01
abr
20

Em vídeo, Roger Waters traz música com críticas a Bolsonaro e Trump e cospe após citar nome do brasileiro

Roger Waters divulgou vídeo nas redes sociais no qual traz uma música cuja letra concentra críticas a diversos políticos, entre eles os presidentes do Brasil, Jair Bolsonaro, e dos Estados Unidos, Donald Trump. A música é uma versão para a canção “El Derecho de Vivir en Paz”,  lançada originalmente em 1971 pelo professor, artista, poeta, cantor e compositor chileno Víctor Jara.

Na música, Bolsonaro, Trump e outros políticos são chamados de “ratos”. No vídeo, após citar o nome do presidente do Brasil. o ex-Pink Floyd cospe no chão, num sinal tradicional de repúdio.

Na descrição do vídeo, Waters diz que a gravação é dedicada “às pessoas de Santiago, Quito, Jaffa, Rio, La Paz, Nova York, Bagdá, Budapeste e todos os outros lugares onde o homem tenta nos ferir”.

O músico também agradece a edição de vídeo feita por outro chileno: Dr. Pablo López.

Escrita por Victor Jara em 1969 e lançada em 1971, a música original foi feita como protesto às ações dos Estados Unidos na Guerra do Vietnã.

Mais tarde, ela se transformou num famoso hit de protesto no próprio Chile, que viveu a ditadura sangrenta imposta pelo General Augusto Pinochet entre 1973 e 1989. Foi justamente durante este período, dias depois do golpe de 11 de setembro de 1973, que Jara foi perseguido, preso, torturado e fuzilado, com o seu corpo sendo abandonado numa rua de uma favela de Santiago.

Importante destacar que a perseguição a Jara foi muito mais pelas suas atividades de professor de universidade e seu trabalho de conscientização das classes menos favorecidas.

A música ganhou corpo e projeção com mais intensidade exatamente após a sua morte e nos anos seguintes de ditadura. Já no século XXI, voltou a ser usada em protestos no Chile em 2019 contra o presidente Sebastián Piñera, que também é citado de maneira pejorativa na canção de Waters como Pinero.

“Da minha cela na cidade de Nova York. Eu posso ouvir os panelaços. Eu sinto o seu cheiro, Pinero. Todos os ratos malditos têm o mesmo cheiro”, canta Roger Waters, pouco antes de falar para Bolsonaro e Trump tomarem cuidado, já que o “panelaço é mais alto que todas as suas armas”.

O posicionamento de Waters em relação a Trump e Bolsonaro não é algo novo. Especificamente em relação ao presidente brasileiro, a passagem do ex-Pink Floyd pelo País em 2018, durante as eleições presidenciais, gerou grande repercussão.

A turnê chegou a criar polêmica com alguns “fãs” que, infelizmente, nunca entenderam as letras do Pink Floyd e a proposta da banda.

Especificamente em São Paulo, ele chegou a ser vaiado por uma parte do público, ao mesmo tempo que foi apoiado pelos fãs de verdade.

Confira abaixo o vídeo que Waters postou no Facebook com a versão para a música de Jara e a letra que traz trechos em espanhol e inglês.

El Derecho de vivir em paz – Versão Roger Waters

El derecho de vivir
Poeta Ho Chi Minh
Que golpea de Vietnam
A toda la humanidad
Ningún cañón borrará
El surco de tu arrozal
El derecho de vivir en paz
From my cell in New York City
I can hear the casarolazos
I can smell you Pinero
All fucking rats smell the same
You can shoot out the eyes of the children
You were always that fucking insane
But you’ll never snuff out the flame.
And in Jaffa, and in Quito
In Bagdad and Delhi and Maine
In Saskatchawan and in Rio
Enough with this living in chains.
The river that runs through the streets
Is a river of brotherly love
And the eagle will be humbled by the dove.
So beware Bolsonaro,
Giuido and Modi and Trump
The Cassarolazo is louder than all of your
guns It’s the beating heart.of the people
And the message is perfectly plain
Our mother earth is just not for sale.
Tío Ho, nuestra canción
Es fuego de puro amor
Es palomo palomar
Olivo del olivar
Es el canto universal
Cadena que hará triunfar
El derecho de vivir en paz
Es el canto universal
Cadena que hará triunfar
El derecho de vivir en paz
El derecho de vivir en paz


0 Responses to “Em vídeo, Roger Waters traz música com críticas a Bolsonaro e Trump e cospe após citar nome do brasileiro”



  1. Deixe um comentário

Deixe um comentário (para isso, insira seu endereço de e-mail e o nome)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s


Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso site em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se aos outros seguidores de 102

abril 2020
D S T Q Q S S
 1234
567891011
12131415161718
19202122232425
2627282930  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Bandas, estilos, festivais, etc

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

Categorias

Follow Roque Reverso << on WordPress.com

%d blogueiros gostam disto: