28
set
15

Na comparação com o Rock in Rio, show do Faith No More em SP teve mais músicas e ‘The Crab Song’

Faith No More em SP-Mike Patton - Foto: Divulgação Espaço das AméricasNa aguardada passagem de 2015 do Faith No More pelo Brasil, a banda norte-americana tocou no dia 24 de setembro, uma quinta-feira, em São Paulo, no Espaço das Américas, e, no dia seguinte, no Rock in Rio. Na comparação entre as duas apresentações, o grupo do insano vocalista Mike Patton & Cia fez um show melhor e maior na capital paulista, tendo, para muitos jornalistas e fãs, uma performance morna no grande festival realizado na capital fluminense.

Não bastasse o show mais extenso em São Paulo, o FNM presenteou o público paulistano com a faixa “The Crab Song”, do álbum “Introduce Yourself”, de 1987, quando o vocalista ainda era Chuck Mosely. No Rio, ela foi substituída no bis pela tradicional “We Care a Lot”.

“The Crab Song” não era executada em solo brasileiro desde 1991, quando o grupo tocou na capital paulista no saudoso Olympia, meses depois de fazer um show matador no mesmo ano no Rock in Rio, onde também a música havia sido um ponto alto da histórica apresentação.

O Roque Reverso esteve presente na casa de shows paulistana e acompanhou a transmissão pela TV da performance no Rock in Rio, além de colher depoimentos de gente que foi para a capital fluminense.

Depois das apresentações que o Faith No More realizou em 2011, no SWU Festival, em Paulínia (SP), e principalmente, em 2008, no Maquinaria Festival, em São Paulo, havia uma grande expectativa de shows vibrantes e memoráveis, com mais alguma peripécia de Mike Patton.

No Espaço das Américas, o vocalista e a banda até tentaram e conseguiram cativar o público em algumas oportunidades, mas, no Rock in Rio 2015, talvez por não ser a atração principal (o headliner era o Slipknot), não empolgaram como de costume a legião de fãs da banda dos mascarados de Iowa que dominava a plateia.

Ambos os shows com anúncio de ingressos esgotados, em São Paulo (cerca de 8 mil pessoas) e no Rio (cerca de 85 mil), fizeram parte da turnê de divulgação do disco “Sol Invictus”, que chegou aos fãs em maio e representou o primeiro álbum do grupo em 18 anos.

Na capital paulista, do total de 18 músicas tocadas, 5 foram do novo trabalho: “Motherfucker” , “Sunny Side Up”, “Separation Anxiety” , “Matador” e “Superhero”. Na capital fluminense, do total de 15 executadas, 4 foram do disco novo: “Motherfucker”, “Black Friday”, “Separation Anxiety” e “Superhero”.

“Motherfucker” cativou o público logo de cara. Interessante notar que, apesar de pertencer a um álbum lançado há pouco tempo, havia muita gente que cantou a música do começo ao fim em São Paulo. No Rio, Patton, maluco como sempre, inventou, logo após a terceira música, “Caffeine” um stage diving mal calculado e acabou caindo sobre uma das grades de separação.

Alguns dos hits históricos do Faith No More levaram energia às apresentações e contou com o público na mão. “Epic”, “Midlife Crisis” e “Easy” dificilmente passam batidas e já são garantia de boa recepção e plateia cantando junto. “From Out of Nowhere”, outro hit empolgante, foi a segunda da noite no Rio e ficou no bis em São Paulo.

Faith No More em SP - Foto: Divulgação Espaço das AméricasFaith No More em SP - Foto: Divulgação Espaço das AméricasFaith No More em SP - Foto: Divulgação Espaço das AméricasFaith No More em SP - Foto: Divulgação Espaço das AméricasFaith No More em SP - Foto: Divulgação Espaço das AméricasFaith No More em SP - Foto: Divulgação Espaço das Américas

“The Gentle Art of Making Enemies”, que entrou para a história dos shows brasileiros do FNM no Maquinaria Festival em 2008 é a típica faixa adorada por fãs, mas que não tem a mesma recepção dos seguidores de outras bandas. Foi mais um exemplo de feedback melhor no Espaço das Américas do que no Rock in Rio.

O mesmo vale para “Ashes to Ashes”, que fez toda a plateia cantar e pular em São Paulo e, na capital fluminense, gerou pontos menores de empolgação.

Uma crítica ao show de São Paulo está ligada ao extremo calor que fez no Espaço das Américas. Com a casa lotada, o ar-condicionado do local não deu conta e fez o público sofrer, numa das noites mais quentes do ano na cidade. Mesmo com a cerveja sendo vendida a exorbitantes R$ 10,00, a bebida foi consumida em larga escala para tentar refrescar a plateia presente.

Apesar do presente exclusivo com “The Crab Song” para a capital paulista, é importante dizer que um grande número de fãs pareceu não conhecer a música. Enquanto os mais antigos se esgoelavam e conheciam cada sílaba entoada por Patton, os mais jovens pareciam apenas desfrutar aquele momento.

Tanto em São Paulo como no Rio, a sensação foi de um show curto. No Rio, até existia uma justificativa plausível, já que os grupos que não são headliners costumam ter um tempo menor de apresentação. No Espaço das Américas, uma das hipóteses cogitadas foi a de que o FNM teria sentido o calor imenso do local.

A constatação é de que a banda não fez um show ruim (longe disso), mas que não trouxe a mesma vibração das duas passagens recentes anteriores pelo País. Talvez, sem querer, Mike Patton & Cia acostumaram mal os fãs com momentos catárticos que nunca mais saíram da cabeça de quem foi ao Maquinária Festival e ao SWU. Em São Paulo e no Rio, ficou, no mínimo, a sensação de que a banda continua com a qualidade de sempre e que precisa vir mais vezes para cá.

Para relembrar momentos dos dois shows, o Roque Reverso descolou vídeos no YouTube. Fique inicialmente com a versão em português de “Evidence”, tocada em São Paulo. Depois, veja “Epic” no Rock in Rio. Na sequência, fique com os vídeos de “Ashes to Ashes” e “The Crab Song” no Espaço das Américas. Para fechar, o vídeo de “Easy” no Rock in Rio.

Faith No More no Rock in Rio - Foto: Divulgação Rock in Rio/Diego Padilha/I Hate FlashFaith No More no Rock in Rio - Foto: Divulgação Rock in Rio/Diego Padilha/I Hate FlashFaith No More no Rock in Rio - Foto: Divulgação Rock in Rio/Diego Padilha/I Hate FlashFaith No More no Rock in Rio - Foto: Divulgação Rock in Rio/Diego Padilha/I Hate FlashFaith No More no Rock in Rio - Foto: Divulgação Rock in Rio/Diego Padilha/I Hate FlashFaith No More no Rock in Rio - Foto: Divulgação Rock in Rio/Diego Padilha/I Hate Flash

Set list em SP

Motherfucker
Land of Sunshine
Caffeine
Everything’s Ruined
Evidence
Epic
Sunny Side Up
Midlife Crisis
Chinese Arithmetic
The Gentle Art of Making Enemies
Easy
Separation Anxiety
Matador
Ashes to Ashes
Superhero

The Crab Song
From Out of Nowhere
I Started a Joke

Set list no Rock in Rio

Motherfucker
From Out of Nowhere
Caffeine
Evidence
Epic
Black Friday
Midlife Crisis
The Gentle Art of Making Enemies
Easy
Separation Anxiety
Ashes to Ashes
Superhero

I Started a Joke
We Care a Lot
Just a Man

Anúncios

0 Responses to “Na comparação com o Rock in Rio, show do Faith No More em SP teve mais músicas e ‘The Crab Song’”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário (para isso, insira seu endereço de e-mail e o nome)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Bon Jovi no São Paulo Trip 2017 realizado na Arena do Palmeiras
#roquereverso #bonjovi #saopaulotrip #allianzparque Bon Jovi no São Paulo Trip 2017 
#roquereverso #bonjovi #saopaulotrip #allianzparque The Cult no São Paulo Trip 2017 - Ian Astbury
#roquereverso #thecult #saopaulotrip #allianzparque The Cult no São Paulo Trip 2017
#thecult #saopaulotrip #allianzparque #roquereverso The Who no São Paulo Trip - Foto: Flavio Leonel/Roque Reverso
#thewho #saopaulotrip The Who no São Paulo Trip - Foto: Flavio Leonel/Roque Reverso
#thewho #saopaulotrip

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso blog em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 89 outros seguidores

setembro 2015
D S T Q Q S S
« ago   out »
 12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
27282930  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Categorias

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

Estatísticas

  • 549,882 hits
SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE


%d blogueiros gostam disto: