Arquivo para maio \29\-02:00 2011

29
maio
11

Sangue, nova banda de Paulo Zinner, lança primeiro single

Quem havia ficado triste com a saída do baterista Paulo Zinner e do vocalista Kiko Muller da banda Golpe de Estado no ano passado, tem, agora, um motivo para se alegrar. Tudo porque os dois fundaram um novo grupo, ao lado do guitarrista Michel Leme e do baixista Fabio Zaganin, e lançaram, na semana passada, o primeiro single, com direito a vídeo no YouTube.

Sangue é o nome da nova banda. “Solidão” é o nome do primeiro single.

O Sangue foi formado em janeiro de 2010. Com fortes influências do rock dos anos 70, o quarteto iniciou suas atividades no circuito paulistano de shows, tendo em seu repertório alguns clássicos de grupos, como Led Zeppelin, Black Sabbath e Deep Purple. Após o breve aquecimento a banda iníciou os ensaios e composições para gravação do primeiro trabalho, que ainda não tem data divulgada de lançamento.

Quem conhece Paulo Zinner, sabe que ele é, de longe, um dos melhores bateristas deste País e que traz o devido peso a qualquer grupo de rock. Isso foi visto tanto na longa carreira dele com o Golpe de Estado como no período que ele tocou na banda de apoio de Rita Lee. Esse peso pode ser visto neste primeiro single do Sangue e os outros músicos também mostram que possuem grande técnica.

A banda dá esperança aos que não aguentam mais essas bandinhas emo ou coloridas que fazem esse sonzinho de lata e sem qualidade que dominou a cena roqueira brasileira.

Para quem quer conhecer um pouco melhor o grupo, há um show gratuito do Sangue agendado para o dia 11 de junho, um sábado. Será na Galeria Olido, às 18 horas, no projeto Rock na Vitrine. O local fica bem próximo da Galeria do Rock, na Avenida São João, 473. O Roque Reverso estará lá para prestigiar!

Veja abaixo o vídeo do primeiro single do Sangue:

26
maio
11

Set list, fotos e vídeos do show do Mötley Crüe em SP

O Mötley Crüe passou por São Paulo no dia 17 de maio para alegria dos fãs do hard rock californiano dos anos 80. A banda norte-americana fez seu primeiro show no Brasil depois de 30 anos de carreira, no Credicard Hall, com sua formação clássica, no que foi classificado como uma verdadeira festa glam metal, com a casa de shows paulistana praticamente lotada. A abertura ficou por conta do grupo Buckcherry, também de Los Angeles e formado em 1995.

Como prometido, o set list do Mötley Crüe foi recheado de sucessos, já que o show brasileiro fez parte da turnê de comemoração de 30 anos da banda. Além de músicas do último e nono álbum de estúdio do grupo, “Saints of Los Angeles” (2008), foram tocados hits marcantes da história do rock, como “Girls, Girls, Girls”, “Dr.Feelgood” e “Home Sweet Home”. 

Vince Neil nos vocais; Tommy Lee na bateria; Nikki Sixx no baixo; e o sexagenário Mick Mars na guitarra não fizeram feio e deixaram o público presente satisfeito, conforme as resenhas dos veículos de imprensa que cobriram o show. O Roque Reverso não pode ir à apresentação dos californianos, já que o ano está recheado de shows e não estamos conseguindo credencial de imprensa para cobrir todos estes eventos. Como precisamos pagar ingresso e não nadamos em dinheiro, alguns shows infelizmente ficam sem nossa cobertura.

Para este show importante não passar batido, descolamos o set list, algumas das fotos oficiais da produtora Time For Fun e alguns vídeos do YouTube. Entre os vídeos, começamos com “Wild Side”, que abriu o show. Na sequência, os três grandes hits da banda: “Home Sweet Home”, “Dr. Feelgood” e “Girls, Girls, Girls”.

Set list:

Wild Side
Saints Of Los Angeles
Live Wire
Shout At The Devil
Same O’ Situation
Primal Scream
Home Sweet Home
Don’t Go Away Mad (Just Go Away)
Mick Mars Solo
Dr. Feelgood
Too Young To Fall In Love
Ten Seconds To Love
Smokin’ In The Boys Room
Girls, Girls, Girls
Kickstart My Heart

Looks That Kill

24
maio
11

Os 70 anos de Bob Dylan

O mito Bob Dylan faz 70 anos nesta terça-feira, dia 24 de maio. Considerado um dos maiores compositores da história e um dos músicos mais influentes do Século XX, Dylan foi responsável pela criação de clássicos inesquecíveis, como “Like a Rolling Stone” e “Blowin’ In the Wind”, e pela consagração de um estilo musical, o folk-rock, que até hoje conta com seguidores pelo mundo todo.

Se, recentemente, o Roque Reverso fez homenagens aos aniversários de morte de Bob Marley, Jimi Hendrix, Janis Joplin e John Lennon, agora é hora de lembrar a data de nascimento de um grande artista que ainda está vivo e produtivo no meio musical. Capaz de influenciar gente do calibre dos Beatles e dos Rolling Stones, Dylan foi considerado pelo jornal britânico “The Independent” o maior artista pop da história.

Em São Paulo, como forma de comemoração aos 70 anos de Dylan, a Cinemateca Brasileira tenta trazer um panorama sobre a carreira do cantor norte-americano. De 24 a 29 de maio, a mostra “Bob Dylan no Cinema” traz seis longas com o intuito de oferecer um retrato da complexa personalidade do músico.

“No Direction Home”, de Martin Scorsese, é o destaque da mostra, já que é rico em materiais de arquivo. Com quase 4 horas de duração, dá enfoque ao processo de ascensão de Dylan no cenário musical norte-americano entre 1961 e 1966, inclui cenas raras do músico em início de carreira, imagens de suas apresentações no Newport Folk Festival e uma série de entrevistas com ele e outros compositores de sua geração como Joan Baez e Dave Van Ronk. “The Last Waltz – O Último Concerto de Rock”, também de Scorsese, registra o histórico show feito em 1976 pela The Band, grupo que acompanhou Bob Dylan em duas de suas turnês na década de 1960. Mais informações sobre a mostra podem ser verificadas no site da Cinemateca, na parte reservada à programação.

O Roque Reverso faz sua modesta homenagem a Dylan com vídeos descolados no YouTube. Para começar, temos  ele em uma apresentação bem antiga de “Blowin’ In the Wind”. Depois, o The Byrds com sua versão famosa de “Mr. Tambourine Man”, na companhia de Dylan! Para fechar, não poderíamos deixar de incluir “Like a Rolling Stone”, desta vez com um vídeo que mostra a passagem dos Stones pelo Brasil, em 1998, com participação de Dylan, em show no Rio de Janeiro. Simplesmente histórico!

23
maio
11

Danzig volta ao Brasil em julho para shows em SP e Curitiba

O Danzig, uma das bandas de maior qualidade do rock pesado dos anos 80 e 90, voltará ao Brasil em julho. Liderado pelo vocalista e compositor Glenn Danzig, o grupo retorna ao País depois de 16 anos para shows em São Paulo, no dia 16, no HSBC Brasil, e no dia 17, no Master Hall, em Curitiba. As apresentações fazem parte da turnê de divulgação do álbum “Deth Red Sabaoth”, lançado em junho do ano passado.

Da formação original, restou apenas Glenn Danzig. Dono de um gênio difícil, mas extremamente criativo, o vocalista foi fundador do célebre grupo punk Misfits no final dos ano 70. Depois da saída do Misfits e de formar o grupo Samhain, Danzig fundou em 1987  a banda com o próprio nome e trouxe para sua companhia músicos talentosos, como John Christ (guitarra), Eerie Von (baixo) e Chuck Biscuits (bateria).

Com o apoio do Metallica, que sempre foi fã das músicas de Glenn Danzig desde os tempos da banda punk, o grupo de rock sombrio conseguiu um bom número de seguidores. Os álbuns “Danzig”, de 1988, “Danzig II: Lucifuge”, de 1990; e “Danzig III: How the Gods Kill”, de 1992, são itens obrigatórios para quem gosta das clássicas guitarras perturbadoras de John Christ, do baixo contundente de Eerie Von, da pegada forte de bateria de Chuck Biscuits e, claro, da voz marcante do líder da banda.

O disco “Danzig 4p” foi o último da formação clássica e já não trouxe a banda no mesmo nível dos álbuns anteriores, mas foi na turnê para a divulgação deste trabalho que os fãs brasileiros tiveram a oportunidade de conhecer os músicos ao vivo. O grupo tocou em 1995 no saudoso Olympia, em São Paulo. Com o baterista Joey Castillo (hoje do Queens Of The Stone Age) já no lugar de Biscuits, o show foi visto por poucas pessoas. Este jornalista viu a banda muito de perto e considera aquela apresentação uma das melhores que já viu em um lugar fechado na capital paulista.

Problemas internos da banda fizeram Christ e Eerie Von também deixarem a banda na sequência. O que se viu foi o Danzig perder o espaço conquistado com os sucessos dos álbuns seguintes. Nem mesmo a entrada do guitarrista Tommy Victor, fundador do Prong, reanimou a banda, que lançou álbuns pouco comentados pela público do metal.

Depois de flertar com sons diferentes das características originais, o Danzig lançou em 2010 seu mais recente álbum, numa tentativa de resgatar o som do começo de carreira. Atualmente, o grupo prepara um trabalho de releituras com músicas de outros artistas, entre os quais provavelmente estarão Black Sabbath e Elvis Presley.

Para os shows de julho no Brasil, o grupo deve contar com Glenn Danzig, Tommy Victor, Johnny Kelly (ex-Type O Negative) e Steve Zing (Samhain) no baixo. Não foi divulgado, por enquanto, se haverá uma banda de abertura para as apresentações.

Na capital paulista os ingressos custam entre R$ 120 (pista – primeiro lote) e R$ 280,00 (camarote e Pista Vip) e já estão disponíveis através do site www.ingressorapido.com.br e na bilheteria da casa de shows HSBC Brasil (www.hsbcbrasil.com.br). Em Curitiba, os ingressos podem ser comprados de maneira promocional a R$ 74, mas vale a pena se informar no www.diskingressos.com.br.

Para comemorar a vinda do Danzig ao Brasil, o Roque Reverso descolou três vídeos da banda. Para começar, claro que selecionaríamos a clássica “Mother”, numa versão ao vivo gravada em 1993. Depois, do mesmo álbum, temos “Twist of Cain”. Para fechar o vídeo picante de “Ju Ju Bone”, música do novo álbum, bem ao estilo tradicional do grupo.

Nota do Blog: No dia 29 de junho, a produtora Top Link anunciou que as apresentações do Danzig foram canceladas.

20
maio
11

Paul McCartney se apresenta no Rio no domingo e na segunda-feira; veja as informações

Paul McCartney volta ao Brasil neste fim de semana para dois shows no Rio de Janeiro, nos dias 22 e 23, que fazem parte da turnê “Up and Coming”. Depois de o ex-Beatle ter feito shows memoráveis em Porto Alegre e São Paulo em novembro do ano passado, a produtora Planmusic descolou na agenda do músico datas em 2011 para a capital fluminense no Estádio do Engenhão. Como os ingressos já estão esgotados, basta aos sortudos coletarem algumas informações necessárias para curtir numa boa as apresentações do domingo e da segunda-feira.

Quem não conseguiu ingressos, terá a chance de assistir ao show do domingo pela internet. Em sua página especial para o evento, o Portal Terra informou que a transmissão será feita em HD (alta definição) e também poderá ser visualizada em smartphones e tablets, como o iPhone e o iPad. 

Quanto aos que vão ao Engenhão, para evitar transtornos tão comuns nos shows brasileiros, a Riotur, órgão ligado à Prefeitura da cidade fluminense, preparou um esquema especial de trânsito e transporte para os dois dias da apresentação.

O estacionamento interno do Engenhão estará fechado e o entorno do estádio será fortemente monitorado para ajudar no trânsito e não permitirá a criação de vagas nas ruas. Por isso, a recomendação é a de que o público utilize os meios de transporte públicos para chegar ao show.

De acordo com os organizadores, mais de 40 linhas de ônibus circularão pela região e o público também poderá chegar ao local do show e voltar para casa tranquilamente de trem ou metrô, que funcionarão até depois do término das apresentações.

A SuperVia disponibilizará trens extras partindo da Central do Brasil a cada 30 minutos. Os passageiros que forem aos shows podem comprar o cartão de integração trem-metrô por R$ 4,20 e fazer a transferência na Estação Central, que terá um sistema de conexão exclusiva para quem apresentá-lo.

Os ônibus da linha Barra Expresso (Via Nova América/Del Castilho) realizarão serviço com ponto de parada próximo ao Engenhão.  Os ônibus do Metrô Na Superfície General Osório/Gávea e Botafogo/Gávea vão circular até a chegada da última composição nas suas estações. A previsão é a de que o último trem deixe a estação Engenho de Dentro às 2h20.

Quem não for participar do evento deve evitar passar por lá de carro. A operação Choque de Ordem vai atuar na área, evitando que veículos estacionem em locais proibidos e impedindo a ação de ambulantes nos arredores do estádio.

A partir das 13 horas dos dias 22 e 23,  as ruas Goiás, Arquias Cordeiro, Piauí, 24 de Maio, Dias da Cruz e avenidas Amaro Cavalcanti e Dom Helder Câmara terão o tráfego diferenciado pela CET-Rio. O acesso à Rua Dr. Padilha, no cruzamento com a Rua Arquias Cordeiro, será exclusivo para moradores, veículos credenciados e táxis.

Como chegar:

TREM – No domingo, dia 22, a partir das 17 horas, a Supervia disponibilizará três composições de trens extras com capacidade para seis mil passageiros vão sair de Japeri e outras três estações de Santa Cruz, com intervalo de uma hora. Oito trens extras vão partir da Central para o Engenho de Dentro sem paradas, a partir das 17 horas, com capacidade para 16 mil pessoas, a cada 30 minutos.

Já na segunda-feira, dia 23, toda a frota de trens vai operar a partir das 17 horas e mais oito composições extras vão sair da Central para o Engenho de Dentro sem paradas, com intervalos de 30 minutos.

METRÔ – Integração com o trem na estação Central do Brasil e com ônibus na estação Del Castilho.

ÔNIBUS DE LINHAS REGULARES – A frota de 40 linhas que passam pela área do evento, vindas de todas as regiões da cidade, será aumentada para os dias de show. Uma linha exclusiva, proveniente do Shopping Nova América, vai integrar a estação do metrô Del Castilho ao Terminal Alvorada, na Barra da Tijuca, via Engenhão.

TÁXI – Será permitido o desembarque de passageiros nas vias no entorno do estádio. Os táxis são autorizados a parar única e exclusivamente para o embarque e desembarque de passageiros e não poderão fazer fila dupla.

Como sair:

O planejamento de saída prevê a restrição de acesso às vias que contornam o estádio (exceto a Rua Arquias Cordeiro – Ala Sul) para garantir a segurança do público. Os usuários dos coletivos que usualmente seguem por essas vias vão se dirigir à Rua Piauí e à Av. Dom Helder Câmara.

TÁXI – Embarque nas ruas Henrique Scheid, Dr. Padilha, Arquias Cordeiro (em frente à ala sul) e Av. Adolfo Bergamini.

ÔNIBUS DE LINHAS REGULARES – serão criadas 6 (seis) áreas de embarque de ônibus das linhas regulares que passam pela área do evento. As linhas regulares não relacionadas nas áreas de embarque e desembarque manterão seus itinerários e paradas intermediárias.

TREM – Após o show, trens vão partir do Engenho de Dentro para Santa Cruz e Japeri a cada 20 minutos. Aqueles que forem em direção à Central, terão trens à disposição a cada 10 minutos.

Nos dois dias de apresentação, a estação Central ficará aberta até a chegada do último trem da SuperVia. A previsão para os dois dias de show é que o último trem saia da estação Engenho de Dentro às 2h20.

Os ônibus do Metrô Na Superfície General Osório/Gávea e Botafogo/Gávea vão circular até a chegada da última composição nas suas estações. Os ônibus da linha Barra Expresso (Via Nova América/Del Castilho) realizarão serviço com ponto de parada próximo ao Engenhão.

Mapa

O Roque Reverso deseja a todos um ótimo show. Para facilitar a localização de onde você vai assistir à apresentação, veja abaixo o mapa:

19
maio
11

Show de Alice Cooper em Curitiba é cancelado; apresentação do dia 3/6 é transferida para o Rio

Se você já havia planejado assistir ao show de Alice Cooper em Curitiba no dia 3 de junho, esqueça, porque temos más notícias. Se você, que mora no Rio de Janeiro, pensava que a cidade ia ficar de fora da turnê do cantor norte-americano, vibre, pois temos ótimas notícias. Tudo porque a produtora Time For Fun informou recentemente que o show da “Tia Alice” na capital paranaense teve que ser cancelado por “impedimentos técnicos”. Ao mesmo tempo, para alegria dos cariocas, a organizadora divulgou que uma nova apresentação do cantor foi agendada para acontecer no Citibank Hall, no Rio de Janeiro, no mesmo dia 3 de junho. 

Alice Cooper volta ao Brasil em junho para apresentações em três cidades. Além do show do dia 3 de junho no Rio de Janeiro, ele se apresentará em Porto Alegre, no dia 31 de maio, no Pepsi On Stage, e, em São Paulo, em 2 de junho, no Credicard Hall. Para os shows das capitais gaúcha e paulista, as vendas já estão acontecendo desde abril. Para a apresentação da capital fluminense, a comercialização dos ingressos começou no dia 9 de maio e as informações completas estão disponíveis neste link

Se você comprou ingresso para o show cancelado de Curitiba, a T4F deu as seguintes informações sobre o reembolso: 1) Os clientes que adquiriram ingressos para o referido show poderão reaver o dinheiro investido mediante a devolução do(s) ingresso(s) nos canais de venda oficiais da Tickets For Fun (www.ticketsforfun.com.br) onde eles foram adquiridos; 2) Caso a compra tenha sido efetuada em dinheiro, o reembolso ocorrerá por crédito em conta; 3) Para compras efetuadas com cartão de crédito, o valor será creditado na fatura do cartão utilizado na compra; 4) Para as compras efetuadas em cartão de debito, o valor será creditado através de crédito em conta; 5) As restituições começarão a ser feitas a partir do dia 9 de maio; 6) Para mais informações, entre em contato no telefone 4003-6464 ou no e-mail: sac@ticketsforfun.com.br

Os concertos de Alice Cooper fazem parte da turnê “No More Mr Nice Guy – The Original Evil Returns”. A performance do veterano roqueiro performance é conhecida por ser repleta de maquiagem, guilhotinas, sangue e outros recursos teatrais. A turnê da  ”Tia Alice” marca o retorno do lendário guitarrista Steve Hunter, que gravou e viajou com o cantor na década de 70 em outras tours.

18
maio
11

The Cult faz grande show em SP, inclui cover histórico do The Doors e deixa público com sensação de ‘quero mais’

O The Cult passou por São Paulo e fez um grande show de rock no sábado, dia 14, no HSBC Brasil. Para quem achava que a banda britânica já se aproximava do final de carreira, foi novamente ratificada a velha máxima de que não importa a idade dos músicos, se ainda existe qualidade musical e, principalmente, desejo de continuar se apresentando aos fãs.

Com um set list repleto de clássicos, o grupo do vocalista Ian Astbury e do guitarrista Billy Duffy conseguiu fazer um show mais empolgante e de melhor qualidade do que o realizado em 2008 no Credicard Hall e deixou o público até com aquele gosto de “quero mais”…

CONTINUE LENDO AQUI!!!




Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 104 outros seguidores

maio 2011
D S T Q Q S S
« abr   jun »
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias