinta em São Paulo. O grupo esteve na capital paulista em 1989, 1993, 1999 e 2010. Só não esteve na cidade quando foi ao Rock in Rio e fez shows históricos em 2011 e 2013.

Veja abaixo um vídeo descolado no YouTube com a música nova do Metallica:

02
mar
14

‘Master of Puppets’ e ‘One’ lideram votação para show do Metallica em SP; ‘Whiskey in the Jar’ é a inédita no Brasil

Terminou no sábado, dia 1º de março, a votação dos brasileiros para as músicas que deverão ser tocadas no show que o Metallica realizará em São Paulo, no Estádio do Morumbi, no dia 22 de março. Tal qual o cenário que foi visto durante a maior parte da eleição, “Master of Puppets”, na primeira posição, e “One”, em segundo lugar, foram as mais votadas (clique na figura ao lado para ampliar), seguidas por “Enter Sandman” na terceira posição.

De maneira diferente da que era imaginada por fãs antigos do Metallica que foram às apresentações da banda em território nacional, o repertório sugerido que deverá ser escolhido não trará grandes surpresas. Tudo porque a maioria esmagadora das 17 canções determinadas pela votação já foi executada no País.

A exceção ficou por conta de “Whiskey in the Jar”, música cover que jamais foi tocada pelo grupo no Brasil.

O show em São Paulo, para onde restam pouquíssimos ingressos, faz parte da mais nova turnê sul-americana da banda.

Ela passará também por Bogotá, na Colômbia (16 de março); Quito, no Equador (18); Lima, no Peru (20); Assunção, no Paraguai (24); Santiago, no Chile (27); e Buenos Aires, na Argentina (29 e 30). As apresentações marcam um novo conceito que o Metallica está adotando, no qual o fã escolherá o set list executado.

Na capital paulista, por exemplo, quem adquiriu os ingressos na compra online recebeu um e-mail com um link para acessar o site do “Metallica By Request” e escolher as músicas do show desde o dia 20 de dezembro. O Metallica deverá tocar 18 músicas e deixou 17 para o público escolher. A banda só votará numa canção, que é nova e ainda desconhecida.

O grupo Raven fará a abertura do show do Metallica em São Paulo. A banda faz parte do New Wave of British Heavy Metal, importante movimento que trouxe bandas históricas, como o Iron Maiden e o Saxon, e influenciou, por exemplo, o próprio Metallica anos depois.

Sem grandes novidades

Com a confirmação da votação de músicas já tocadas no Brasil, a chance de ver petardos raros, como “Disposables Heroes”, “The Shortest Straw” e “Dyers Eve” acabou. Mas vale lembrar que isso não é privilégio só de São Paulo, já que Buenos Aires também está com uma votação bastante conservadora, com vários hits e uma eleição bastante parecida com a da capital paulista para os dois shows marcados por lá.

Depois das três primeiras músicas que lideraram em São Paulo, “Fade to Black” foi a quarta mais votada, seguida por “Seek & Destroy” na quinta posição; “Sad But True” na sexta; “Nothing Else Matters” na sétima; “The Unforgiven” na oitava; “Fuel” na nona; e “For Whom The Bell Tolls” na décima.

Uma pouco tocada por aqui e que ficou na décima primeira posição é “Battery”. Ela foi executada pela banda no Rock in Rio do ano passado, mas não entra no set list em São Paulo desde a apresentação no Sambódromo, em 1999, quando foi a última do bis.

“Whiskey in the Jar” ficou na estranhíssima décima segunda colocação. Tudo bem que a música fez sucesso em clipes da MTV, mas o leitor do Roque Reverso tende a concordar que há inúmeras outras canções covers gravadas pela banda, como “Die, Die, My Darling” (também tocada em 1999), que são bem mais populares…

Na décima terceira posição ficou a indispensável “Creeping Death”, seguida pela sempre clássica “Welcome Home (Sanitarium)”. “..And Justice For All”, que surpreendeu por ser inserida no set list no último Rock in Rio, ficou na décima quinta posição e será executada na íntegra pela primeira vez em São Paulo desde a histórica primeira passagem da banda pela capital paulista em 1989. Na sequência, o hit “Wherever I May Roam” ficou na décima sexta posição e “Ride the Lightning” ficou na décima sétima.

Divisão por álbuns

O fã mais observador do Metallica vai notar que o disco “Metallica”, divisor de águas na carreira da banda em 1991 e conhecido popularmente como “Black Album” é o que contará com mais músicas no show: exatamente cinco (“Enter Sandman”, “Sad But True”, “Nothing Else Matters”, “The Unforgiven” e “Wherever I May Roam”).

Do primeiro álbum, “Kill ‘Em All”, de 1983, somente “Seek & Destroy” foi a escolhida. Do segundo disco “Ride the Lightning”, de 1984, um número melhor de faixas entre as mais votadas: quatro “Fade to Black”, “For Whom The Bell Tolls”, “Creeping Death” e a faixa-título.

Do terceiro e mais elogiado álbum “Master of Puppets”, de 1986, a maravilhosa instrumental “Orion” ficou mesmo de fora e apenas nas mentes dos felizardos que conseguiram ir ao Rock in Rio de 2011. O número de faixas escolhidas foi até razoável, com “Master of Puppets”, “Battery” e “Welcome Home”.

Do quarto e ótimo disco “And Justice For All”, de 1988, não será desta vez que o público verá “The Shortest Straw”, “Dyers Eve” e muito menos “Eye of the Beholder” e “The Frayed Ends of Sanity”. As escolhidas foram “One” e a faixa-título.

Com uma faixa cada, os álbuns “ReLoad”, de 1997, e “Garage Inc.”, de 1998, também apareceram. Eles terão como representantes as faixas “Fuel” e “”Whiskey in the Jar”, respectivamente. Dos discos “Load”, de 1996, “St. Anger”, de 2003, e “Death Magnetic”, de 2008, nenhuma canção foi escolhida.

Esta será a sétima passagem do Metallica no Brasil, a quinta em São Paulo. O grupo esteve na capital paulista em 1989, 1993, 1999 e 2010. Só não esteve na cidade quando foi ao Rock in Rio e fez shows históricos em 2011 e 2013.

05
fev
14

Veterano Raven abrirá show do Metallica em SP; ingressos já estão no fim

O grupo Raven fará a abertura do show do Metallica em São Paulo no dia 22 de março no Estádio do Morumbi. A banda faz parte do New Wave of British Heavy Metal, importante movimento que trouxe bandas históricas, como o Iron Maiden e o Saxon, e influenciou, por exemplo, o próprio Metallica anos depois.

Além de anunciarem o Raven, os produtores informaram que os ingressos para a passagem do Metallica por São Paulo já estão quase no fim.

A apresentação faz parte de uma turnê sul-americana que passará também por Bogotá, na Colômbia (16 de março); Quito, no Equador (18); Lima, no Peru (20); Assunção, no Paraguai (24); Santiago, no Chile (27); e Buenos Aires, na Argentina (29). Na capital argentina, para variar, os ingressos já esgotaram e foi confirmado um novo show para o dia 30 de março.

Os shows marcam um novo conceito que o Metallica está adotando no qual o fã escolherá o set list executado. Em São Paulo, por exemplo, quem adquirir os ingressos, será convidado a votar e escolher o repertório.  Desde o dia 20 de dezembro, o fã que efetuou a compra online recebeu um e-mail com um link para acessar o site do “Metallica By Request” e escolher as músicas do show.

O Metallica tocará 18 músicas e deixará 17 para o público escolher. A banda só votará numa canção, que é nova e ainda desconhecida.

A experiência prometia ser muito interessante, já que o grupo tem um repertório de cerca de 140 músicas em toda a carreira. Mas, se o fã entrar no site com os resultados contínuos, verá que a maior parte das 17 canções que estão liderando em São Paulo já foi tocada em solo nacional. “Master of Puppets ” e “One” estão no topo e deveriam estar mesmo, mas até “Whiskey in the Jar”, que é cover e traz uma roupagem mais pop, está na lista.

Com isso, a chance de ver petardos raros, como “Disposables Heroes”, “The Shortest Straw” e “Dyers Eve” vai diminuindo a cada dia. Mas isso não é privilégio só de São Paulo, já que Buenos Aires também está com uma votação bastante conservadora, com vários hits.

De acordo com a produtora Time For Fun, os ingressos estão disponíveis ao público pela Internet (http://www.ticketsforfun.com.br); pelo telefone 4003 5588; na bilheteria do Citibank Hall (antigo Credicard Hall) e demais pontos de venda no País.

O valor das entradas não são nada baratos. Para a Pista Comum, sai por R$ 300,00. Para a Pista Premium, os ingressos custavam incríveis R$ 600,00, mas já acabaram!!!

Quanto aos outros setores, que você pode ver no desenho acima, a entrada para a Arquibancada 1, 3 e 4 custa R$ 220,00 e, para a Arquibancada 2, sai por R$ 180,00. Para a Cadeira Superior, 1, 2 e 3, o valor do ingresso é de R$ 400,00. Para a Cadeira Inferior A e B, o preço é de R$ 350,00.

Mesmo com esses valores salgados, como há apenas um show agendado para São Paulo, a expectativa dos fãs é do agendamento de uma apresentação extra, como o grupo já fez na capital paulista em 1993 e 2010.

Será a sétima passagem do Metallica no Brasil, a quinta em São Paulo. Além das apresentações em 1993 e 2010, o grupo esteve na capital paulista em 1989 e 1999. Só não esteve na cidade quando foi ao Rock in Rio e fez shows históricos em 2011 e 2013.




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se aos outros seguidores de 102

agosto 2020
D S T Q Q S S
 1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias

Follow Roque Reverso << on WordPress.com