Posts Tagged ‘Galeria do Rock

14
ago
11

20 anos do ‘Black Album’ do Metallica

Na sexta-feira, dia 12, foram completados 20 anos do álbum “Metallica”. Conhecido no mundo todo como “Black Album”, por conta da capa preta que traz apenas o logo do Metallica e a cobra que faz referência à  bandeira de Gadsden, o disco levou a banda norte-americana de thrash metal e o próprio heavy metal para um patamar até então nunca visto na música pop, com mais de 15 milhões de cópias vendidas nos Estados Unidos e mais de 22 milhões em todo o planeta.

Para os fãs mais radicais do Metallica, a velha banda de thrash oitentista acabou neste álbum. Para os menos radicais e amantes da boa música e do bom rock and roll, não há dúvida que o “Black Album” está entre os maiores álbuns da história, independentemente de ser ou não um disco mais comercial.

Para quem acompanhava desde os anos 80 o Metallica nos quatro álbuns anteriores (“Kill ‘Em All”, “Ride the Lightning”, “Master of Puppets” e “…And Justice For All”) , a mudança no som da banda é bastante clara, já que ficou um pouco menos pesado, um pouco mais lento, os vocais de James Hetfield ficaram um pouco mais limpos e bem menos gritados,  as músicas tiveram o tempo de duração reduzido e o grupo trouxe sua primeira balada romântica (“Nothing Else Matters”), algo inimaginável para uma banda thrash naquela época. O grande responsável por esta mudança, além do próprio grupo, foi o produtor Bob Rock, que já tinha uma carreira respeitada na música, com trabalhos importantes do Aerosmith, The Cult, Bon Jovi, e Mötley Crüe.

Você pode até questionar as mudanças, para um som mais comercial, que Bob Rock trouxe ao Metallica, mas jamais poderá negar que a produção do álbum é espetacular. Pergunte a qualquer técnico de som sobre o que ele acha do “Black Album” e a maioria dos especialistas no assunto responderá que a qualidade do disco está entre as maiores da história da música. Não por acaso, banda e produtor ficaram trancados durante meses no estúdio até chegarem ao resultado final de sucesso.

O fato é que, apesar das mudanças, desde os primeiros acordes de “Enter Sandman” até o final do disco com “The Struggle Within”, você escuta, sem a menor sombra de dúvida, um ótimo disco de rock pesado, com uma banda totalmente focada para atingir o sucesso.

O Metallica, por sinal, sempre foi um grupo de grande personalidade, já que nunca teve medo de peitar gravadora ou fãs naquilo que desejava tocar. Se o “Black Album” fez os fãs mais radicais torcerem o nariz, os álbuns seguintes “Load” e “Reload” surpreenderam o mundo com um som quase beirando ao rock pop e a banda cortando os cabelos. Na sequência, crítica e público desceram a lenha no disco “St. Anger”, que traria uma produção mega simples e músicas com ausência de solos de Kirk Hammett. Mais recentemente, a banda não teve receio de voltar às origens e gravou “Death Magnetic”, considerado um dos bons álbuns do metal no novo milênio.

Buscapé

O “Black Album” foi o grande passo do Metallica ao sucesso. Este blogueiro se lembra da ansiedade em relação ao lançamento, em 1991, já que a banda não gravava um álbum desde o seu preferido “…And Justice For All”. No dia que o single de “Enter Sandman” rolou nas rádios de rock da época, as finadas 89FM e 97FM, o sentimento era dos melhores em relação ao novo álbum. “Sad But True”, “Wherever I May Roam”, “The Unforgiven” e “Nothing Else Matters” foram outros hits de sucesso do disco, que ainda tinha outras músicas que mereciam maior exposição, como “My Friend of Misery” , “Through the Never” e “Of Wolf and Man”.

O “Black Album” popularizou o heavy metal no início dos anos 90. Quem frequentava  a Galeria do Rock na época, lembra-se bem que o disco trouxe diversos novos fãs para aquele espaço em busca dos discos mais antigos do Metallica e também de outras bandas de thrash metal. Sepultura, Slayer, Megadeth, Anthrax e outras bandas do gênero foram só algumas que ganharam mais fãs depois do disco preto.

Nos Estados Unidos, talvez o grande momento da banda naquela época tenha sido a apresentação no MTV Video Music Awards, ainda em 1991, quando o “Black Album” estava na primeira colocação dos álbuns mais vendidos. Até então, Guns N’ Roses e Faith No More eram as bandas mais pesadas que haviam se apresentado na tradicional premiação da MTV.

Quem tem interesse em mais detalhes sobre a produção do disco pode assistir ao DVD “Metallica – Classic Álbuns”, da ST2, que traz a banda, anos depois, comentando todo o processo de criação e gravação do álbum. Outra dica é assitir ao DVD  “A Year and a Half in the Life of Metallica”, que é dividido em duas partes e traz o grupo desde a produção do “Black Album” até a extensa turnê de divulgação, que passou pelo Brasil, em 1993, no Estádio do Palmeiras, em dois shows inesquecíveis.

Para matar a saudade daquela época, o Roque Reverso traz três vídeos para seus leitores. Para começar, veja a apresentação histórica da banda no MTV Video Music Awards de 1991, com “Enter Sandman”. Note a alegria de James Hetfield no final da apresentação, numa clara demonstração de que o grupo chegava a um grau de sucesso que perseguia há tempos. Depois, encontramos no YouTube um vídeo do show feito no Estádio do Palmeiras em 1993, da clássica música “Creeping Death”. Para fechar, uma não menos histórica apresentação de “Enter Sandman”, em Moscou, em 1991, quando mais de 1 milhão de pessoas viram o grupo no Monsters of Rock, que também contava com AC/DC, Pantera e The Black Crowes.

Anúncios
29
maio
11

Sangue, nova banda de Paulo Zinner, lança primeiro single

Quem havia ficado triste com a saída do baterista Paulo Zinner e do vocalista Kiko Muller da banda Golpe de Estado no ano passado, tem, agora, um motivo para se alegrar. Tudo porque os dois fundaram um novo grupo, ao lado do guitarrista Michel Leme e do baixista Fabio Zaganin, e lançaram, na semana passada, o primeiro single, com direito a vídeo no YouTube.

Sangue é o nome da nova banda. “Solidão” é o nome do primeiro single.

O Sangue foi formado em janeiro de 2010. Com fortes influências do rock dos anos 70, o quarteto iniciou suas atividades no circuito paulistano de shows, tendo em seu repertório alguns clássicos de grupos, como Led Zeppelin, Black Sabbath e Deep Purple. Após o breve aquecimento a banda iníciou os ensaios e composições para gravação do primeiro trabalho, que ainda não tem data divulgada de lançamento.

Quem conhece Paulo Zinner, sabe que ele é, de longe, um dos melhores bateristas deste País e que traz o devido peso a qualquer grupo de rock. Isso foi visto tanto na longa carreira dele com o Golpe de Estado como no período que ele tocou na banda de apoio de Rita Lee. Esse peso pode ser visto neste primeiro single do Sangue e os outros músicos também mostram que possuem grande técnica.

A banda dá esperança aos que não aguentam mais essas bandinhas emo ou coloridas que fazem esse sonzinho de lata e sem qualidade que dominou a cena roqueira brasileira.

Para quem quer conhecer um pouco melhor o grupo, há um show gratuito do Sangue agendado para o dia 11 de junho, um sábado. Será na Galeria Olido, às 18 horas, no projeto Rock na Vitrine. O local fica bem próximo da Galeria do Rock, na Avenida São João, 473. O Roque Reverso estará lá para prestigiar!

Veja abaixo o vídeo do primeiro single do Sangue:

25
jan
11

A cidade mais rock and roll do País! Parabéns, Sampa!!!

Hoje é dia 25 de janeiro e aniversário da maior cidade brasileira, que faz 457 anos. Que me desculpem os brasilienses, os porto-alegrenses, os belo-horizontinos, os cariocas e os curitibanos, mas São Paulo é a terra do rock neste País. Brasília já foi berço de grandes bandas, o Rio marcou o ressurgimento da onda brazuca nos anos 80, Belo Horizonte já teve uma cena heavy metal inigualável e Porto Alegre e Curitiba também sempre mereceram respeito nesse assunto. Mas a capital paulista é o local onde o bicho pega no rock and roll. 

De Mutantes a Titãs; de Ira! a Ratos de Porão; de 365 a Ultraje a Rigor; de Inocentes a RPM; e de Premeditando o Breque ao Língua de Trapo, é em São Paulo que o rock sempre teve a atenção que em outros centros brasileiros costuma ficar relegado a segundo plano. Foi na capital paulista que muitas das principais bandas brasileiras da história apareceram. 

Também foi na cidade que muitos grupos de outros Estados encontraram espaço para tocar e chegar ao estrelato nacional. Tudo bem que isso também já aconteceu na música sertaneja, no pagode e em outros estilos, mas São Paulo tem cara de rock and roll. A própria pouca oferta de belezas naturais, a correria desenfreada da metrópole, as injustiças sociais ampliadas pelo número extraordinário de habitantes; tudo isso sempre foi combustível para garotos adolescentes ou jovens desempregados optarem pela guitarra, o baixo e a bateria para extravasar, seja em acordes pesados ou em letras de insatisfação. 

Caminhe pela Vila Pompeia, por exemplo, e você verá ainda uma ou outra banda ensaiando num porão de algum sobrado que ainda restou no bairro invadido por prédios. Vá para a zona leste e veja que existem várias casas roqueiras que reúnem muitas bandas covers ou de garagem sedentas por algum espaço que nem sempre é obtido em bairros mais próximos das baladas paulistanas. Visite a Galeria do Rock e se surpreenda com as raridades que podem ser encontradas pelos fanáticos dos mais diversos estilos do rock. 

Essa é a São Paulo que já foi descoberta há algum tempo pela bandas internacionais e que vem se tornando ponto obrigatório nas turnês. É nessa cidade que um Iron Maiden sabe que sempre se apresentará com estádio cheio; que um Aerosmith poderá voltar, mesmo que não esteja em grande fase; que um Metallica será obrigado a fazer show extra, seja num Estádio Palestra Itália ou num Morumbi, porque a legião de fãs é imensa; que um U2 consegue lotar três noites na mesma turnê e gerar a esperança de agendamento de quarto show. 

É claro que há espaço para porcarias, como essas bandas coloridas ou emos que invadiram o espaço “roqueiro”. Mas nem tudo é perfeito, em sintonia com a própria cidade, recheada de problemas, pela falta de planejamento ou pela má gestão de governantes nada preocupados em melhorar o local onde vivem e ganham votos. 

Política à parte, o Roque Reverso homenageia hoje o aniversário de São Paulo com alguns vídeos de algumas bandas. Para começar, claro que não poderíamos deixar de fora a música “São Paulo”, gravada originalmente pelo grupo 365, mas, regravada pelo Inocentes. 

Depois, como citamos o 365 e o grupo não tem um vídeo oficial para a tão famosa música, decidimos descolar uma montagem do YouTube para a ótima e histórica versão que a banda fez para a canção “Grândola Vila Morena”, que foi usada na Revolução dos Cravos em Portugal. Na sequencia, a mais paulistana das bandas, o Ira!, que infelizmente acabou e deixa saudade. Muitos apostariam em “Pobre Paulista”, mas optamos por “Pegue Esta Arma”, com um vídeo raríssimo encontrado no YouTube. Para fechar, Titãs nos bons tempos que a banda fazia rock, com “Lugar Nenhum”. Parabéns, Sampa!!!

23
jan
11

Accept e U.D.O. vêm a SP para shows em maio

Os fãs brasileiros da banda alemã Accept não terão motivos para reclamar em maio. Tudo porque poderão assistir, em datas diferentes, aos shows do próprio Accept e da banda U.D.O.. Ambas as apresentações vão acontecer em São Paulo, no Carioca Club, casa originalmente destinada a estilos musicais bem diferentes do rock, mas que vem se transformando em verdadeiro point da música pesada, desde o hardcore até o heavy metal.

O primeiro show é da banda U.D.O., criada por ninguém menos que Udo Dirkschneider, que é ex-vocalista e criador do próprio Accept, além de ser um dos ícones do heavy metal dos anos 80. A banda se apresenta no dia 7 de maio, às 19 horas.

Uma semana depois, no dia 15, é a vez do Accept se apresentar no mesmo Carioca Club, às 20 horas. A banda  conta com Mark Tornillo nos vocais e vem ao Brasil pela primeira vez. No ano passado, lançou o álbum “Blood of the Nations”, que foi bastante elogiado pela imprensa especializada internacional.

Para o show do U.D.O., os preços promocionais dos ingressos de pista são de R$ 80 e os de camarote são de R$ 130, sendo que, tem carteirinha de estudante, poderá comprar estas entradas por R$ 60 e R$ 90, respectivamente. Além do Carioca Club, a loja Die Hard, da Galeria do Rock, e o site http://www.ticketbrasil.com.br são outros pontos de venda.

Para o show do Accept, os valores dos ingressos são: R$ 90,00 (pista – 1º lote antecipado), R$ 60,00 (pista estudante – 1º lote antecipado), R$ 150,00 (camarote – 1º lote antecipado) e R$ 120,00 (pista no dia do show). A pré-venda online acontece exclusivamente até o dia 15 de fevereiro pelo site: www.ticketbrasil.com.br. Depois, há a loja Die Hard e a Paranoid Records, também da Galeria, como pontos de venda. Os telefones do Carioca Club são: (11) 3813-8598/3813-4524.

13
jul
10

Hoje é o Dia Mundial do Rock!!!

13 de julho é o Dia Mundial do Rock!!! Apesar de ter sido criado nos anos 50, o estilo ganhou uma data de comemoração apenas em 1985, ano do primeiro Live Aid, um concerto beneficente em prol das vítimas da fome na Etiópia realizado no dia 13 de julho daquele ano em Londres e na Filadélfia. O espetáculo foi organizado pelo músico Bob Geldof  (cantor da banda irlandesa Boomtown Rats) e teve a participação de vários astros de rock.

Em Londres, no Wembley Stadium, apresentaram-se Status Quo, Style Council, Adam Ant, Boomtown Rats, Spandau Ballet, Elvis Costello, B.B. King, Sade, Sting, Phil Collins, Bryan Ferry, U2, Dire Straits, Queen, David Bowie, The Who, Elton John e Queen, entre outros.

Na Filadélfia, no JFK Stadium, tocaram atrações como Joan Baez, Black Sabbath, Run DMC, Crosby, Stills & Nash, Judas Priest, Beach Boys, Simple Minds, Pretenders e Santana.

O evento foi o grande momento de uma série de ações beneficentes organizadas por Geldof, em prol das vítimas da fome, que começaram no final de 1984, com a gravação da música “Do They Know It’s Christmas Time at All”.

As iniciativas geraram movimentos semelhantes em outros lugares do mundo. O mais famoso foi o USA for Africa, que promoveu a gravação da música “We Are the World”, desta vez com artistas famosos norte-americanos, como Michael Jackson, Lionel Richie, Cyndi Lauper, Bruce Springsteen, Ray Charles, Diana Ross, entre outros.

Comemorações desta terça-feira

Muitos locais e veículos ligados de alguma maneira ao rock reservaram a data de hoje para a comemoração do dia mundial do estilo. A Galeria do Rock, por exemplo, já vem comemorando a data desde o fim de semana passado com algumas apresentações de bandas.

Além disso, do dia 1º a 30 de julho, estarão expostas fotografias de grandes artistas internacionais feitas pela fotógrafa Mila Maluhy, imagens de bandas nacionais do fotógrafo Glauber Souza, e fotografias da própria Galeria, de autoria de A.S. Neto. Também haverá exposição da artista plástica Leila Boas, com esculturas em tamanho real de astros como Raul Seixas, Elvis Presley e até Michael Jackson.

Na Kiss FM, a data ganha um significado ainda maior, já que a emissora de rádio foi criada no dia 13 de julho de 2002. Em seu aniversário, a rádio comemora com os ouvintes, deixando as portas abertas das 9 horas às 18 horas para eles conhecerem como é feita a programação da emissora. A rádio promete uma recepção com pizza e refrigerante, como em uma verdadeira festa de aniversário.

Na MTV, a programação é recheada por uma lista de vídeos das maiores bandas de rock de todos os tempos. Pelo menos nesta data, a emissora de TV deixa de passar um pouco aquele mundo de programas de comportamento e lembra que seu nome tem a ver com música!

Para homenagear a data, o Roque Reverso reservou três vídeos do YouTube que mostram marcos do estilo que mais admiramos. Primeiro, Bill Haley and The Comets, com “Rock Around The Clock”. Depois, o rei Elvis Presley, com “Jailhouse Rock” . Para fechar, claro, The Beatles, com “Twist and Shout”.




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso blog em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 96 outros seguidores

junho 2018
D S T Q Q S S
« maio    
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Categorias

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Anúncios