Posts Tagged ‘Jimmy Page

22
out
19

O zepelim de chumbo alça voo: os 50 anos do álbum ‘Led Zeppelin II’

Tudo acontecia ao mesmo tempo agora em 1969. O maio de 1968 repercutia intensamente na juventude ocidental da época. Foi quando um zepelim de chumbo alçou o improvável voo que nos anos seguintes faria do Led Zeppelin a maior banda de rock’n’roll de todos os tempos.

Depois de lançar seu primeiro disco em janeiro de 1969, o Led Zeppelin chegaria ao segundo semestre daquele ano com uma bagagem de dezenas de shows pela Europa e pelos Estados Unidos e incontáveis melodias escorrendo dos dedos Jimmy Page e John Paul Jones.

Havia tema para bem mais de um disco, grande parte originada de improvisos em cima do palco e registrada da maneira que fosse possível. Tudo ao mesmo tempo agora. Mas cada coisa em seu tempo certo.

CONTINUE LENDO AQUI!!!

23
jan
15

O fim do Black Crowes

The Black Crowes - Foto: DivulgaçãoA última grande banda de rock’n’roll chegou ao fim. Ou pelo menos a última por ordem cronológica de surgimento. O guitarrista Rich Robinson anunciou na semana passada à revista norte-americana Rolling Stone o fim do Black Crowes.

Rich é irmão do vocalista Chris Robinson e os desentendimentos entre eles são notórios e históricos. Trabalhar em família não deve ser fácil. Por mais de uma, vez o Black Crowes chegou a dar um tempo por causa das desavenças entre os os dois.

Segundo Rich, o desentendimento derradeiro foi provocado por Chris achar que deveria ganhar mais que os outros e o baterista Steve Gorman – sempre sobra para o baterista – deveria perder o status de membro da banda e tornar-se músico contratado.

Ainda não há uma versão de Chris Robinson para confrontar com a de Rich nem um anúncio oficial do rompimento, mas Black Crowes sem Rich Robinson pode ser qualquer coisa, menos Black Crowes.

Chris Robinson possui uma das melhores vozes da história do rock, mas a criatividade de Rich para compor riffs, ao mesmo tempo enérgicos e repletos de swing, pode ser comparada somente à de outros gigantes da guitarra. Protagonizou prolíferas parceiras nas seis cordas com Jeff Cease, Marc Ford e Audley Freed. A banda, porém, sempre foi um projeto dos irmãos Robinson.

O Black Crowes lançou seu primeiro disco em 1990. “Shake Your Money Maker” é um dos melhores discos de estreia de uma banda de rock que já tive o prazer de ouvir, equivalente nesse sentido a “Appetite for Destruction”, do Guns N’ Roses, ainda que muito menos badalado.

Dois anos depois veio “The Southern Harmony and Musical Companion”, tão bom quanto ou melhor que o primeiro, mas muito mais bem sucedido em termos comerciais. Foi o auge.

A banda continuou se aprimorando ao longo dos anos, ainda que sem alcançar o mesmo sucesso de antes.

“By Your Side” (1999) e “Lions” (2001) são dois discaços. Entre um e outro, o Black Crowes lançou o sensacional “Live at the Greek”, derivado de uma apresentação ao vivo com “um tal de” Jimmy Page. Imperdível tanto para quem gosta de Black Crowes quanto para os fãs do Led Zeppelin.

O Black Crowes sai de cena, mas dificilmente cairá no esquecimento.

Para relembrar grandes momentos da banda norte-americana, o Roque Reverso descolou 4 vídeos no YouTube. Fique, para começar, com o clássico “Remedy”, que tocava tanto no rádio e na MTV que quase encheu o saco.

Na sequência, veja os clipes de “She Talks To Angels”, “Hard To Handle” e “Twice As Hard”.

29
maio
14

Lançado o clipe com a versão alternativa do Led Zeppelin para ‘Whole Lotta Love’

Em clima de divulgação dos relançamentos dos três primeiros álbuns do Led Zeppelin, foi liberado no YouTube, no dia 27 de maio, a versão alternativa do grupo para a clássica música “Whole Lotta Love”.

A “rough mix” fará parte do CD bônus que acompanhará a nova versão do disco “Led Zeppelin II” (1969), o segundo de estúdio da banda britânica.

A nova mixagem traz diferenças em relação à versão original, como a parte instrumental, vocais mudados de Robert Plant e outras passagens de guitarra de Jimmy Page.

Os três primeiros trabalhos do Led Zeppelin serão relançados a partir de 2 de junho.

Haverá versões para cada um deles nos formatos standard, luxo e super luxo. Com novo projeto gráfico, cada álbum terá um segundo disco extra de faixas inéditas relacionadas aos respectivos trabalhos originais.

O novo vídeo, que você pode ver  abaixo, traz imagens de shows históricos da banda.

 

13
set
12

Led Zeppelin lançará filme de show feito em 2007 em Londres

Por Ricardo Gozzi

O Led Zeppelin encerrou nesta quinta-feira (13) o mistério da contagem regressiva publicada nos últimos dias em sua página na rede social Facebook. O lendário grupo britânico de rock lançará em breve um filme com o show de reencontro realizado em 2007 em Londres. “Celebration Day”chegará em 13 de outubro a cerca de 1.500 salas de cinema de 40 países e territórios pelo mundo, inclusive no Brasil (no Cinemark e na UCI), informou a banda em sua página na internet. A venda de ingressos ainda não começou.

Depois, em 19 de novembro, a apresentação será lançada em múltiplos formatos de áudio e vídeo. Segundo o site oficial da banda, mais detalhes serão divulgados em breve.

O show em questão ocorreu em 10 de dezembro de 2007 na O2 Arena, em Londres. Foi a primeira vez em 27 anos que os três integrantes vivos da formação original do Led Zeppelin estiveram no mesmo palco para um show inteiro.

O vocalista Robert Plant, o guitarrista Jimmy Page e o multi-instrumentista John Paul Jones tiveram no palco a companhia de Jason Bonham, filho do baterista original John Bonham, falecido em 1980.

O show foi um tributo ao fundador da Atlantic Records, Ahmet Ertegun. Ao longo de mais de duas horas de apresentação, a banda hipnotizou seus fãs com clássicos e sucessos como “Whole Lotta Love”, “Rock and Roll”, “Stairway to Heaven”, “Kashmir” e “Dazed and Confused”.

Veja abaixo o trailer divulgado pela banda e a lista de faixas do novo trabalho:


Lista de Faixas

01. Good Times Bad Times
02. Ramble On
03. Black Dog
04. In My Time Of Dying
05. For Your Life
06. Trampled Under Foot
07. Nobody’s Fault But Mine
08. No Quarter
09. Since I’ve Been Loving You
10. Dazed And Confused
11. Stairway To Heaven
12. The Song Remains The Same
13. Misty Mountain Hop
14. Kashmir
15. Whole Lotta Love
16. Rock And Roll

18
abr
12

Jim Marshall: o homem que amplificou o rock

Por Marcelo Galli*

A ida para a Inglaterra fez bem para Jimi Hendrix em dois sentidos: reconheceram sua genialidade e ele pôde ter contato com as engenhocas de Jim Marshall, também conhecido como o Pai do Barulho, morto no dia 5 de abril, aos 88 anos.

O rock sem os amplificadores Marshall é imaginar que Hendrix poderia soar como um músico medieval tocando num convento durante o inverno europeu (com direito a aparecer em algum romance do Umberto Eco). É exagero, mas mentira não é. Nenhum amplificador disponível no mercado em 1967 proporcionaria o estrago sonoro que é “Foxy Lady”, a primeira música de “Are You Experienced”. Ou ainda “Spanish Castle Magic”, do “Axis: Bold as Love”, lançado em 1º de dezembro daquele mesmo ano.

A tradicional caixa preta e o nome em letras estilizadas em cor branca provocam fascínio inexplicável em roqueiros do mundo todo. Outro dia folheando meu caderno do primeiro colegial me deparei com alguns desenhos de amplificadores da marca e guitarras Gibson.

Na época gostava, de Guns N’ Roses. Ora, esse era o set básico do Slash, combinação também adotada por Jimmy Page. Ritchie Blackmore, Tony Iommi, Eric Clapton e Pete Townshend usaram equipamentos fabricados pelo empreendedor inglês; praticamente toda a cena heavy metal dos anos 1980 foi amplificada por Marshalls (os leitores do Roque Reverso que curtem metal devem lembrar da parede de amplificadores nos shows do Slayer).

Em resumo, o rock não seria rock sem os amplificadores Marshall – na certa a empresa nunca usou um slogan como esse, mas está liberada para usá-lo– quero meu pagamento de direito autoral em forma de mais barulho.

*Marcelo Galli é jornalista da Agência Estado e amante do bom e velho rock n’ roll

17
fev
12

Guns no Hall da Fama do Rock’n’roll e Axl de joelhos

O Hall da Fama do Rock’n’roll vai imortalizar numa tacada só quatro ícones do estilo: Guns N’ Roses, Faces/Small Faces, Red Hot Chili Peppers e Beastie Boys. A cerimônia de ingresso das bandas no Hall da Fama, situado na cidade norte-americana de Cleveland, está marcada para 14 de abril.
Para não perder o costume, o frontman Axl Rose começou a roubar a cena ainda no ano passado, quando o assunto começou a ser ventilado, com uma boa e velha plantação… de notícias.
Primeiro, logo que os rumores vieram à tona, ele disse que seria muito legal aproveitar a oportunidade para fazer um som com os antigos parceiros de banda. Agora veio o tecladista Dizzy Reed, funcionário de Axl, dizer que “não sabe exatamente o que vai acontecer, mas todo o grupo original vai estar lá”.
É fato: nesse tipo de cerimônia é comum os integrantes, tanto os originais quanto os que passaram pela banda um dia, estarem presentes. Nada mais justos, aliás.
O que não é dito é justamente aquilo que o Roque Reverso já decifrou para seus leitores naquele show patético do Guns de Axl no Rock in Rio. O vocalista venderia a alma ao diabo, ou iria se aconselhar com Jimmy Page, se é que já não o fez, por uma mínima dose que fosse daquela magia que ele mesmo fez se perder no tempo.
Seria o delírio de um mundo inteiro de fãs. Afinal, quem não gostaria de ver o Guns original tocar junto uma vez que fosse depois de mais de duas décadas?
Particularmente, apenas acho que depois dessa os organizadores vão repensar as cerimônias coletivas no Hall da Fama do Rock’n’roll.



Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 104 outros seguidores

dezembro 2019
D S T Q Q S S
« nov    
1234567
891011121314
15161718192021
22232425262728
293031  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias