26
abr
10

Megadeth leva público de SP ao delírio com apresentação de ‘Rust In Peace‘ na íntegra

Para qualquer fã de música pesada, do hard rock ao death metal, passando obviamente pelo thrash metal, ir ao show do Megadeth no sábado era simplesmente uma obrigação. E por que esta afirmação? Porque uma das bandas mais pesadas do rock iria tocar na íntegra seu álbum mais elogiado pela crítica e público. Sim, meus amigos; a banda liderada pelo ultra polêmico Dave Mustaine passou por São Paulo e realizou o sonho de muitos fãs, tocando o álbum “Rust in Peace” inteirinho, faixa por faixa, riff por riff e na ordem exata do disco lançado em 1990, ainda na época dos bons tempos do vinil.

Fazendo uma simples comparação, é como se o Deep Purple viesse ao Brasil e tocasse o “Machine Head” na íntegra; o Metallica tocasse o “Master of Puppets” inteirinho; ou o Pink Floyd, para sair um pouco do terreno pesado, tocasse o “Dark Side of the Moon” faixa por faixa. Claro que, apesar de fã do Megadeth, este blogueiro sabe guardar as devidas proporções entre a banda de Mustaine e os grupos citados e também sabe que, dos músicos que estão fazendo a turnê de comemoração de 20 anos do “Rust in Peace”, apenas seu líder e o seu fiel escudeiro, o baixista David Ellefson, participaram da gravação do disco.

Shawn Drover, na bateria, e Chris Broderick, na guitarra, são grandes músicos, mas ainda não conseguiram chegar ao nível de Nick Menza e Marty Friedman, que fizeram parte da formação clássica do Megadeth e ainda deixam saudades. Mesmo com este detalhe, nem de longe eles comprometeram a apresentação da banda.

Mas vamos ao que interessa: o grande show! Vale lembrar que, além de comemorar o aniversário do “Rust in Peace”, o Megadeth também está promovendo o seu álbum mais recente, o ótimo “Endgame”, que, ao lado do “Death Magnetic”, do Metallica, é item obrigatório deste milênio para os admiradores do thrash metal que sentiam falta dos bons momentos do estilo criado na década de 80 do século passado.

E foi justamente com as duas primeiras músicas do “Endgame” (“Dialetic Chaos” e “This Day We Fight”) que o Megadeth abriu o show no mais do que lotado Credicard Hall, que teve, mais uma vez a infeliz ideia de inventar a tal de Pista Premium, que só serviu para deixar o local mais apertado do que o normal. Na sequência, para agradar os fãs mais antigos, a banda tocou simplesmente “In My Darkest Hour”, que foi cantada do início ao fim pela galera. Na seqüência, antes do ponto máximo do show, ainda foram tocadas as ótimas “Sweating Bullets” e “Skin o’ My Teeth”, do excelente álbum “Countdown to Extinction”.

Foi então que Dave Mustaine conversou rapidamente com a platéia e disse: “Sabemos por que estamos aqui.” Imediatamente, a banda iniciou a apresentação completa do “Rust in Peace” e o Credicard virou uma loucura só! De “Holy Wars… The Punishment Due” a “Rust in Peace… Polaris”, passando pelas preferidas deste blogueiro (Take No Prisoners” e “Tornado of Souls”), o Megadeth não deixava a galera tomar fôlego. Logo após a última do álbum, Mustaine voltou a falar rapidamente com o público: “E esse foi ‘Rust in Peace’”. Incrível!

Para manter a galera em estado de êxtase, a banda iniciou na seqüência a música “Trust”, do “Cryptic Writings”; Head Crusher” e “Right to Go Insane”, do “Endgame”; “She Wolf”, também do “Cryptic Writings”; e nada menos que “Symphony of Destruction”, do “Countdown to Extinction”, que fez o Credicard inteirinho cantar o riff da música, gritando Megadeth a cada toque das guitarras.

Depois de uma pausa longa, a banda voltou para o bis para tocar a lenta e melodiosa “A Tout le Monde”, do “Youthanasia”, e a mais do que clássica “Peace Sells”, do álbum “Peace Sells… but Who’s Buying?”. Ambas as músicas foram também cantadas pelo Credicard Hall inteiro. Para fechar, o Megadeth ainda tocou novamente trechos de “Holy Wars” e se despediu do público.

Resumindo: foi um show e tanto!

Não foi o melhor que este blogueiro presenciou do Megadeth, mas valeu muito ter ido. Dos sete shows que vi da banda de Mustaine, continua no topo da minha lista a apresentação dos caras em 1997, no Estádio do Palmeiras, que fez parte das comemorações do aniversário da 89FM, quando a rádio ainda era a “rádio rock”. Mas isso é uma outra história que um dia eu conto…

Para quem não foi no show do sábado ou para quem foi e quer reviver os bons momentos, descolei alguns vídeos do Youtube. Estão aí logo abaixo, depois do set list do show. As fotos (de Marcelo Rossi) são da organizadora oficial do show.

Set list:

Dialetic Chaos
This Day we Fight
In my Darkest Hour
Sweating Bullets
Skin o’ my Teeth
Holy Wars… The Punishment Due
Hangar 18
Take no Prisoners
Five Magics
Poison was the Cure
Lucretia
Tornado of Souls
Dawn Patrol
Rust in Peace… Polaris
Trust
Head Crusher
Right to go Insane
She Wolf
Symphony of Destruction

A Tout le Monde
Peace Sells

Anúncios

5 Responses to “Megadeth leva público de SP ao delírio com apresentação de ‘Rust In Peace‘ na íntegra”


  1. 28 de abril de 2010 às 11:17

    Ah, foi incrível este show, apesar do meu novo lema “Show de metal é no Via Funchal”, porque a pista do Credicard Hall foi feita apenas pra quem tem 2 metros de altura ou pra quem pode pagar a Pista VIP, uma imbecilidade gananciosa que infelizmente pegou.

  2. 28 de abril de 2010 às 12:42

    hahahaha
    Esse lema vai pegar, hein Renato!
    O fato é que alguma coisa aconteceu com o palco do Credicard depois da criação da pista Vip.

    Eu já havia notado que o palco estava mais baixo que o normal no show do Heaven & Hell no ano passado, quando também fui de pista normal.

    No sábado, quando começou o show do Megadeth, eu estava no meio da pista normal e vi que, se não fosse um pouco mais para frente, teria de acompanhar o show inteiro pelo telão.
    Aproveitei que foram abertas algumas rodinhas e fui para frente, ficando a poucos metros da divisão com a pista Vip…Só assim foi possível ver melhor a banda…

    No Via Funchal, o legal é que você vê bem o palco de onde estiver. É no estilo de arquibancada, com a pista em vários níveis.

    É uma pena isso que está acontecendo lá no Credicard, pois vi grandes shows lá!!!
    E lembro que tive a experiência de ver dois shows bem no fundo da Pista (quando não existia a Vip) com ótima visão do palco…Foram os shows do Judas Priest (com o Ripper Owens nos vocais) e do Motörhead (esse foi em 2000).

  3. 4 Luiz Hetfield
    12 de maio de 2010 às 22:39

    Essa porra de Credicard Hall tá acabando com os shows. Não dava pra ver nada mesmo! Também lembro de ter visto o Anthrax lá sem vip e dava pra ver bem melhor antes Estelionato é a palavra certa!

  4. 13 de maio de 2010 às 13:26

    Putz!
    Também vi o Anthrax lá!!!!
    Baita show com uma das maiores rodas já formadas pela galera para curtir o show.
    Se tivesse a pista vip naquela época, com certeza não rolaria a mesma empolgação…


Deixe um comentário (para isso, insira seu endereço de e-mail e o nome)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


Se você tem interesse na divulgação da sua empresa, seu trabalho ou banda, o Roque Reverso é um veículo que possui um respeitável número de leitores. Entre em contato conosco para conhecer nossos diversos planos:  roquereverso@hotmail.com

Siga o Roque Reverso no Instagram!!!

Annihilator liberou clipe de música que estará em novo álbum da banda previsto para novembro.
Confira detalhes no link abaixo:
https://roquereverso.com/2017/09/13/annihilator-divulga-clipe-de-twisted-lobotomy-musica-do-novo-album-previsto-para-novembro/
#roquereverso #annihilator #jwaters666 Resenha do Roque Reverso sobre o grande show que Joe Satriani realizou no domingo, 6 de agosto, em São Paulo.
https://roquereverso.com/2017/08/08/mesmo-com-som-baixo-da-guitarra-joe-satriani-da-mais-uma-de-suas-aulas-em-show-gratuito-em-sp/
#roquereverso #joesatriani #auditorioibirapuera #parquedoibirapuera #samsungbluesfestival Documentário 'Sepultura Endurance' teve sua estreia geral ao público no dia 15 de junho e tem neste dia 19 exibição marcada para o Cine SESC, em São Paulo, pelo In-Edit Brasil, às 21h30.
Veja a resenha do Roque Reverso aqui:
https://roquereverso.com/2017/06/15/documentario-sepultura-endurance-mostra-saga-da-banda-brasileira-e-resistencia-apos-separacao-historica/
#roquereverso #sepultura #ineditbrasil #sepulturaendurance #cinesesc Já viu os preços para o show do U2 em São Paulo?
Veja os detalhes no texto do Roque Reverso aqui:
https://roquereverso.com/2017/06/08/ingressos-de-pista-comum-para-show-do-u2-em-sp-da-turne-de-30-anos-do-the-joshua-tree-custam-r-500/
#roquereverso #u2 #estadiodomorumbi #u2thejoshuatree2017 O "Sgt. Peppers" fez 50 anos e o Roque Reverso fez uma resenha bacana.
Confira aqui:
https://roquereverso.com/2017/05/30/50-anos-do-disco-sgt-peppers-lonely-hearts-club-band-um-dos-maiores-da-historia-e-simbolo-de-uma-geracao/
#roquereverso #beatles #paulmccartney #ringostarr #johnlennon #georgeharrison Nosso texto sobre a enorme perda de Kid Vinil:
https://roquereverso.com/2017/05/19/rock-nacional-de-luto-com-a-morte-de-kid-vinil-um-dos-maiores-embaixadores-do-estilo-no-pais/
Foto: Divulgação Facebook
#roquereverso #kidvinil

Preencha abaixo para receber atualizações do nosso blog em primeira mão e gratuitamente pelo seu e-mail! Não se esqueça de confirmar o recebimento do e-mail depois.

Junte-se a 87 outros seguidores

abril 2010
D S T Q Q S S
« mar   maio »
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
252627282930  

Arquivos

Roque Reverso no Twitter

Categorias

O Roque Reverso está no ar!!!

Seja bem-vindo ao blog do rock and roll! Clique para acessar o post de abertura do blog!

Post inicial

Estatísticas

  • 540,210 hits
SOBRE VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE

SOBRE OS VÍDEOS COMPARTILHADOS DO YOUTUBE


%d blogueiros gostam disto: