Archive for the 'Led Zeppelin' Category



13
jul
13

Dia mundial do rock não se resume a uma simples data, mas é sempre bom comemorar o 13 de julho

Hoje é mais um Dia Mundial do Rock. Quem curte o estilo já está cansado de saber que ele sempre acontece no dia 13 de julho, mas também tem total noção de que tudo não se resume a uma simples data.

Os verdadeiros apreciadores do bom e velho rock n’ roll vivem o estilo nos 365 dias de cada ano. As demonstrações vão desde alguma música que é ouvida em casa, no carro ou no trabalho até o próprio jeito de se vestir.

Mas, numa terra atualmente infestada por uma grande quantidade de lixo cultural, não custa nada comemorar o Dia Mundial do Rock.

É sempre bom mostrar que o gênero continua vivo, apesar das inúmeras vezes que sua morte foi decretada.

Para quem não sabe, apesar de ter sido criado nos anos 50, o rock ganhou pra valer uma data de comemoração apenas em 1985, ano do primeiro Live Aid, concerto beneficente em prol das vítimas da fome na Etiópia realizado exatamente no dia 13 de julho daquele ano em Londres e na Filadélfia. O evento foi organizado pelo músico Bob Geldof  (cantor da banda irlandesa Boomtown Rats) e teve a participação de vários astros de rock.

Razão fundamental para a existência do Roque Reverso, o rock n’ roll jamais deixará de ser comemorado por aqui.

Tradicionalmente, descolamos vídeos no YouTube para lembrar do Dia Mundial do Rock e, mais uma vez não deixaremos de fazer isso. Desta vez, decidimos escolher alguns vídeos com trechos de shows que marcaram a história do rock.

Para começar, assista aos Beatles, com “Twist and Shout” na histórica apresentação de 1965, no Shea Stadium, em Nova York, naquele que foi o primeiro grande show realizado em um estádio.

Depois, veja o mestre eterno Jimi Hendrix executando “Purple Haze” no maior festival de todos os tempos, o de Woodstock, em 1969.

Na sequência, assista ao Led Zeppelin tocando “Black Dog” no Madison Square Garden, em 1973.

Para fechar, veja o Queen com “We Will Rock You”, no histórico show realizado no Estádio de Wembley, em 1986.

A-wop-bop-a-loo-bop-a-lop-bam-boom!

24
set
12

Show extra de Robert Plant é anunciado para o dia 23 de outubro em SP

A produtora XYZ Live anunciou um show extra de Robert Plant para o dia 23 de outubro em São Paulo. A apresentação do eterno vocalista do lendário Led Zeppelin será realizada no mesmo local do evento do dia 22: o Espaço das Américas. Segundo a empresa, a nova data é resultado do enorme sucesso de vendas de ingressos para o show do dia anterior.

Além das apresentações de São Paulo, Robert Plant tem agendados mais 5 shows em 5 capitais brasileiras: no Rio de Janeiro, no HSBC Arena (18/10); em Belo Horizonte, no Expo Minas (20/10);  em Brasília, no Ginásio Nilson Nelson (25/10); em Curitiba, no Teatro Guaíra (27/10); e, em Porto Alegre, no Gigantinho (29/10).

Como já bem adiantou o Roque Reverso, Plant vem para cá ao lado de seus companheiros da banda The Sensational Space Shifters. De acordo com os oganizadores dos eventos, a performance mergulha fundo nas raízes do blues, recriando o gênero que inspirou a música de todo o mundo durante décadas.

Os ingressos para o show extra de São Paulo começam a ser vendidos no dia 27 de setembro. Custam R$ 400,00 para a Pista Premium e R$ 240,00 para a Pista Comum, os mesmos valores informados para a primeira apresentação. Para os fãs, há a opção da meia-entrada.

Informações para os demais shows e a própria compra dos ingressos podem ser obtidas no site www.livepass.com.br. O músico deve trazer a turnê de seu último álbum solo, “Band Of Joy”, lançado em 2010. Não devem faltar, entretanto, músicas do Zeppelin.

13
set
12

Led Zeppelin lançará filme de show feito em 2007 em Londres

Por Ricardo Gozzi

O Led Zeppelin encerrou nesta quinta-feira (13) o mistério da contagem regressiva publicada nos últimos dias em sua página na rede social Facebook. O lendário grupo britânico de rock lançará em breve um filme com o show de reencontro realizado em 2007 em Londres. “Celebration Day”chegará em 13 de outubro a cerca de 1.500 salas de cinema de 40 países e territórios pelo mundo, inclusive no Brasil (no Cinemark e na UCI), informou a banda em sua página na internet. A venda de ingressos ainda não começou.

Depois, em 19 de novembro, a apresentação será lançada em múltiplos formatos de áudio e vídeo. Segundo o site oficial da banda, mais detalhes serão divulgados em breve.

O show em questão ocorreu em 10 de dezembro de 2007 na O2 Arena, em Londres. Foi a primeira vez em 27 anos que os três integrantes vivos da formação original do Led Zeppelin estiveram no mesmo palco para um show inteiro.

O vocalista Robert Plant, o guitarrista Jimmy Page e o multi-instrumentista John Paul Jones tiveram no palco a companhia de Jason Bonham, filho do baterista original John Bonham, falecido em 1980.

O show foi um tributo ao fundador da Atlantic Records, Ahmet Ertegun. Ao longo de mais de duas horas de apresentação, a banda hipnotizou seus fãs com clássicos e sucessos como “Whole Lotta Love”, “Rock and Roll”, “Stairway to Heaven”, “Kashmir” e “Dazed and Confused”.

Veja abaixo o trailer divulgado pela banda e a lista de faixas do novo trabalho:


Lista de Faixas

01. Good Times Bad Times
02. Ramble On
03. Black Dog
04. In My Time Of Dying
05. For Your Life
06. Trampled Under Foot
07. Nobody’s Fault But Mine
08. No Quarter
09. Since I’ve Been Loving You
10. Dazed And Confused
11. Stairway To Heaven
12. The Song Remains The Same
13. Misty Mountain Hop
14. Kashmir
15. Whole Lotta Love
16. Rock And Roll

24
ago
12

Robert Plant volta ao Brasil para 6 shows em 6 capitais em outubro

Robert Plant voltará ao Brasil em outubro para seis shows em seis capitais do País. O ex-vocalista do Led Zeppelin vem para cá ao lado de seus companheiros da banda The Sensational Space Shifters para uma performance, segundo os organizadores dos eventos, que mergulha fundo nas raízes do blues, recriando o gênero que inspirou a música de todo o mundo durante décadas.

Os shows serão realizados em no Rio de Janeiro, no HSBC Arena (18/10); em Belo Horizonte, no Expo Minas (20/10); em São Paulo, no Espaço das Américas (22/10);  em Brasília, no Ginásio Nilson Nelson (25/10); em Curitiba, no Teatro Guaíra (27/10); e, em Porto Alegre, no Gigantinho (29/10).

Os ingressos para o show de São Paulo já estão à venda desde o dia 23 de agosto. Para as apresentações do Rio e de Porto Alegre, o início das vendas acontece nos dias 28 e 29 de agosto, respectivamente. Todos pelo site www.livepass.com.br.

As entradas para os shows de Belo Horizonte, Brasília e Curitiba começam a ser vendidas a partir do dia 30 de agosto, em lugares que ainda serão anunciados pela organização da turnê no Brasil.

Para São Paulo, os ingressos custam R$ 400,00 para a Pista Premium e R$ 240,00 para a Pista Comum. Para o Rio de Janeiro, as entradas tem valores idênticos para os mesmos locais, mas há ingressos para outros setores: Cadeira Nível 1 (R$ 300,00); Cadeira Nível 3 (R$ 180,00); e Camarote (R$ 350,00). Para as demais capitais, o valores ainda serão anunciados.

É desnecessário lembrar qualquer fã de rock sobre a importância de Robert Plant e do Led Zeppelin. Para muitos, o grupo é o maior do rock de todos os tempos (The Beatles está acima do bem e do mal). Quanto aos shows no Brasil, o músico deve trazer a turnê de seu último álbum solo, “Band Of Joy”, lançado em 2010. Mas, claro, não deve faltar coisa do Zeppelin.

Para comemorar a vinda de Robert Plant para o País, o Roque Reverso descolou vídeos no YouTube. Fique com “Imigrant Song”, com ele cantando pelo Led Zeppelin, e “29 Palms”, pela carreira solo.

13
jul
11

A-wop-bop-a-loo-bop-a-lop-bam-boom! Feliz dia mundial do rock!!!

Hoje é o Dia Mundial do Rock. Este estilo musical é o “culpado” pela existência do blog e não deixaríamos de falar sobre o assunto justamente neste dia 13 de julho. Apesar de passar atualmente por um momento desfavorável de criatividade, o rock já é algo que faz parte da vida das pessoas e jamais vai morrer, ao contrário do que muitos já disseram desde os anos 50, nos diversos momentos de crise do estilo. Enquanto existir um adolescente rebelde, um apreciador de elementos sonoros pulsantes ou algum fã de qualquer idade que já tenha presenciado um bom show de rock and roll, não há possibilidade alguma de o estilo desaparecer.

Para quem não sabe, apesar de ter sido criado nos anos 50, o rock ganhou pra valer uma data de comemoração apenas em 1985, ano do primeiro Live Aid, concerto beneficente em prol das vítimas da fome na Etiópia realizado exatamente no dia 13 de julho daquele ano em Londres e na Filadélfia. O evento foi organizado pelo músico Bob Geldof  (cantor da banda irlandesa Boomtown Rats) e teve a participação de vários astros de rock.

A quarta-feira terá vários eventos para comemoração da data especial.  Em São Paulo, a partir das 13 horas, a Galeria do Rock fará uma “mesa redonda” para debater o estilo com o tema “Os Caminhos do Rock Brazuca”. O evento está previsto para ser realizado no sexto andar do prédio localizado no centro da capital paulista.

No Sesc Vila Mariana, às 20h30 e com ingressos esgotados, a clássica banda brasileira Made in Brazil apresentará canções de nomes importantes da história do estilo, como os Stones, Chuck Berry e Little Richard. No Bar Na Mata Café, o ex-baterista do Guns N’ Roses Matt Sorum participará de show com a banda brasileira Kiara Rocks. A partir das 21 horas, no Manifesto Bar, vai acontecer a “Rock N’ Roll Celebration Party”, com jams de integrantes das bandas Angra, Shaman, Korzus, entre outros grupos.

A comemoração não ficará restrita ao dia de hoje, já que, amanhã, dia 14, no HSBC Brasil, a rádio paulistana Kiss FM fará um show comemorativo de aniversário de 10 anos. Na mesma noite, subirão ao palco da casa paulistana os roqueiros Nasi, Frejat, Marcelo Nova e Roger Moreira para tocar um repertório caprichado do  rock. Mais informações podem ser obtidas aqui.

Para comemorar o Dia do Rock, o blog descolou no YouTube alguns vídeos de músicas clássicas do estilo, todos que com homenagens ao estilo e a palavra rock no nome. Para começar, Joan Jett  & The Blackhearts, com “I Love Rock N’ Rock”. Na sequência, Ramones, com “DoYou Remember Rock ‘N’ Roll Radio?”. Depois, Led Zeppelin, com “Rock N’ Roll” e os Stones, com “It’s Only Rock ‘N’ Roll (But I Like it). Temos, do rock nacional, um vídeo do Made in Brazil e o Velhas Virgens tocando ao vivo o clássico “Minha Vida é Rock ‘N’ Roll”. Para fechar, uma música que não tem a palavra “rock” no título, mas que tem a frase onomatopeica que está no título deste post: Tutti Frutti, com o lendário Little Richard. A-wop-bop-a-loo-bop-a-lop-bam-boom! Feliz Dia Mundial do Rock para você!!!

10
out
10

All Night Long – a aventura de um não-fã no show do Bon Jovi

Por Mario Rocha*

Nunca fui fã. Nem sabia as músicas de cor. Mas a minha mulher tem todos os CDs e me deu o ingresso de presente. Que meus amigos fãs do Led Zeppelin, como eu, não me ouçam. Mas a apresentação do Bon Jovi no Morumbi foi um showzaço. Os caras mandaram ver durante três horas num set list de 28 canções, sem efeitos especiais e sem backing vocals gostosinhas pra segurar a onda. Me diverti do começo ao fim, até mesmo quando meninas de todas as idades gritavam, desesperadas, a cada trejeito do filho do seu Bongiovi.

Soube que Blood on Blood foi a primeira da noite. Antes disso, teve abertura do Fresno. Não vi. Nessa hora, eu tava esquentando a alma numa joint pé sujo da vida. Quando pisei no gramado do Morumbas, fui imediatamente sugado pela catarse coletiva. Eu era um entre quase 70 mil. Talvez um dos poucos que não sabiam as letras. Mas na hora do sha-lá-lá, que é um refrão frequente nas canções, cantei como se fosse um dos fundadores do fã clube.

O negócio é que, com pouco conhecimento da banda, fui ao show com apenas uma expectativa, a de me divertir. Afinal, o que é o rock senão atitude e diversão? E nesse ponto, a banda cumpriu sua missão com louvor. Bon Jovi soltou a voz em quase todas as músicas, deixando uma pro Richie Sambora, que detonou na guitarra. Tico Torres, que faria aniversário no dia seguinte, castigou a batera sem perdão e ainda ouviu a galera cantar “happy birthday to you”. E David Bryan tirou o público do chão com os acordes iniciais de Runaway.

Não sei o que mais me entusiasmou. Se a alegria da minha mulher que parecia uma criança num parque de diversões, se a empatia do público com o bonitão esbanjando charme em cima do palco, se a competência de uma banda que continua conquistando fãs depois de quase 30 anos de estrada. Ou se foi a mistura de tudo isso com um som que tem raízes na country music (por várias vezes, o solo do Sambora me conduziu aos violinos do velho country) com forte sotaque de rock pesado e apelos de baladas teen mela cueca.

A primeira metade do show foi de tirar o fôlego. Os caras não deram descanso, tocando seus hits mais antigos. Sonzeira total. Depois, baixaram um pouco a bola com baladas maneiras pra deixar a galera à vontade pra namorar um pouco ou buscar outra cerveja. Na parte final, The Circle Tour voltou a pegar fogo. It’s my life arrebentou as cordas vocais de pelo menos uma dúzia de fãs à minha volta. E com Livin’ on a Prayer, a penúltima da noite, tive a impressão de que ia começar tudo de novo tal a vibração generalizada em todos os cantos do estádio.

Pra todo mundo voltar pra casa com o coração amolecido, o Bon Jovi encerrou a noite com Bed of Roses. A letra segue o melhor estilo Wando de “vou deitar você numa cama de rosas”. Mas quem liga pra isso depois de ter cantado “é minha vida, é agora ou nunca, eu não vou viver pra sempre” em It’s my life? E quem sou eu pra falar das letras do Bon Jovi? Afinal, quando ele perguntava ao público “Are you still with me?”, eu respondia: “All night long!”. Quem diria…

*Mario Rocha é jornalista e amante do bom e velho rock n’ roll
09
dez
09

It’s Raining Again

Costumo dizer que quem é vivo sempre desaparece. Mas volta. E a chuva me trouxe de volta à tona. Isso pode levar a piadas sacanas. Mas quem se importa?

Aproveitando a bola levantada pelo Flavio, resolvi criar uma lista de boas músicas sobre o tema, mas um tantinho mais polêmica, uma vez que a dele me parece cheia de unanimidades.

Botar Beatles e Led Zeppelin na mesma sequência é covardia. Parece o garoto que vai à festinha de aniversário e some com a bandeja de brigadeiros.

Como senti falta de uma chuvinha nacional, minha lista abre com um vídeo forjado por algum internauta de Medo da Chuva, de Raulzito, o rei do rock nacional, que nos deixou há 20 anos.

Na sequência, It’s Raining Again (Supertramp), November Rain (Guns N’Roses), Purple Rain (Prince) e I’m Only Happy When It Rains (Garbage).

Divirtam-se! E desçam a lenha. (Se conseguirem ver os vídeos, pois esta é minha primeira vez com essas tecnologias…)

Ricardo Gozzi

09
dez
09

Chuva, caos e o rock!!

Choveu até não poder mais. São Paulo virou um caos e praticamente parou pela manhã. O clima do globo está de ponta cabeça e estamos cada vez mais constatando que fizemos muita besteira em nome do progresso e que a natureza está cobrando a nossa dívida com ela. Para o dia caótico não passar batido, tentei puxar alguns sucessos do rock no Youtube que lembram a chuva…

A mistureba que este blog vai fazer agora é de colocar muitos amantes do rock mais clássico de cabelo em pé ou de provocar protestos das correntes mais radicais do gênero musical.

Para começar, os mestres dos mestres: nada menos que os Beatles, com, é claro, “Rain”. Depois um som recente dos Rolling Stones, “Rain Fall Down”, num vídeo, para variar, picante. Em seguida, outra banda espetacular: Led Zeppelin, com a belíssima “The Rain Song”, com um vídeo de um show em 1975 em Londres. Na seqüência, algo mais da década de 80, o The Cult, com sua levada mais hard rock de “Rain”. Depois, algo totalmente diferente e mais pesado, mas com crítica, ainda lá na década de 90, à destruição da natureza, o crossover thrash do D.R.I., com “Acid Rain”. E para detonar de vez e mostrar como se toca com rapidez e peso, nada menos que o Slayer, com “Raining Blood”, com direito a bonus com “Black Magic”. Choque total de vertentes do rock. Mas é tudo coisa boa! Pode aproveitar!




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se aos outros seguidores de 101

janeiro 2021
D S T Q Q S S
 12
3456789
10111213141516
17181920212223
24252627282930
31  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias

Follow Roque Reverso << on WordPress.com